Melancolia pós-parto merece respeito: você sabe o que é baby blues?

Há diferenças entre baby blues e depressão pós parto. As duas situações merecem atenção.2 min


13.9k shares
Melancolia pós-parto, baby blues, baby blues na gravidez
Melancolia pós-parto

Você já ouviu falar em baby blues ou melancolia pós parto?

O baby Blues é aquele período de melancolia pós-parto, de tristeza sem sentido e fortes alterações de humor que algumas mulheres costumam viver.

A melancolia pós-parto é comum e, as vezes, o melhor a ser feito é ficar em silêncio. Dar tempo a nova mãe e ter sensibilidade para entender a situação em quê ela se encontra.

Mãe e bebê voltam para casa, a família fica eufórica.

A rotina muda completamente e o cansaço, se torna uma constante na vida da nova mãe. Ela sente-se insegura em relação ao futuro e tudo isso com uma ajudinha a mais dos hormônios que caem constantemente.

Todos tentam ajudar não ajudando. Há uma grande competição para ver quem dá mais palpites e tenta “ensinar” a nova mãe a ser mãe.

Com tantas coisas acontecendo, a vontade é de fugir. Chorar e se esconder de todos.

Todas as expectativas que a mãe teve durante a gestação caíram por terra, pois a realidade é diferente. O bebê real é diferente do bebê idealizado.

>> O recém nascido real e o idealizado: quando você é pega de surpresa pela maternidade

Você não esta sozinha. 60% a 80% das mulheres passam pela melancolia pós-parto ou baby blues.

E estas sensações e sentimentos em relação a maternidade não são novas. Há muitos anos elas existem, mas são poucos comentadas. Muitos desconhecem os sinais e sintomas.

O baby blues na gravidez também afeta algumas mulheres e é preciso informar o obstetra sobre a situação.

>> Depressão Pós-Parto (DPP): o que é e como agir

O período para a nova mãe é de vulnerabilidade e emoções a flor da pele.

O que desconhecem o assunto totalmente chamam de frescura, acusam a nova mãe de estar “sofrendo a toa”. Ou pior, dizem que ela não deveria se sentir assim. Afinal, todos estamos acostumados com mães exalando felicidade em comerciais de TV depois do parto.

O problema não deve ser minimizado e precisa ser tratado com muito apoio e carinho. A nova mãe precisa de atenção, colo amigo e incentivo para passar por esta fase.

É preciso ter cuidado para não confundir melancolia pós-parto com depressão pós-parto. São duas situações diferentes e que merecem atenção e tratamentos diferentes.

>> Amamentar protege contra a depressão e deixa mães e bebês mais felizes

Leia também:


Like it? Share with your friends!

13.9k shares

What's Your Reaction?

Uau Uau
1
Uau
Gostei Gostei
2
Gostei
Amei Amei
7
Amei
Ouwn Ouwn
2
Ouwn
error: Este conteúdo é protegido pelas leis de direitos autorais, não copie, compartilhe. :)