Amamentação em tandem: o que é e 10 dicas para dar certo

5 min


2.8k shares
Amamentação em tandem

Você sabe o que é amamentação em tandem?

Amamentação em tandem é quando você amamenta dois bebês de idades diferentes ao mesmo tempo. Se você fica grávida e continua amamentando, quando seu segundo (ou terceiro) bebê nasce e você passa a amamentar os dois bebês ao mesmo tempo, isto configura amamentação em tandem.

Isto é diferente de amamentação gemelar, pois neste tipo de amamentação, apesar deles serem irmãos, cada um nasceu em épocas diferentes.

Você pode decidir amamentar seu filho maior juntamente com seu recém-nascido se:

  • Você engravidar novamente após o nascimento de seu filho mais velho, e seu filho mais velho ainda mamar no peito.
  • Você não sente que é o momento certo para desmamar seu filho mais velho.
  • Você acredita no desmame liderado pela criança, ou seja, o desmame natural.
  • Você quer continuar a fornecer ao seu bebê que mama atualmente os benefícios emocionais e psicológicos que a amamentação proporciona.

Amamentar duas crianças ao mesmo tempo não é fácil, porém é perfeitamente possível e muitas mães fazem amamentação em tandem. A satisfação em continuar nutrindo seus dois bebês ao mesmo tempo e em não precisar desmamar seu primeiro filho (principalmente antes do tempo) por causa da nova gravidez e nascimento do irmão é garantida.

Artigos de apoio:

10 Dicas para tornar possível a amamentação em tandem:

1. Prepare seu filho mais velho

Converse com o seu filho mais velho sobre o novo bebê que esta para chegar e o que esta por vir na rotina de vocês. Conte sobre ter que dar um pouco mais de colo ao outro bebê por ele ser muito pequeno, sobre ele querer mamar mais vezes e que os dois vão dividir o peito juntinhos. Assim será mais fácil para ele compartilhar o peito que até então era só dele.

2. Dê a preferência para o menor

O ideal é amamentar os dois ao mesmo tempo porque além de ser prático, a sucção do maior ajuda na descida do leite fazendo com que o caçula faça menos esforço, mame mais e ganhe mais peso. No entanto, se você não puder amamentar os dois ao mesmo tempo em algum momento, amamente primeiro o recém-nascido e logo em seguida o maior. Seu filho mais velho tem mais imunidade, come outras coisas e pode esperar um pouco mais para mamar. Para o recém-nascido, mamar sempre que precisa é também sobrevivência.

3. Saiba que seu leite materno vai mudar

Seu leite materno vai mudar durante a gravidez e com o nascimento do seu novo bebê. À medida que sua gravidez progride, seu leite materno pode mudar de sabor e quantidade. Quando seu novo filho nascer, você estará produzindo o colostro. O colostro contém toda a nutrição que um recém-nascido precisa.

Pode ser que durante a gravidez e quando o novo bebê nascer, seu filho mais velho rejeite o peito. Pode ser que ele não goste do sabor do leite no período da gravidez e deixe de mamar neste período, porém, ele pode voltar a mamar normalmente assim que o irmão nasce. Então não considere isto um desmame.

Talvez seu filho mais velho rejeite o colostro e talvez não. Fique tranquila que tem para o dois e o mais velho receberá uma segunda dose deste leite tão poderoso. Mas não encane se ele não quiser. Assim que o leite entra em fase de transição e o sabor se aproxima de novo do que ele estava acostumado, ele volta a mamar normalmente com o irmão.

4. Mais mamadas significa mais leite materno!

Amamentar um recém-nascido e um bebê maior vai aumentar seu suprimento de leite materno por causa do estímulo extra feito pelo filho mais velho. Depois de uns dias, a demanda de leite materno vai se ajustar para atender os dois filhos ao mesmo tempo.

