Exames de Gravidez: Saiba quais exames será preciso fazer

3 min


exames de gravidez, exames na gravidez

Os exames de gravidez são parte importante desta nova fase que você vive.

Fazer todos os exames de gravidez solicitados pelo médico será importante para que a sua saúde e a do seu bebê seja acompanhada. Após o resultado positivo de gravidez, haverão uma série de ultrassonografias e testes de rotina no pré-natal.

Exames de gravidez quando constata a gravidez

1. Exame de Sangue

Verifica alterações no sangue como infecções ou anemia. Feito no primeiro trimestre e segundo trimestre de gravidez. Também no exame de sangue é possível identificar o grupo sanguíneo e o fator RH. Isto é importante para saber se o sangue da mãe e do pai são compatíveis.

>> Diabetes Gestacional: O que é, sintomas, dieta e tratamento

2. Exames de urina com urocultura e fezes

Servem para detectar infecções de urina e parasitores. Principalmente em mães com infecção de urina de repetição, o exame de urina poderá ser pedido em outros momentos. O exame de urina é feito no 1º, 2º e 3º trimestre de gestação. Uma infecção de urina não tratada durante a gestação pode levar ao parto prematuro.

>> Toxoplasmose na Gravidez: saiba o que é, riscos e tratamento

3. Exame de curva glicêmica

Identifica a possibilidade de ter diabetes gestacional. A partir do resultado o médico indica o tratamento. Feito mais ou menos entre 23 semanas e 24 semanas de gestação. Em alguns casos, o médico pode solicitar antes.

>> Exame de Curva Glicêmica na Gravidez: para quê serve e como funciona

4. Exames de sangue para diagnosticar VDRL, HIV, Rubéola, CMV, Hepatite B e C e Toxoplasmose

Exame de sangue para sífilis: Identifica a presença de sífilis. O não tratamento da sífilis na gestação pode causar cegueira, surdez e problemas neurológicos no bebê. O médico pode pedir no primeiro, segundo e até terceiro trimestre.

HIV: Identifica se a mãe é soro positivo e tem AIDS. Feito no primeiro trimestre. Mães com AIDS não devem amamentar seus bebês no brasil.

>> Pode amamentar doente? Lista de doenças maternas

Rubéola: A rubéola materna pode provocar problemas neurológicos no bebê. Exame feito no primeiro trimestre.

CMV: O citomegalovírus pode provocar malformação fetal e problemas neurológicos. Exame feito no primeiro trimestre.

Hepatite: Mães com hepatite B ou C podem transmitir o vírus para o feto. Também pode causar parto prematuro ou nascimento de bebês com baixo peso. Exame feito no primeiro trimestre.

Toxoplasmose: Pode ser transmitida para o bebê e causar atraso mental ou cegueira. Exame feito no primeiro e segundo trimestre.

5. Ultrassom

O ultrassom na gravidez serve para acompanhar o desenvolvimento do feto, possível data de parto e informações relevantes sobre possíveis doenças de desenvolvimento. O exame é feito em todos os trimestres de gravidez como padrão aqui no Brasil.

>> Ultrassom na gravidez: saiba quais são e para quê servem

O ultrassom também serve para fazer o exame de translucência nucal e a medida do osso nasal. Estas informações obtidas indicam a presença ou não de Síndrome de Down, entre outras doenças genéticas.

>> Ultrassom Morfológico na gravidez: o que é e como funciona

O ultrassom morfológico serve para verificar a anatomia do feto, ossos e órgãos. Ultrassom com Doppler velocimetria avaliam a circulação de sangue materno e a saúde do fluxo sanguíneo para a placenta e o bebê. Mães com hipertensão ou doenças na placenta precisarão fazer este exame.

>> Hipertensão Gestacional e Pré-Eclâmpsia: sintomas e tratamento

6. Exames ginecológicos como papanicolau e cultura de secreção vaginal

Os exames ginecológicos comuns como papanicolau são feitos no primeiro trimestre e servem para identificar infecções e problemas vaginais. A cultura de secreção vaginal é feita a partir da 35ª semana e serve para prevenir infecções neonatais causadas por bactérias do tipo estreptococos no canal vaginal.

Exames de gravidez solicitados apenas em casos específicos:

  • Biópsia vilocorial: Detecta malformações de causa genética. Exame feito com 12 semanas de gravidez.
  • Ecocardiografia: Examina o coração do bebê, quando a mãe tem problemas cardíacos ou quando há suspeitas de malformação cardíaca. Exame feito a partir de 20 semanas de gravidez.
  • Amniocentese: 
Examina a presença de doenças genéticas no bebê, como a síndrome de Down, por meio da coleta do líquido amniótico. Exame feito entre as 15 semanas e 20 semanas de gravidez.
  • Cardiotocografia: Verifica possível sofrimento cardíaco no bebê através de sua frequência cardíaca. Pode ser feito no final de gestação ou até mesmo durante o trabalho de parto. Exame feito a partir de 26 semanas de gravidez.
  • Perfil biofísico fetal: Acompanha a saúde do bebê através do ultrassom em gestações de risco. Exame feito a partir de 26 semanas.
  • PCR (Polymerase Chain Reaction) Este exame raramente será indicado pelo médico a não ser que haja possibilidade de doenças no desenvolvimento do bebê. Indica o sexo do bebê antes do ultrassom comum através de fragmentos de cromossomo Y no sangue da mãe.

Onde fazer os exames de gravidez?

O SUS esta preparado para realizar todos os exames necessários para o pré-natal. Alguns postos não estão adequadamente equipados para realizar exames de ultrassom, o que pode fazer com quê a mãe tenha que procurar clínicas particulares. A média de valores para exames em clínicas particulares gira em torno de 50 a 200 reais.

Mulheres que possuem plano de saúde podem fazer os exames em qualquer clínica de diagnóstico que esteja dentro da lista de referência de seu plano ou diretamente nos hospitais que atendem o plano de saúde.


Like it? Share with your friends!

What's Your Reaction?

Uau Uau
0
Uau
Gostei Gostei
0
Gostei
Amei Amei
2
Amei
Ouwn Ouwn
0
Ouwn

Deixe um Comentário

comments

error: Este conteúdo é protegido pelas leis de direitos autorais, não copie, compartilhe. :)