Dor no umbigo na gravidez: porque acontece e como melhorar

Se você foi sorteada com mais este tipo de dor, fique calma. Existem formas de aliviar e lidar com a situação.2 min


dor no umbigo na gravidez

Existem uma variedade de desconfortos e a dor no umbigo na gravidez é um destes.

Além disso, a dor no umbigo na gravidez é uma daquelas dores das quais você sequer imagina que terá.

Vou sentir dor no umbigo na gravidez?

Nem todas as mulheres irão sentir dor no umbigo, outras sentem em uma gravidez e outra não. Saiba que este tipo de dor é comum e se inicia quando sua barriga começa a crescer.

>> Barriga de Grávida: com quantos meses começa aparecer e curiosidades

Principalmente durante o segundo trimestre ou terceiro.

O que causa a dor no umbigo?

Tudo depende da forma do seu corpo, da elasticidade da sua pele, do quanto sua barriga cresce e uma série de outros fatores. É preciso ter em mente que sendo frequente ou não, a dor no umbigo na gravidez não é perigosa e nem motivo para preocupação. Este tipo de dor desaparece depois do parto.

>> 10 verdades sobre o pós-parto

As causas mais comuns de você estar sentindo dor no umbigo na gravidez incluem:

1. Crescimento da barriga

Seus músculos e pele estão esticando ao máximo. Você poderá desenvolver estrias e coceira além desta dor.

>> Estrias na Gravidez: dicas para evitar e como tratar sua pele na gravidez

2. Piercing

Quando se engravida, o melhor a se fazer é retirar o piercing do umbigo. O furo do piercing não ficará bonito depois da gravidez, tenha isso em mente. Ele terá esticado e talvez até ganhado estrias. A pele na região vai ficar sensível, um pouco flácida e depois precisará ser tratada com muito carinho e atenção.

3. Pressão do útero

O útero vai crescer para comportar o bebê a placenta. Ele irá pressionar o interior do seu corpo e empurrar seu abdômen, junto com seu umbigo.

>> Placenta: o órgão que nutre e mantêm a vida do bebê

4. O umbigo “saiu para fora na gravidez”

O umbigo irá se projetar para fora da barriga com o esticamento da barriga. Ele poderá quase sumir de tão raso que ficará ou fará uma bolinha para fora.

A visão não é das mais agradáveis, mais saiba que ele voltará para dentro depois. Exatamente como antes? Não tenha muita certeza, nada mais será como antes depois que o bebê nascer.

Se prepare para grandes mudanças físicas e emocionais.

De qualquer maneira, essa situação pode contribuir para o desconforto que você possa sentir.

>> Um intenso primeiro mês de maternidade: quando o centro do universo agora é o bebê

5. Hérnia umbilical

A hérnia surge quando há muita pressão no abdômen. Apesar da condição não afetar apenas mulheres grávidas, elas tem  um risco em potencial devido as mudanças da gravidez.

Além da dor no umbigo, a hérnia pode causar inchaço na região ou vômitos. Informe seu médico sobre o problema.

6. Diástase pós parto

A diástase é uma separação dos músculos da barriga causada pelo esticamento e tamanho da barriga da gravidez. Ela pode causar dor nos músculos e no umbigo.

>> Diástase abdominal pós-parto: o que é e como tratar

Como aliviar a dor no umbigo?

  • Diminua a pressão na barriga dormindo de lado ou a apoie com travesseiros.
  • Use loções calmantes para a gravidez para aliviar a coceira e irritação.
  • Use faixas de apoio para barriga de grávida, além de aliviar dores nas costas irá diminuir a pressão no umbigo.

A dor no umbigo pode ir e vir a medida que a barriga cresce. Enquanto é um incômodo para muitas grávidas, para outras não parece ser um problema.

Saiba que assim que o bebê nascer, todo este incômodo irá passar.

>> Vai nascer: como se organizar para a chegada do bebê


Like it? Share with your friends!

What's Your Reaction?

Uau Uau
0
Uau
Gostei Gostei
1
Gostei
Amei Amei
7
Amei
Ouwn Ouwn
2
Ouwn
error: Este conteúdo é protegido pelas leis de direitos autorais, não copie, compartilhe. :)