Leite Materno tem Lactose? Um bebê pode ser intolerante a lactose?

Muitos confundem a lactose presente no leite materno com o motivo da intolerância à lactose.3 min


O leite materno tem lactose?

O leite materno tem lactose em maior concentração do que os leites de todos os mamíferos. Além de ser o principal carboidrato no leite materno, a lactose é essencial para o crescimento e desenvolvimento do cérebro do bebê.

Por isso, os altos níveis de lactose no leite materno: para que o cérebro do bebê se desenvolva de forma saudável e adequada.

leite materno tem lactose

O que é intolerância a lactose?

É quando o corpo não consegue produzir lactase suficiente. A lactase é uma enzima que digere a lactose. Lactose é o açúcar primário do leite de vaca e outros produtos lácteos

Atenção: Intolerância a lactose é diferente de alergia a proteína do leite de vaca.

Saiba o que é Alergia à Proteína do Leite de Vaca aqui >> APLV – Alergia à proteína do leite de vaca: será que meu filho tem?

A lactose não digerida fica no intestino causando problemas intestinais desconfortáveis. O problema costuma surgir na primeira infância, na escola primária ou adolescência. Não há cura, mas não é grave e pode ser tratado.

É muito improvável um bebê ser intolerante a lactose, é mais provável ele ter alergia à proteína do leite de vaca, como mencionado acima.

Um bebê pode ter intolerância à lactose ao nascer?

É muito raro que isto aconteça. E a intolerância a lactose primária é tão rara que a maioria dos médicos sequer atendem pessoas com este tipo de intolerância.

A medida que envelhecemos pode surgir a intolerância a lactose, pois o corpo passa a produzir uma quantidade insuficiente de lactase.

O que é deficiência secundária de lactase?

É quando a intolerância foi desencadeada por outro problema. É possível que um bebê tenha este tipo de intolerância após usar antibióticos, ter uma doença gastrointestinal ou uma má alimentação.

Esta é a intolerância à lactose, como a chamamos e a mais comum.

Sintomas da intolerância à lactose

O que fazer se o bebê for intolerante à lactose?

Os sintomas serão tratados com medicação e a amamentação pode e DEVE continuar. O leite materno não é o problema da intolerância a lactose e mudar para uma fórmula infantil pode piorar a situação.

Não existe intolerância a lactose do leite materno.

A intolerância à lactose não é uma alergia ao leite materno e não é uma contra-indicação para a amamentação. 

Quando o bebê consome muito o primeiro leite, mais rico em lactose, ele pode ter uma carga de lactose acima do normal para digerir. No entanto, amamentar deixando que o bebê mame até esvaziar a mama e em livre demanda, resolve esta questão.

>> Tempo de mamada e troca de peito, como assim?

Mães que possuem uma alta produção de leite materno – hipergalactia – podem ofertar a mesma mama para o bebê por mais de uma vez seguida para garantir que ele mame até esvaziar e não consuma o excesso de lactase da primeira fase do leite.

Isto também a ajudará a controlar a produção e com o tempo, diminuí-la.

>> Produzir muito leite: hiperlactação é um problema para mãe e bebê

Um bebê pode ter intolerância a lactose temporária quando precisou tomar muitos antibióticos ou teve um problema gastrointestinal, pois sua produção de lactase se comprometeu.

No entanto, isto ocorre apenas enquanto o trato gastrointestinal esta se recuperando e cicatrizando. Para isso, nada melhor do que amamentar o bebê para ajudar neste processo.

Leite materno é mais fácil para digerir, possui muitas propriedades curativas e imunoglobinas. Continuar amamentando vai trazer a recuperação mais rápida para o sistema do seu bebê.


Like it? Share with your friends!

What's Your Reaction?

Uau Uau
2
Uau
Gostei Gostei
3
Gostei
Amei Amei
4
Amei
Ouwn Ouwn
1
Ouwn
error: Este conteúdo é protegido pelas leis de direitos autorais, não copie, compartilhe. :)