Hiperêmese Gravídica: enjôo em excesso na gravidez

O problema pode atingir qualquer mulher em uma gestação, de risco ou não.2 min


Hiperêmese Gravídica

A presença de náuseas e vômitos intensos na gravidez tem nome: hiperêmese gravídica.

A hiperêmese gravídica é muito desagradável e pode levar a grávida a desidratação, perda de peso e desequilíbrio eletrolítico.

>> Enjôo na Gravidez: 12 dicas para aliviar os sintomas

A maioria das mulheres poderá sentir enjôos e náuseas nos primeiros meses de gestação. Eles fazem parte dos principais sintomas de gravidez.

>> Sintomas de Gravidez: os 10 sintomas mais comuns

Quando o problema se torna excessivo, intenso e dura mais tempo do que o esperado, ele é chamado de hiperêmese gravídica.

A hiperêmese é séria e pode ter consequências caso a gestante não seja acompanhada e tratada durante a gestação.

Causas

O rápido aumento dos níveis hormonais durante a gestação, principalmente do hormônio HCG, pode ser um dos causadores desta situação.

As náuseas leves no início da gestação são comuns. A hiperêmese gravídica é mais séria e menos comum.

>> HCG (Gonadotrofina Coriônica Humana): O Hormônio da Gravidez

A princesa Kate Middleton teve hiperêmese gravídica durante a gestação, precisando ficar internada sob cuidados médicos para tratar o problema.

Pelo menos 5% do peso corporal pode ser perdido durante o problema, além de náuseas e vômitos extremos.

Pode acontecer em qualquer gravidez, mas ocorre com maior frequência em mães de gêmeos. Mulheres que tiveram hiperêmese em gestações anteriores também pode ter novamente.

>> Diarréia na Gravidez: Causas e Tratamento

Sintomas da hiperêmese gravídica

  • Náuseas e vômitos persistentes durante a gravidez
  • Salivação excessiva
  • Perda de peso
  • Sinais de desidratação como urina escura, pele seca, fraqueza, tontura ou desmaio
  • Constipação
  • Incapacidade de ingerir quantidades adequadas de líquidos ou alimentos
Tratamento
  • Evitar os alimentos que causam náuseas e vômitos
  • Ingerir muito líquido para se manter hidratada
  • Em alguns casos é preciso ser internada para receber fluídos como soro e medicamentos para controlar as náuseas e tratar a desidratação
  • Coma e beba quando puder. Aproveite as ocasiões em que você se sente melhor para comer e beber
  • Faça lanches pequenos e freqüentes
  • Alimentos secos e macios, como biscoitos ou batatas podem ajudar
Sempre faça o acompanhamento de pré-natal e informe o médico sobre sua situação. Ele poderá indicar medicamentos seguros na gravidez que aliviem os sintomas e te orientar sobre a melhor forma de cuidar da saúde.
Algumas dicas para enjôos podem melhorar o seu dia aliviando os sintomas, de qualquer forma, quando se trata de hiperêmese gravídica, o acompanhamento médico é essencial.

Referências
Cappell MS. Gastrointestinal disorders during pregnancy. In: Gabbe SG, Niebyl JR, Simpson JL, et al, eds.
 Obstetrics: Normal and Problem Pregnancies. 7th ed. Philadelphia, PA: Elsevier Saunders; 2017:chap 48.

Gordon A, Platt J. Nausea and vomiting in pregnancy. In: Rakel D, ed. Integrative Medicine. 3rd ed. Philadelphia, PA: Elsevier Saunders; 2012:chap 52.

Kelly TF, Savides TJ. Gastrointestinal disease in pregnancy. In: Creasy RK, Resnik R, Iams JD, Lockwood CJ, Moore TR, Greene MF, eds. Creasy and Resnik’s Maternal-Fetal Medicine: Principles and Practice. 7th ed. Philadelphia, PA: Elsevier Saunders; 2014:chap 62.

Malagelada JR, Malagelada C. Nausea and vomiting. In: Feldman M, Friedman LS, Brandt LJ, eds. Sleisenger and Fordtran’s Gastrointestinal and Liver Disease. 10th ed. Philadelphia, PA: Elsevier Saunders; 2016:chap 15.


Like it? Share with your friends!

What's Your Reaction?

Uau Uau
0
Uau
Gostei Gostei
0
Gostei
Amei Amei
0
Amei
Ouwn Ouwn
0
Ouwn