Pílula do Dia Seguinte: como usar, preço e tudo que você precisa saber

2 min


pílula do dia seguinte

A pílula do dia seguinte é um anticoncepcional de emergência.

A pílula do dia seguinte é composta por um hormônio chamado levonorgestrel e não serve para contracepção mensal ou diária. Ela serve para o momento em quê os outros métodos contraceptivos podem ter falhado ou tenham sido esquecidos.

>> Pode tomar pílula de emergência amamentando?

Tomar pílula do dia seguinte não previne doenças sexualmente transmissíveis, por isso, é importante usar camisinha sempre.

Para quê serve a pílula do dia seguinte?

Serve para contracepção de emergência e deve ser tomada quando outros métodos contraceptivos tenham sido esquecidos ou tenham falhado. Como por exemplo quando a camisinha se rompe ou quando a pílula anticoncepcional comum não tenha sido tomada de maneira adequada.

>> É possível ficar grávida amamentando? Entenda

Como tomar a pílula do dia seguinte?

A pílula do dia seguinte pode ser tomada em até 72h após a relação sexual desprotegida. É mais eficaz de acordo com o tempo que você toma. Quanto mais cedo tomar a pílula, maior a proteção.

A pílula geralmente contém levonorgestrel em uma quantidade maior do que a maioria dos anticoncepcionais diários e por isso o uso é restrito a emergências. Há marcas que possuem combinações diferentes de hormônios.

>> Teste de gravidez online: será que você esta grávida?

Qual a eficácia da pílula do dia seguinte?

Se tomada em até 24h: reduz o risco de gravidez em até 95%
Se tomada após 24h: reduz o risco de gravidez em até 89%

Posso ficar grávida depois de tomar a pílula do dia seguinte?

Sim. Como todos os métodos contraceptivos, há chances de falhas. Se a pílula for tomada por pessoas em uso de antibióticos, obesas e em uso de determinados medicamentos, sua eficácia pode ser menor ou nula.

A pílula do dia seguinte não evita a gravidez quando o óvulo e espermatozóide já se encontraram e a fecundação e fixação na parede do útero ocorreu.

A pílula do dia seguinte pode:

  • Prevenir ou retardar a ovulação.
  • Interferir na fertilização do óvulo.
  • Pode ser possível que ela impeça a implantação do óvulo no útero, porque altera o revestimento do útero.

Esta pílula de contracepção de emergência não é abortiva. Não impede o desenvolvimento do feto quando ele já se fixou na parede do útero. Então, ela não funciona para mulheres que já estejam grávidas.

>> Concepção: como acontece o encontro entre óvulo e espermatozóide

Pílula do dia seguinte atrasa a menstruação?

É possível que o levonorgestrel faça sua menstruação seguinte ser mais intensa ou mais leve que o normal. Também pode adiantar ou atrasar o ciclo menstrual. No entanto, se a sua menstruação não vir em um período de até 3 semanas após o uso, faça um teste de gravidez para se certificar.

>> Teste de gravidez positivo: veja fotos de testes positivos e tire dúvidas

Efeitos colaterais da pílula do dia seguinte:

Em alguns casos, mulheres ficam tensas mesmo depois de tomar a pílula pois suas reações podem se parecer com sintomas de gravidez.

Efeitos colaterais potenciais de levonorgestrel incluem:

  • Náusea
  • Dor abdominal
  • Fadiga
  • Dor de cabeça
  • Alterações menstruais
  • Tontura
  • Seios doloridos
  • Vômitos

>> Sintomas de Gravidez: os 10 sintomas mais comuns

Preço da pílula do dia seguinte:

Os valores variam entre R$ 9,90 até R$ 100,00. Depende da marca utilizada. Algumas marcas possuem apenas levonorgestrel, outras possuem combinações hormonais. Isto não muda a eficácia entre uma e outra se tomada corretamente.

Marcas disponíveis no mercado:

System Sequi, Trinordiol, Ulip, Diad, Pozato Uni, Levonorgestrel, Postinor Uno, Pilem, Neodia


Like it? Share with your friends!

What's Your Reaction?

Uau Uau
0
Uau
Gostei Gostei
0
Gostei
Amei Amei
1
Amei
Ouwn Ouwn
0
Ouwn

Deixe um Comentário

comments

error: Este conteúdo é protegido pelas leis de direitos autorais, não copie, compartilhe. :)