Empreendedorismo materno: jogo de cintura e muitos desafios na jornada

2 min


Empreendedorismo materno

Empreendedorismo materno esta em alta, pudera, com tantas mães tentando conciliar a criação dos filhos com o trabalho.

O empreendedorismo materno se tornou uma alternativa para mães que querem estar mais próximas de seus filhos. Mais do que isso, se tornou para outras, a única opção viável quando o mercado de trabalho a coloca para fora.

É isto mesmo, o empreendedorismo materno se torna uma opção quando na volta a licença maternidade, a mãe é demitida de seu trabalho. O que costuma ocorrer com frequência.

Com tantas mudanças e transformações que ocorrem é de se esperar que o desenvolvimento da carreira muda ao longo do tempo. Uma carreira eficaz beneficia o indivíduo, a organização e a comunidade e o empreendedorismo materno faz parte dela. Simplesmente porque uma mãe profissional estará mais próxima da criação de seu filho, apesar das dificuldades.

Sim, não é fácil empreender e conciliar a maternidade. Falo por experiência própria. Mas isto não precisa ser visto também como algo ruim, é possível ter sucesso e ser mais feliz. Depende de quais são suas expectativas e o quê você entende por sucesso e felicidade no trabalho.

“Carreira é a sequência individualmente percebida de atitudes e comportamentos associados a experiências e atividades profissionais ao longo da vida da pessoa.” (Hall, 1976)

O empreendedorismo materno vai muito além de um cenário comum de trabalho onde existe um empregado e um empregador e este tipo de carreira lhe apresenta oportunidades ao longo do caminho que não seguem um padrão vertical nos acontecimentos, mas sim padrões aleatórios e que podem ser enriquecedores na jornada.

O empreendedorismo materno esta dentro de um padrão não vertical de acontecimentos, que acabam nos forçando a nos virar nos 30 para lidar com os desafios. E coloca desafio nisto!

Leia também:

Uma carreira pode começar a partir do momento em que um indivíduo define suas metas, suas expectativas e seu caminho. A experiência de trabalho hoje é desvinculada de uma organização específica, ela é mais proativa, mais portátil, descontinuada. Menos previsível e mais improvisada e estas são uma das coisas que mais acontecem na vida de mulheres que adotam o empreendedorismo materno.

E estes acontecimentos podem ser aproveitados como uma oportunidade de improvisar e aprender, o que por consequência te faz se adaptar.

Quais as competências que se espera de uma boa empreendedora materna?

  • Concentração criativa para saber fazer as perguntas certas
  • Empatia
  • Visão
  • Flexibilidade para se antecipar as mudanças
  • Ter foco para implementar seus projetos
  • Ser paciente e persistente
  • Pedir ajuda com os filhos sempre que achar necessário! (sim, nã dá para dar conta de tudo)

Carreira é mais que subir na vida. Uma carreira não significa subir na vida, é apenas a palavra para nossa jornada individual, o caminho que cada um de nós segue para encontrar o significado de nossas vidas. (Bridges, 1995).


Like it? Share with your friends!

What's Your Reaction?

Uau Uau
0
Uau
Gostei Gostei
0
Gostei
Amei Amei
0
Amei
Ouwn Ouwn
0
Ouwn

Deixe um Comentário

comments

error: Este conteúdo é protegido pelas leis de direitos autorais, não copie, compartilhe. :)