Como saber se o bebê esvaziou o peito? Uma grande dúvida na amamentação

2 min


2.9k shares
Amamentação cruzada, como saber se o bebê esvaziou o peito

Nem sempre a mãe consegue identificar uma boa mamada e não tem como saber se o bebê esvaziou o peito.

E a verdade é que não tem como saber se o bebê esvaziou o peito da mãe simplesmente porque a mama nunca fica, de fato, “vazia”. O leite é produzido de forma contínua no peito e 80% deste leite, inclusive, é produzido durante a mamada. Lembra que o peito é fábrica e não estoque?

Talvez saber se o bebê esvaziou o peito se torne algo confuso justamente por que ela não quer dizer literalmente o que esta escrito. Na verdade significa: como saber se o bebê mamou o suficiente.

E saber se o bebê mamou o suficiente, também significa perceber sua mama. Olhar para o seu peito e tentar encontrar as diferenças que existem nele quando uma boa ordenha foi feita e quando isto não aconteceu.

No início da amamentação, a mãe praticamente não vai conseguir identificar estas diferenças de peito cheio e peito mais macio porque o peito esta quase sempre cheio. A produção esta a todo vapor e produzindo mais do que o necessário justamente para que não falte até que seu corpo entenda o quanto precisa produzir, de fato.

O ideal é tentar perceber se a mama esta com acúmulo de leite ou não, pois vazia, ela raramente fica. Quando o bebê não mama todo o acúmulo de leite da mama, elas continuam entumescidas e mais duras. As vezes é preciso ordenhar o excesso.

Quando o bebê mama o suficiente em uma mama, você tem a sensação de alívio com o peito mais macio e leve. Se você aperta um pouco esta mama ela não sai mais aquele jato de leite forte, mas sim algumas gotas.

Se ao tocar suas mamas você sentir que elas estão duras e com algumas áreas duras, significa que ainda tem bastante leite nesta mama. Dependendo, você pode dar a mesma mama para o bebê na próxima mamada primeiro e logo em seguida a outra.

Uma mama com o leite mais branco é a que provavelmente esta mais “vazia” e ainda precisa dar para mamar (esta é a parte do leite gorduroso). A mama com o leite mais transparente é o que está “enchendo” e pode ser deixada para a próxima mamada ou dada depois desta se o bebê ainda quiser mamar mais.

É sempre bom dar a mama que o bebê mamou por último e, depois de uns minutos, colocar o bebê no outro peito, assim você tem certeza que ele mamou tudo.

Não use aquelas técnicas de deixar o bebê mamar 20 minutos em cada mama, pois assim ele mama apenas o primeiro leite, que tem em sua composição mais água e anticorpos. É importante o bebê mamar tranquilamente em uma mama até ele mesmo indicar a você que quer mudar de mama, ou seja, até você perceber que esta mama esta mais vazia e é era hora de trocar.

Quando o bebê mamou bem em um peito, ele começa a reclamar nesta mama e assim que você o coloca no outro peito, ele volta a mamar tranquilo.

Ter a consciência de peito vazio e peito cheio é algo que você começa a ter logo, não demora muito tempo depois que se inicia o processo de amamentação em livre demanda.

Isto porque você passa a entender os hábitos de mamada de seu bebê, seu corpo passa a produzir de acordo com a demanda do seu bebê e caso ele “atrase” a mamada ou pule alguma, seu corpo sinaliza deixando o peito cheio e duro, que esta passando da hora de dar mamar.

Leia também:

 


Like it? Share with your friends!

2.9k shares

What's Your Reaction?

Uau Uau
0
Uau
Gostei Gostei
3
Gostei
Amei Amei
19
Amei
Ouwn Ouwn
4
Ouwn

Deixe um Comentário

comments

error: Este conteúdo é protegido pelas leis de direitos autorais, não copie, compartilhe. :)