5. O pediatra do bebê precisa saber sobre a amamentação em tandem?

Muitos pediatras não são um apoio durante a amamentação para mães. Desde não saberem nada sobre amamentação e fisiologia da amamentação (já que abordam muito pouco este tema na faculdade e residência) até falta de interesse em apoiar e incentivar o aleitamento materno. Se o seu pediatra for atualizado sobre amamentação, o avise sobre sua decisão de amamentar os dois filhos ao mesmo tempo e comemorem a novidade juntos. Se ele não for do tipo atualizado, pense se vale a pena tocar no assunto com ele para não ser desanimada por ele na decisão.

6. Esteja preparada para outras pessoas que não compreendem ou não apoiam sua decisão por falta de informação.

Você pode receber críticas e comentários negativos por decidir amamentar dois ao mesmo tempo, por falta de informação e ignorância de muitas pessoas ao seu redor.
Você pode sentir a pressão de seu parceiro, familiares ou amigos para desmamar seu filho mais velho. Não se deixe abalar pela desinformação de terceiros. Os benefícios da amamentação para seu filho mais velho não terminaram ainda. A amamentação continuará a proporcionar muitos benefícios de saúde e desenvolvimento para seus filhos enquanto eles mamarem.

7. Não se esqueça de cuidar de si mesma

Se alimente de forma bem equilibrada, obtenha calorias extras e se mantenha hidratada sempre que sentir sede. Enquanto você estiver amamentando duas crianças, seu corpo vai precisar de mais energia.

8. Tente descansar e dormir sempre que puder.

Atender as necessidades de duas criaças já é bem cansativo, atender as necessidades de duas crianças que mamam no peito mais ainda. Se sentir esgotada por interferir nos seus planos e dificultar ainda mais o processo. Durma sempre que puder, aproveite cada minuto de sono que puder (mesmo que seja de dia), descanse, evite excessos, deixe casa e roupas para depois. Sempre peça ajuda de terceiros se puder. Faça uma lista de atividades para o parceiro poder te ajudar sem que você precise ficar pedindo todos os dias.

9. Tudo bem mudar de idéia, mas calma…

Pode ser que você perceba que esta difícil demais amamentar dois ao mesmo tempo e pense em desistir. Pode ser que você desanime no meio do caminho e se arrependa da decisão.

Sempre que uma mãe me aborda perguntando sobre o desmame, peço que ela se pergunte se desmamar irá solucionar os problemas dela. Geralmente ela se dá conta que amamentar em si não é o problema, mas sim a falta de ajuda e apoio em OUTRAS coisas do dia a dia.

Certifique-se de não estar sobrecarregada com outras coisas que não sejam a amamentação antes de tomar qualquer decisão e voltar atrás.

10. Sempre procure por ajuda de pessoas atualizadas e profissionais da área de amamentação.

Participe de grupos de amamentação, chame uma consultora de amamentação para te ajudar no começo se sentir que esta perdendo o controle da situação, vale muito a pena. Veja aqui: Quanto custa o leite artificial x uma consultora de amamentação.

Converse com outras mães que amamentaram em tandem, que conhecem os benefícios da amamentação e que também apoiem sua decisão. Estar ao lado de pessoas que tem o mesmo propósito que você te ajuda e encontrar aceitação, apoio e aconselhamento.

Amamentar seu filho mais velho junto com seu recém-nascido pode ser cansativo, mas também pode ser uma experiência gratificante.

Fontes: American Academy of Pediatrics. New Mother’s Guide To Breastfeeding. Bantam Books. New York. 2011.
Lawrence, Ruth A., MD, Lawrence, Robert M., MD. Breastfeeding A Guide For The Medical Profession Seventh Edition.  Mosby. 2011.
Riordan, J., and Wambach, K. Breastfeeding and Human Lactation Fourth Edition. Jones and Bartlett Learning. 2014.


Like it? Share with your friends!

2.8k shares

What's Your Reaction?

Uau Uau
0
Uau
Gostei Gostei
2
Gostei
Amei Amei
11
Amei
Ouwn Ouwn
4
Ouwn

Deixe um Comentário

comments

error: Este conteúdo é protegido pelas leis de direitos autorais, não copie, compartilhe. :)