Lua de leite: conexão entre mãe e bebê

4 min


3.8k shares
Lua de leite
Lua de leite

Quando um bebê vem ao mundo, ele é esperado e amado por muitas pessoas. Se torna o centro das atenções de todos os familiares e as pessoas ficam ansiosas para conhecê-lo já no primeiro instante e acabam não dando espaço para a mãe vivenciar a lua de leite.

Por vezes esquecem que a mãe, apesar de tê-lo carregado por 41 semanas mais ou menos, ainda não o conhece pessoalmente e que após o nascimento, estes dois que estavam juntos mas nunca se viram vão começar a se relacionar e a buscar um entrosamento que será essencial para o vínculo a partir dali. Este é o momento da lua de leite entrar em cena.


A lua de leite nada mais é do que o esperado momento a dois. Aquele em que mãe e filho tem para se conectar um com outro, se conhecerem, se olharem, se apaixonarem perdidamente, de novo e de novo. E de novo.


Para que a lua de leite seja bem sucedida e cumpra com o seu papel, mãe e bebê precisam de silêncio, privacidade e apoio dos familiares.

Este apoio não significa visitas e mais visitas, significa cuidar de todo o resto como casa, comida, outros filhos e pendências para que a mãe e o bebê tenham este tempo apenas para eles.

Neste período mãe e filho vão viver intensamente o vínculo, fortalecê-lo e se prepararem para a nova vida familiar. É também o momento em que a mãe aprende ou se adapta com a amamentação junto com o bebê e este tempo a dois será essencial para que o processo de amamentação dê certo.

lua de leite

Imagine que uma mãe esteja com dificuldades para amamentar e começa a receber visitas e mais visitas, precisa se preocupar com comida, roupa, casa, mais filhos, fazer sala, se arrumar para receber pessoas ou preparar algo para elas…em quê momento ela poderá descansar e se conectar de verdade com o recém-nascido para juntos descobrirem o processo de amamentação?

Nesta hora crucial, ser uma visita invisível que chega e resolve pendências é o melhor que qualquer um poderia fazer por uma mãe.

E o mais importante: ser apoio e incentivo, sempre. O momento é de vínculo, apresentação e adaptação. Quanto menos interferência externa houver entre essa nova dupla, melhor.

A lua de leite é o tempo em que a mãe esquece o mundo lá fora e vem para o mundo de dentro.

É o momento em que ela olha para o bebê, o observa, o lambe e o acolhe em seus braços. É o momento em que a mãe não olha para o relógio e não se preocupa com a hora. O tempo na verdade é outro.

Na lua de leite a mãe vive uma realidade atemporal distinta da vida lá fora e se conecta com o filho através do contato pele a pele, dos cuidados, da amamentação e vive apenas o presente. É quando a mãe relaxa inclusive a mente, não pensa em nada, apenas no bebê e nela mesma.

Geralmente a lua de leite tem uma duração de mais ou menos um mês.

Daí que via de regra, o melhor é deixar claro para as visitas que após pelo menos o primeiro mês do bebê a mãe estará um pouco mais disposta para receber as pessoas e apresentar o novo integrante da família. Mas não se apresse, se você precisar de mais tempo do que isto, tome seu tempo, o que for necessário.

Lua de leite é mergulho interno, conexão e contato. Lua de leite é reconstrução.

Quando você esta livre do mundo externo e se recolhe para vivenciar a lua de leite, você se protege de comentários, dicas e palpites que minam sua confiança e afetam seu humor.

Você se permite vivenciar o presente com seu filho e se torna hábil para atendê-lo e conhecê-lo sem que haja interferências externas sobre como se criar filhos ou o que se deve ou não fazer. Você dá espaço para o seu instinto materno aflorar e te guiar nas decisões que virão a ser tomadas a partir dali de forma segura e decidida.

Leia também:

Lua de leite é fortalecimento.

Depois da ruptura do parto, a lua de leite através da amamentação é a nova conexão que irá acalmar e fortalecer mãe e bebê para a recuperação emocional do parto.

Será o momento em que todos os sentimentos confusos irão começar a se assentar no chão do seu coração e você poderá se reorganizar internamente para ressurgir. Se permita.

5 razões para vivenciar a lua de leite

1. Contato pele a pele e amamentação bem sucedida.

O contato pele a pele e a privacidade ajuda a estabelecer a amamentação com calma e confiança. Ainda que você precise de ajuda: chame uma consultora que esteja apta a te ajudar e que entenda do assunto.

2. Uma ruptura significa um novo começo.

A ruptura do parto e as emoções a flor da pele virão te visitar sem serem chamadas e você poderá vivenciá-las sem cobranças ou palpites se permitindo chorar o que for preciso e também se acalmar junto com o bebê.

3. Habilidade e segurança.

Entre erros e acertos nos cuidados com o bebê, você irá aprender a cuidar dele e se tornará habilidosa sabendo em pouco tempo exatamente o que ele precisa e resolvendo com segurança os desafios diários.

4. Conectar-se com o bebê é essencial para o futuro.

A conexão que você irá criar com o seu bebê neste período é o primeiro passo para que todos os desafios futuros sejam encarados com confiança e força. É ali, na lua de leite que vocês irão se conhecer de verdade.

5. Você irá aprender a ocupar o seu lugar de mãe.

Quando o bebê nasce avós, tias entre outras, acabam invadindo mesmo sem querer este espaço que é só seu, durante a lua de leite você poderá ocupar seu lugar de mãe com calma, sem pressa e pressão para dali em diante se sentir a vontade como mãe e saber rejeitar qualquer coisa que não te agrade ou não seja como você realmente quer criar seu filho.

Não se esqueça da sua rede de apoio e de se organizar para o nascimento.

Não estou falando de lembrancinhas, apesar delas serem fofas. Estou falando de deixar a casa preparada para te receber com ao menos comidas congeladas ou chamar alguém muito próximo para cuidar disto para você como sua mãe, irmã ou parceiro.

Ter um telefone de uma consultora de amamentação ou endereço de um banco de leite caso precise de ajuda com amamentação e ter o telefone do pediatra em mãos para emergências. E sobretudo deixar que sua rede de apoio cuide de todo o resto para você poder ficar apenas com o bebê para juntos se fortalecerem. E agora que você já sabe o que é uma lua de leite, já posso te desejar: Uma linda lua de leite.


Like it? Share with your friends!

3.8k shares

What's Your Reaction?

Uau Uau
0
Uau
Gostei Gostei
0
Gostei
Amei Amei
0
Amei
Ouwn Ouwn
0
Ouwn

Deixe um Comentário

comments

error: Este conteúdo é protegido pelas leis de direitos autorais, não copie, compartilhe. :)