Toxoplasmose na Gravidez: saiba o que é, riscos e tratamento

4 min


toxoplasmose na gravidez

A toxoplasmose na gravidez é preocupante e precisa de atenção. A doença é uma infecção causada pelo parasita toxoplasma gondhi.

A toxoplasmose na gravidez pode afetar o crescimento do bebê e causar outros problemas. O risco depende da época de contágio.

O que é toxoplasmose?

Doença causada pelo parasita toxoplasma gondhi que pode apresentar sintomas leves de gripe. Em mulheres não grávidas, pode ser que nem hajam sintomas. Outras pessoas, podem desenvolver uma doença prolongada, com gânglios inchados.

O maior problema da doença para grávidas sãos as complicações que pode causar ao desenvolvimento do bebê.

>> Tampão Mucoso: como é e o bebê vai nascer quando ele sai?

Meu gato pode me transmitir toxoplasmose?

A idéia de que gatos são perigosos para grávidas por causa da toxoplasmose precisa ser explicitada de forma correta. É preciso se libertar do medo de que ter um gato ou acariciá-lo pode causar a doença.

>> Estrias na Gravidez: dicas para evitar e como tratar sua pele na gravidez

Para que seu gato te transmita a doença, você teria que entrar em contato direto com suas fezes. O parasita pode ser encontrado nas fezes dos gatos, locais onde os gatos defecam e leite de cabra não pasteurizado.

A toxoplasmose geralmente não apresenta sintomas. A maior parte das mulheres infectadas não sabem que estão contaminadas. A doença é descoberta com maior frequência durante a gravidez nos testes e exames de saúde.

Toxoplasmose na gravidez

A doença só se torna perigosa para o feto se for pega pela primeira durante a gravidez ou dentro de algumas semanas antes de engravidar. Ainda assim, pegar a doença durante a gravidez não significa que seu bebê será contaminado.

>> Hipertensão Gestacional e Pré-Eclâmpsia: sintomas e tratamento

Quando o bebê pega a doença da mãe, ele possui a toxoplasmose congênita e os danos irão depender de quanto a mãe pegou a doença durante a gravidez.

Apenas 4 em cada 10 dessas infecções passam para o bebê.

Riscos da toxoplasmose na gravidez:

  • Aborto espontâneo
  • Morte fetal
  • Danos ao cérebro do bebê e outros órgãos, particularmente os olhos

A maioria dos bebês nascidos com a doença não apresentam danos no nascimento, mas os desenvolvem durante a infância ou na idade adulta. Os danos mais graves são cegueira ou dano cerebral.

>> Recém nascidos e bebês: desenvolvimento de 0 a 1 ano

Como a toxoplasmose é transmitida?

  • Comer carne crua ou mal cozida como presunto de parma ou salame que esteja infectado
  • Legumes e frutas mal lavados
  • Fezes de gato
  • Leite de cabra não pasteurizado e seus derivados
  • De mãe para o feto através da placenta
  • Através de materiais infectados, órgãos transplantados e sangue de pessoas com a doença

Como evitar a toxoplasmose na gravidez

  • Lave bem frutas e legumes
  • Coma alimentos bem cozidos e de boa procedência
  • Evite alimentos crus
  • Evite leite de cabra não pasteurizado e seus derivados
  • Use luvas para mexer no jardim, limpar a areia do gato e lave bem as mãos depois
  • Mantenha a bandeja de areia do gato limpa todos os dias
  • Lave a bandeja de areia do gato com água fervente (usando luvas)

Posso trocar a areia do gato durante a gravidez?

Se todas as precauções de limpeza forem seguidas como usar luvas e lavar bem as mãos e bandeja do gato diariamente.

>> Tipos de parto: normal, natural, cesárea e curiosidades

Como saber se tenho toxoplasmose?

Você pode solicitar um exame de sangue ao médico. O exame de sangue só detecta a infecção após mais ou menos 3 semanas da contaminação. Se você estiver grávida, seu obstetra provavelmente irá solicitar o exame, caso não o faça, você mesma pode pedir para fazer.

Exame de toxoplasmose na gravidez

O exame de sangue pode ser feito a qualquer momento durante a gravidez. Em caso de positivo, o obstetra irá orientar os cuidados e precauções a serem tomados. A gravidade da doença irá depende de quando a mãe foi infectada.

>> Ultrassom Morfológico na gravidez: o que é e como funciona

Se você foi infectada pouco antes de engravidar: o risco do bebê ter a doença é de 1%, mas há risco de aborto no caso do bebê ser contaminado.

Se você foi infectada no primeiro trimestre: há 10 a 15% de risco de transmissão para o bebê. Nesta fase o bebê pode ser abortado ou ter sintomas graves como hidrocefalia, calcificações no cérebro ou retinocoroidite.

>> Ganho de Peso na Gravidez: saiba o peso ideal para ganhar

Se você foi infectada no segundo trimestre:

Nesta fase há 25% de risco de transmissão para o bebê. O bebê possui menos chances de ser abortado, mas ainda corre o risco de desenvolver sintomas graves.

Se você foi infectada no terceiro trimestre:

Quanto mais tarde a mãe for infectada, mais chances de transmitir a doença para o bebê. Nesta fase, as chances do bebê ser contaminado são de 70 a 80%. No entanto, se os sintomas se desenvolverem, podem ser menos graves. A maioria dos bebês nesta fase desenvolvem os sintomas mais tarde, principalmente os danos oculares.

Como saber se o bebê foi infectado pela toxoplasmose

Há alguns exames que podem ser feitos para diagnosticar a doença no bebê, no entanto, eles não mostrarão a gravidade da doença. Dependendo do tempo de gravidez, alguns exames podem representar riscos para o bebê. O obstetra irá avaliar a real necessidade de testar o feto.

Tratamento da toxoplasmose na gravidez

  • Uso de antibiótico para reduzir o risco de infecção para o bebê
  • Uso de antibióticos para diminuir os danos ao bebê, no caso dele estar contaminado
  • Exames durante a gravidez para identificar possíveis danos ao bebê

Bebês nascidos de mães com toxoplasmose confirmada na gravidez serão monitorizados de perto pelos pediatras e farão exames de sangue durante o primeiro ano.

Tratamento da toxoplasmose após o nascimento do bebê

  • Exames de sangue do bebê e da mãe
  • Exames para verificar danos neurológicos no bebê, danos oculares e qualquer outro problema
  • Acompanhamento da saúde geral do bebê
  • No caso do bebê estar contaminado, antibióticos podem ser utilizados para prevenir ou limitar os sintomas

Mãe com toxoplasmose pode amamentar?

Amamentar é seguro para mães com toxoplasmose e a doença não pode ser transmitida através do leite materno. Além disso, amamentar transmitirá anticorpos específicos contra a doença para o bebê o tornando mais forte e resistente.

>> Pode amamentar doente? Lista de doenças maternas

>> Amamentação e o uso de medicamentos


Like it? Share with your friends!

What's Your Reaction?

Uau Uau
0
Uau
Gostei Gostei
0
Gostei
Amei Amei
0
Amei
Ouwn Ouwn
0
Ouwn

Deixe um Comentário

comments

error: Este conteúdo é protegido pelas leis de direitos autorais, não copie, compartilhe. :)