Quando o bebê aprende andar? A expectativa dos primeiros passos

3 min


298 shares
Quando o bebê aprende andar

Primeiros passos: Descubra quando o bebê aprende andar.

O momento quando o bebê aprende andar pode acontecer em tempos diferentes para cada bebê, já que cada um se desenvolve a sua maneira. No entanto, alguns pais se preocupam quando seu filho não atingiu este marco quando chega os 12 meses de idade.

Não se preocupe, é perfeitamente normal para uma criança não estar andando em seu primeiro aniversário.

Na verdade, a maioria dos bebês não andam até cerca de 13 meses. Alguns podem nem mesmo andar até 15-16 meses de idade e ainda esta tudo bem. Lembre-se de que cada criança é diferente e tem seu próprio tempo de desenvolvimento.

Bebês que engatinham às vezes não estão interessados ​​em andar

Talvez seu filho seja um engatinhador experiente, que tenha pouco interesse em andar. Ele é completamente móvel quando precisa, vai de um lugar ao outro e pra ele, isto já serve.

Se o seu filho é assim ou gasta muito tempo brincando no chão, comece a colocar brinquedos na borda do sofá ou em cima de uma mesa baixa. Então, quando estes brinquedos chamarem sua atenção, ele provavelmente irá se mover até a mesa ou sofá para pegar o brinquedos. Será um desafio, talvez ele tenha que dar um passo ou outro enquanto esta apoiado no sofá com o brinquedo e descubra como é legal andar!

Certifique-se que você não está sempre fornecendo um pequeno círculo de brinquedos em torno de seu filho no chão.

Espalhe-os para que ela tenha alguma motivação para se mover. Não muito, para que não seja frustrante pra ele ter que ir muito longe até o brinquedos, mas apenas o suficientemente fora do alcance, até onde ele esteja disposto e ir até o brinquedo.

Bebês que usam aparelhos eletrônicos (ipad, celular, televisão e brinquedos eletrônicos) podem necessitar de mais tempo livre no chão sem estes dispositvos.

Aparelhos eletrônicos não são indicados o uso pela Sociedade Brasileira de Pediatria e o tempo de exposição precisa ser curto. Se o seu bebê fica muito tempo na frente destes dispositvos, pode não se interessar por fazer outras coisas como explorar a casa, o que exige que ele se movimente. Considere abandonar o uso para que ele tenha interesse por outras coisas. Isto vai fazer bem para a saúde dele também. 😉

Algumas crianças podem não estar interessadas em caminhar porque não têm muita oportunidade de praticar.

Certifique-se de dar ao seu bebê muito tempo para brincar livremente no chão para que ele possa colocar as habilidades motoras em uso constante.

Você pode até pensar que uma cadeira pula-pula, cercadinho ou aqueles dispositivos de colocar bebês para pular o ensina algo, mas na verdade é o oposto disto. Os bebês usam diferentes grupos musculares com esses dispositivos do que os que usariam caso aprendessem a andar e confiam no dispositivo para pegá-los em vez de aprenderem a se equilibrarem.

Deixe seu bebê livre e solto pela casa para explorá-la.

Embora não seja normalmente o caso, os pais podem estar causando o atraso de aprendizado a andar do bebê

Mais uma vez, a maioria das crianças anda até cerca de 16 meses, não importa o que a mãe ou o pai façam.

Mas alguns pais são excessivamente preocupados se o bebê irá cair ou não, evitando que ele explore o ambiente e coloque suas habilidades motoras em ação. Se você está preocupado sobre o seu filho se machucar, lembre-se: isso vai acontecer.

Seu filho vai perder o equilíbrio, as vezes bater a cabeça e cair. Muitas vezes. Esta é uma parte do processo de aprendizagem e há pouco que você possa fazer para evitá-lo. O que podemos fazer como pais é cuidar do entorno do bebê preparando a casa para ser um local seguro enquanto ele pratica e aprende a andar.

Concentre-se no que você pode fazer para tornar a casa segura para o seu pequeno explorador:

  • Retire toalhas da mesa que possam ser puxadas pelo bebê e cair o que estive na mesa em cima dele.
  • Prepare os cantos dos móveis mais baixos com cantoneiras de silicone próprias para proteger o bebê caso ele bata ali.
  • Retire tapetes muito escorregadios da casa para evitar acidentes.
  • Feche as portas de banheiros, armários e de entradas e saída da casa e quintal.
  • Use dispositivos para manter gavetas fechadas, principalmente as da cozinha.
  • Use grades nas portas da cozinha para que o bebê só vá até lá com você presente, na porta de saída para o quintal e em despensas com produtos de limpeza e outros itens perigosos.
  • Certifique-se que os móveis estão bem presos e são resistentes para não virarem caso o bebê se apoie neles.

Nunca deixe o bebê sozinho.

Sempre mantenha o bebê em ambientes que você ou um outro cuidador esta presente para ajudá-lo e evitar possíveis acidentes. Se você precisa estar na cozinha, deixar o bebê brincar com as vasilhas vai ser um divertimento e tanto para ele ou levar seus brinquedos para lá para ele estar no mesmo ambiente que você enquanto você precisa fazer outras coisas é uma solução. O mesmo serve para todos os outros ambientes.

Leia também:


Like it? Share with your friends!

298 shares

What's Your Reaction?

Uau Uau
0
Uau
Gostei Gostei
0
Gostei
Amei Amei
0
Amei
Ouwn Ouwn
0
Ouwn

Deixe um Comentário

comments

error: Este conteúdo é protegido pelas leis de direitos autorais, não copie, compartilhe. :)