Ovulação: sintomas, como calcular e como acontece

4 min


Ovulação

O que é ovulação?

Ovulação é quando o óvulo é liberado do ovário e se torna disponível para ser fecundado pelo espermatozóide.

Todos os meses, o óvulo amadurece nos ovários e é liberado. Ele caminha pelas trompas de falópio para se encontrar com o espermatozóide e chegar até o útero.

Quando a concepção do óvulo não acontece, o revestimento do útero que se formou para receber o óvulo é liberado. Este revestimento se solta e sai junto com o sangue menstrual.

>> Concepção: como acontece o encontro entre óvulo e espermatozóide

Curiosidades sobre a ovulação:

Um óvulo vive de 12h a 24h depois de sair do ovário.

  • Apenas um ovo é liberado a cada momento da ovulação (em casos raros dois).
  • A ovulação pode ser afetada por estresse, doença ou interrupção das rotinas normais.
  • Algumas mulheres podem sentir algum sangue leve ou manchas durante a ovulação.
  • A implantação de um óvulo fertilizado normalmente ocorre 6 a 12 dias após a ovulação.
  • Cada mulher nasce com milhões de óvulos.
  • Um período menstrual pode ocorrer mesmo que a ovulação não tenha ocorrido.
  • A ovulação pode ocorrer mesmo que não tenha ocorrido um período menstrual.
  • Algumas mulheres podem sentir um pouco de dor perto dos ovários durante a ovulação.
  • Se um óvulo não é fertilizado, ele se desintegra e é absorvido pelo revestimento uterino.

>> Pílula do Dia Seguinte: como usar, preço e tudo que você precisa saber

Sintomas da ovulação:

  • Sensibilidade mamária
  • Muco claro e elástico como clara de ovo
  • Olfato mais sensível
  • Corrimento rosado leve
  • Aumento da libido (desejo sexual)
  • Colo do útero mais alto, macio e aberto
  • Mau humor ou dores de cabeça
  • Pequenas cólicas localizadas nas trompas (geralmente na que esta liberando o óvulo)

Se você não notar nenhum sintoma de ovulação, não se preocupe, nem todas as mulheres percebem ou tem sintomas.

Como calcular a ovulação:

>> Como calcular o período fértil: conheça seu ciclo

Em média, o ciclo de uma mulher normalmente é entre 28 e 32 dias. Algumas mulheres podem ter ciclos mais curtos ou mais longos.

A ovulação pode acontecer nos dias 12 a 16 contando desde o primeiro dia do ciclo menstrual. A maioria das mulheres ovula entre o dia 11 e o dia 21 do seu ciclo, contando a partir do primeiro dia da menstruação.

período fértil

A ovulação pode ocorrer em vários momentos durante um ciclo e pode ocorrer em um dia diferente a cada mês. É importante acompanhar seu ciclo para conhecer seu corpo e como ele funciona. Bem como para aliar métodos contraceptivos com sua tabelinha ou saber quando é hora de tentar engravidar.

O ciclo de ovulação ocorre em duas fases distintas:

1. Fase folicular

Começa no primeiro dia do último período menstrual e continua até a ovulação. Pode durar entre 7 a 40 dias de acordo com o corpo de cada mulher.

2. Fase lútea

Ocorroe do dia da ovulação até o próximo período. Costuma durar de 12 a 16 dias.

O que determina quantos dias tem o seu ciclo é o dia em quê o óvulo é liberado.

Fatores externos como estresse, doença e interrupção da rotina normal podem prejudicar a liberação do óvulo. E isto pode mudar a data do seu ciclo menstrual.

Ter consciência da sua fertilidade te permite saber os prováveis dias férteis e que o óvulo é liberado. Isto inclui não apenas acompanhar os dias, mas também o muco cervical, temperatura basal e os tipos de corrimento vaginal.

>> Corrimento Rosado e Outros Tipos: o que é, causas e tratamento

Para quê serve o termômetro basal?

O termômetro basal ajuda a monitorar o aumento da temperatura corporal. Isto porque quando o óvulo esta para ser liberado, há um aumento da temperatura do corpo feminino. Mas a mulher só consegue perceber estas diferenças de temperatura quando acompanha todos os dias por pelo menos um mês a temperatura corporal e as anota. Assim, ela sabe quando houve aumento da média de temperatura.

Como a ovulação acontece:

Quando o ciclo menstrual se inicia, os níveis de estrogênio diminuem. O hipotálamo (responsável pelos níveis hormonais) envia uma mensagem para a glândula pituitária, que envia o hormônio folículo estimulante (FSH). Este FSH faz com que alguns dos seus folículos se desenvolvam em óvulos maduros.

Um deles se desenvolverá como folículo dominante. Ele liberará um óvulo maduro e os outros se desintegrarão.

Quando os folículos amadurecem, liberam o estrogênio. Este hormônio enviará um sinal para o hipotálamo e para a glândula pituitária sobre a existência de um óvulo maduro.

O hormônio luteinizante é liberado. Ele permite que o óvulo atravesse a parede do ovário e percorra as trompas de falópio para ser fertilizado.

>> Candidíase na mama: saiba o que é e como tratar

O folículo de onde o óvulo saiu se chama corpo lúteo. O corpo lúteo libera progesterona, que faz com quê o revestimento do útero se engrosse para afixar o óvulo fecundado. A progesterona é produzida pelo corpo lúteo por 12 a 16 dias (fase lútea).

Quando acontece a fertilização do óvulo, o corpo lúteo produzirá progesterona até que a placenta esteja preparada para assumir este controle.

Quando não há fertilização do óvulo, ele se dissolve em até 24h. Os níveis hormonais caem e o revestimento do útero começará a se soltar para se transformar em menstruação de 12 a 16 dias depois.

Assim, quando vem a menstruação, a jornada de trabalho do corpo feminino começa novamente.

O momento da ovulação é determinante para iniciar tentativas para engravidar ou para evitar a gravidez. Conhecer como nosso corpo funciona nos permite ter controle sobre nossas escolhas e tentar definir o momento adequado para fazer cada uma delas.


Like it? Share with your friends!

What's Your Reaction?

Uau Uau
0
Uau
Gostei Gostei
0
Gostei
Amei Amei
0
Amei
Ouwn Ouwn
0
Ouwn

Deixe um Comentário

comments

error: Este conteúdo é protegido pelas leis de direitos autorais, não copie, compartilhe. :)