Crianças abaixo do peso: como ter um peso saudável?

3 min


Crianças abaixo do peso

Crianças abaixo do peso podem deixar mães e pais preocupados com sua saúde.

Além disso, crianças abaixo do peso geralmente são confundidas com crianças seletivas para comer, mesmo quando a questão é genética.

Sim, é possível não seguir uma curva de crescimento padrão e ser considerada uma criança abaixo do peso quando na verdade trata-se de pura genética. Claro que não se pode descuidar da saúde e fazer acompanhamento médico é importante para ter certeza de qual quadro se trata.

De forma simples é: se a mãe e o pai são magros e altos ou magros e baixos (pequenos), provavelmente o filho deles também terá uma estrutura corporal parecida. O que pode resultar em uma confusão sobre o “ganho de peso” normal.

No entanto, se esta constatado que seu filho esta abaixo do peso adequado e o que é preciso neste momento é uma dieta para ele comer calorias extras, fique atenta as dicas.

É importante não confundir uma dieta com calorias extras com comer coisas que não são saudáveis e industrializadas. Há muitas diferenças nisto. Não adianta querer que a criança engorde comendo alimentos industrializados, com alto teor de gordura, frituras, açúcares e sódio entre outras químicas, pois isso só irá prejudicar sua saúde.
Para ganhar peso com saúde, é preciso se alimentar de forma saudável.

Ganho de peso de bebês menores do que 6 meses:

A alimentação é exclusiva via leite materno ou leite artificial, não é preciso oferecer mais nada para o bebê. Bebês que mamam no peito e estão ganhando peso adequadamente não precisam de complemento.

Veja todos os artigos sobre ganho de peso do bebê aqui:

Ganho de peso de bebês acima de 6 meses:

Após a introdução alimentar, pode ser que o ganho de peso diminua justamente porque  o bebê ainda esta aprendendo a comer. Desde mastigar a engolir, para o bebê é um processo complexo e lento de aprendizado. O leite materno ainda é seu principal alimento até 1 ano de idade e complementar até 2 anos ou mais. Então não substitua mamadas por alimentos, muito pelo contrário: amamente quantas vezes o bebê pedir junto com a introdução alimentar.

Veja aqui os artigos sobre introdução alimentar nesta fase:

Ganho de peso de crianças acima de 1 ano de idade:

Nesta fase o apetite das crianças tende a diminuir mais ainda, por isso, continuar amamentando pode ser essencial. Ou seja, se antes ela já estava seletiva, é provável que fique mais ainda com um ano de idade ou próximo. É comum e muito normal. Se a criança continuasse ganhando peso no ritmo que ganhava quando era menor, provavelmente se tornaria obesa. Por isso, a natureza ajusta este processo de ganho de peso.

Veja o que escrevi sobre isto aqui:

Seu filho ainda assim, precisa começar a ingerir itens saudáveis e mais calóricos para dar uma forcinha no ganho de peso?

É possível trabalhar a favor de um ganho maior de calorias com itens saudáveis na dieta infantil e sem apelar para nenhuma caloria vazia que faz mais mal do que bem para a saúde.

Dicas práticas para ajudar no ganho de peso infantil:

  • Não abra mão da alimentação saudável, dá pra chegar no peso adequado com saúde!
  • Faça as refeições em horários adequados e tente inserir pequenos lanches entre o café da manhã, almoço e janta. Bem como um lanchinho final antes de dormir.
  • Use um fio fino de azeite de oliva no prato
  • Componha os lanches com queijos, manteiga e pães saudáveis
  • Vitaminas com frutas calóricas são sempre bem vindas!
  • Façam as alimentações principais juntos! Isto incentiva seu filho a comer melhor, acredite.

Pesquisando, encontrei uma lista de itens que podem compor a alimentação do dia a dia para ajudar crianças abaixo do peso a se alimentarem melhor.

Lista de alimentos para crianças abaixo do peso ganharem mais peso de forma saudável:

1. Legumes:

  • Batata comum e doce
  • Mandioquinha ou “cenourinha” em algumas regiões
  • Inhame ou cará (são a mesma coisa, cada região chama de um jeito)
  • Beterraba
  • Mandioca
  • Cenoura

2. Frutas:

  • Manga (a campeã aqui em casa)
  • Banana
  • Uva
  • Abacate
  • Laranja
  • Morango
  • Pêssegos
  • Ameixa

3. Cereais, leguminosas e grãos:

  • Arroz
  • Milho
  • Aveia
  • Castanhas (castanha do pára, castanha de caju, amendoim)
  • Feijão, lentilha, grão de bico, ervilhas
Não force seu filho a comer, isto pode piorar a situação e se ele é seletivo, pode se tornar mais ainda desenvolvendo aversão pela comida. É preciso ter paciência com crianças abaixo do peso que são seletivas para comer. Acompanhe a saúde de sua criança de perto com o pediatra. E se você ainda não foi em um nutricionista, pode ser um boa idéia. Eles, mais do que qualquer pessoa, são os profissionais adequados para montar dietas específicas e de acordo com a rotina familiar e gostos de sua casa.
Leia mais:


Like it? Share with your friends!

What's Your Reaction?

Uau Uau
1
Uau
Gostei Gostei
3
Gostei
Amei Amei
2
Amei
Ouwn Ouwn
0
Ouwn

Deixe um Comentário

comments

error: Este conteúdo é protegido pelas leis de direitos autorais, não copie, compartilhe. :)