Felicidade dentro e fora do expediente

2 min


Felicidade
Felicidade

Os mercenários que me desculpem, mas lucro emocional é fundamental.

A vida contemporânea e a cultura corporativa levam as pessoas a focarem no acúmulo de bens materiais. Profissionais que sacrificam momentos preciosos da vida em troca de um montante a mais de dinheiro.

Mas eis que vemos despontar uma tendência em meio a nossa geração: homens e mulheres – especialmente mulheres vivenciando a maternidade – que estão repensando suas carreiras e colocando a felicidade como moeda principal. E o mais interessante é que nem sempre é preciso jogar tudo pro alto e começar um projeto do zero. Pode ser que um ajuste aqui e outro acolá sejam suficientes para fazer com que você consiga conciliar trabalho e felicidade, olha só:

Acredite no propósito do seu trabalho

A função que você exerce faz alguma diferença na vida das pessoas, isso é fato. Se você é uma manicure, por exemplo, pense que seu trabalho está não apenas deixando as unhas de sua cliente mais bonitas, como também está levantando sua autoestima e lhe dando confiança. Isso ajuda você a enxergar significado na sua profissão e querer fazer sempre o melhor.

Leia também:

Trabalhe para viver, não viva para trabalhar.

Você exerce sua profissão porque ela te oferece condições financeiras para viver a vida, certo? Então faça isso. Viaje, reúna os amigos, encontre tempo para um hobby, cuide da saúde e não use o trabalho como desculpa para se esconder do resto do mundo.

Dê preferência a quem lhe aceita como é.

Acordar cedo lhe deixa mal humorado, mas você rende bem à noite? Procure um trabalho com essa flexibilidade no horário. Acredita que usar uniforme é uma maneira de calar sua criatividade? Melhor não se prender a empresas muito formais. Gosta do setor educacional, mas morre de medo de falar em público e não é lá muito comunicativo? Tente a carreira científica. Se o seu trabalho estiver de acordo com sua personalidade, tudo flui melhor.

Felicidade não é algo que vem após uma vida de sacrifícios.

É ótimo que você tenha metas de subir na carreira, alcançar um novo cargo ou conquistar um novo cliente. Mas a felicidade está no caminho todo, ela não é aquela cereja que você guarda para o final, quando atingir suas idealizações. Desfrute do caminho, as coisas simples da vida são importantes, assim como as relações que você estabelece durante o percurso. As pequenas vivências felizes ajudam você a ter um cérebro positivo, o que se torna um grande diferencial competitivo na busca por seus sonhos.


Like it? Share with your friends!

What's Your Reaction?

Uau Uau
0
Uau
Gostei Gostei
0
Gostei
Amei Amei
0
Amei
Ouwn Ouwn
0
Ouwn

Deixe um Comentário

comments

error: Este conteúdo é protegido pelas leis de direitos autorais, não copie, compartilhe. :)