Não consigo amamentar meu bebê. E agora?

3 min


417 shares
amamentação esta dando errado
amamentação esta dando errado

Não consigo amamentar meu bebê! Esta é a angústia de muitas mães.

Nossos números de aleitamento materno no Brasil, apesar de ser uma média alta comparada a outros países, ainda são números baixos quando se trata da saúde materno infantil, acontece que ninguém nunca pára pra pensar quando a amamentação esta dando errado.

E quando a amamentação esta dando errado, a maioria das mães e dos médicos recorrem ao milagroso e salvador leite artificial.

É certo que a idealização em torno da amamentação permeia os pensamentos da maioria das mulheres que vão se tornar mães ou das mães recém-nascidas. Afinal, elas foram condicionadas a pensar que amamentar é algo fácil quando dá certo e quando aparecem problemas no meio deste caminho é porque a amamentação esta dando errado.

O caminho do leite artificial parece ser sempre o mais fácil, apesar de deixar muita culpa por onde passa e muita frustração nas mães que não conseguiram e tiveram que recorrer a ele.

A frustração é tanta que só de promover o aleitamento materno e incentivar a amamentação, mães que não conseguiram se sentem atacadas, ofendidas e não entendidas.

O sentimento é genuíno.

Por vezes vejo mulheres falando: “das que não conseguiram ninguém fala nada” quando postamos artigos de informação e incentivo à amamentação.

O que muitas não percebem é que somente através da informação, do incentivo e do apoio elas vão conseguir. De repente em um próximo filho ou talvez ajudar uma mulher próxima a ela a conseguir, mesmo ela não tendo conseguido.

Em grupos maternos sinto tristeza quando percebo que mães estão inundadas em mitos e completa desinformação a respeito da amamentação e o quanto passam isso umas para as outras.

Recentemente em um grupo de mães ví uma mãe perguntando sobre “como aumentar a produção de leite materno” e uma inundação de comentários tentando ajudar aquela mãe surgiram como mágica.

Desde receitas caseiras de alimentos milagrosos, remédios e até cerveja preta (álcool).

Veja aqui porque isso é perigoso >> Álcool e amamentação: é seguro?

Percebi que o problema não era apenas com aquela mãe que estava com um bebê de poucos dias e insegura a respeito do seu leite, mas com todo um grupo de mulheres que acreditam nas coisas mais sem sentido para aumentar o leite materno. Deu tristeza.

Como se já não bastassem muitos médicos que nunca incentivam e nem apoiam. Que adoram receitar o leite artificial a qualquer mínimo sinal de problema com a amamentação.

Se você não consegue amamentar seu bebê, algum problema há. E pode estar relacionado a uma série de questões.

Desde má posicionamento do bebê, dificuldades de pega, insegurança no leite materno e na quantidade que se produz e até mesmo problemas orais no bebê.

Leia mais sobre outro problema aqui: O ciclo de problemas: chupeta, mamadeira e baixa produção de leite materno.

Resolver problemas relacionados a amamentação não é comer canjica, milho, chá da mamãe e etc, beber 4 litros de água e tomar remédios.

Isto não ajuda, atrapalha. Todas estas coisas, na realidade, nem deveriam ser tentadas porque não funcionam. É mito, é precipitação.

Amamentar não é fácil, mas pode dar certo. Quando a amamentação não esta dando certo, o melhor a se fazer é chamar uma consultora de amamentação experiente em casa, ir em bancos de leite e cobrar o pediatra.

Como cobrar o pediatra? Diga para ele “não quero leite artificial, quero que você me ajude a conseguir amamentar!” e se ele se negar, busque um mais capacitado para tal. Troque de pediatra, se possível.

Se informar e buscar fontes atualizadas a respeito do tema. Se preparar para amamentar sem idealizações de bebês rosinhas sem choro mamando.

Saber que seu peito pode rachar, ferir, a pega pode ficar errada e você vai ficar cansada, exausta, não vai dormir, mas saber que isto tudo tem jeito.

Amamentar pode ser o ato mais bonito que você irá fazer pelo seu filho e uma das provas mais intensas que uma mãe poderá passar, mas exige empenho, esforço, resiliência, desapego de si mesma e entrega.

>> Amamentar é entrega, dedicação e resiliência

Quando você se pegar dizendo: não consigo amamentar meu bebê, e agora? Calma, respire fundo.

Se você estiver tentando de tudo ao lado de profissionais capacitados, as chances de você conseguir serão enormes. Tenha paciência e persista.

E, mesmo que você não consiga, não se culpe, não se martirize, siga em frente. Use tudo o que você aprendeu no caminho para repassar para outra mãe e ajudar a se curar de sua história.

E principalmente, se a sua amamentação não deu certo, lembre-se que apesar de importante, a maternidade não se resume apenas a isto.

Leia também:


Like it? Share with your friends!

417 shares

What's Your Reaction?

Uau Uau
0
Uau
Gostei Gostei
0
Gostei
Amei Amei
1
Amei
Ouwn Ouwn
0
Ouwn
error: Este conteúdo é protegido pelas leis de direitos autorais, não copie, compartilhe. :)