Guia de Amamentação Para Pais: 5 Dicas úteis e práticas

Neste guia de amamentação para pais, todas as pessoas que estão ao redor da mãe podem aprender sobre como ajudá-la. 5 min


guia de amamentação, dia dos pais

Este guia de amamentação para pais, serve para todos da família que desejam apoiar uma mãe que amamenta.

Apesar do nome ser guia de amamentação para pais e servir basicamente para os parceiros da relação, qualquer pessoa pode usar estas informações para ajudar e participar do aleitamento materno.

Pais geralmente ficam perdidos em relação a qual é o seu papel quando se trata de amamentação e cuidados com o bebê. Muitas vezes, alguns se sentem deixados de fora da relação tão intensa entre mãe e bebê. Afinal de contas, a mãe é a única que pode amamentar. Por isso, este guia de amamentação pode te ajudar com dicas úteis.

No entanto, os pais possuem um papel tão importante quanto o ato de amamentar em si. Eles precisam cuidar do bem estar da mãe e do bebê de forma ampla e profunda para que, justamente, a amamentação aconteça de forma tranquila.

Um pai amoroso e cuidadoso é um fator importantíssimo na relação mãe e bebê e muitas vezes, este apoio possui grande peso sobre a decisão da mãe em continuar amamentando.

Pesquisas já mostraram que quando a mãe tem apoio e incentivo do parceiro, o mais provável é que ela seja bem sucedida na amamentação e que sua amamentação se prolongue por bastante tempo.

Ainda que amamentar seja exaustivo para a grande maioria das mães, ter apoio faz toda diferença, se tornando mais fácil este período. Além disso, é justamente o apoio que torna possível passar por problemas de amamentação. Muitas conseguem sem apoio, mas o percurso é ainda mais doloroso e difícil.

Ser um apoio para sua parceira durante a amamentação, significa que maiores serão os benefícios para mãe e bebê. E ainda, que você esta investindo na saúde da sua família a curto e longo prazo.

Guia de amamentação: como incentivar a amamentação e cuidar de mãe e bebê neste período

1 – Prepare-se

Aprenda sobre aleitamento materno, leia bastante sobre o assunto e fique por dentro de toda informação que você puder. Entenda os benefícios do aleitamento materno, assista aulas de amamentação junto com sua parceira, compre livros e veja publicações online sobre o assunto.

Quanto mais você souber, mais poderá ajudar. Se você chegou até aqui, esta no caminho certo. O Mãe Pop possui um acervo de artigos sobre amamentação que abrangem os mais variados temas de forma atualizada, baseada em pesquisas científicas e sem mitos.

Veja nossa aba de >> amamentação <<

2 – Seja solidário

Se a sua parceira decidiu amamentar, apoie esta decisão. Diga que você acredita nela e que irá ajudá-la. Tenha em mente que amamentar é aprendizado e ninguém nasce sabendo, não, não é instintivo como muitos nos fizeram acreditar.

Nos dias mais difíceis, encorajamento pode significar tudo. Uma mãe se sentirá muito mais confiante quando possui apoio dos mais próximos.

3 – Esteja disponível

Se for possível, tire férias do trabalho para passar este primeiro mês com a mãe e o bebê. Acompanhe o nascimento do bebê, esteja no hospital nos dias de internação. Faça perguntas aos enfermeiros, acompanhe todos os passos do bebê dentro do hospital e da mãe.

Leve água, dê comida na boca dela se preciso. Toda mãe precisa aprender a amamentar e comer ao mesmo tempo.

Faça o prato dela, fique com o bebê pra ela tomar banho (mesmo se o bebê estiver chorando, não se desespere e a chame correndo, deixe que ela termine o banho dela). São estas pequenas atitudes que tornam momentos difíceis e desafiadores, mais fáceis de superar.

4 – Seja útil

Coloque as roupas para lavar, cozinhe, cuide das outras crianças, faça mercado e administre a casa. Sua parceira não conseguirá fazer isso sozinha e isso nem é responsabilidade apenas da mulher, mas de todos que moram na mesma casa.

Tenha os números dos médicos, marque as consultas, organize as idas e vindas. Cuide de possíveis visitas ou impeça visitas indesejadas ou em horários complicados. Sempre pergunte para ela, se ela deseja e pode receber pessoas, não importa quem seja.

Sua parceira esta se curando do parto e aprendendo a amamentar. Isto não é uma tarefa fácil e exige muito física e emocionalmente.

5 – Seja cuidadoso e amoroso

Levante de madrugada para pegar o bebê e o leve até sua parceira para ela não ter que se levantar (pode amamentar deitada). Ajeite os travesseiros, ajude-os a achar uma posição confortável.

Pergunte para ela: o que mais posso fazer por você?

Se ficar ao lado dela durante a amamentação, converse com ela. Ajude-a a se distrair. Diga para ela que a ama, dê carinho e atenção. O pós parto é muito difícil, é como se ela tivesse de quebrado em pedacinhos e esta se reconstruindo pouco a pouco de novo.

Dê tempo para que ela se cure, não exija intimidade e nem cobre por isto. A atenção da mãe neste momento é para o bebê. O bebê de verdade. Seja adulto, seja o pai.

Como criar vínculo com o bebê que mama no peito

Alguns pais acreditam que se derem mamadeiras para o bebê, irão criar vínculo com o bebê. Saiba que dar uma mamadeira para seu bebê sem necessidade só irá prejudicar a amamentação e seu bebê. Há muitas outras formas de criar vínculo com o recém nascido sem prejudicar a amamentação.

Cuidar de um bebê envolve muito mais do que apenas alimentar. Você pode dar banho no bebê, niná-lo, trocar as fraldas.

Um bebê entende como amor, todo tipo de cuidado. Se quiser se vincular com um bebê, cuide dele. Da troca das fraldas ao banho, do colo acolhendo o choro a conversa.

Converse com seu bebê, dê colo para ele. Verifique as fraldas, dê banho, faça contato pele a pele com o bebê. Brinque com ele. Dê uma volta no quarteirão com seu bebê. Cante para ele.

O bebê acredita que ele e a mãe, são a mesma pessoa. Cuide da mãe, o bebê certamente te amará por isso.

Quando chegar o momento da introdução alimentar, após os 6 meses de idade, você também poderá alimentar o bebê.

A amamentação beneficia todos da família. Mãe e bebê com benefícios de saúde e a família como um todo, em benefícios financeiros. Por isso, se tiver problemas, investir em uma consultora de amamentação para vencer os desafios, vale mais a pena do que o desmame.

>> Quanto custa o leite artificial x uma consultora de amamentação

Mães que amamentam, dormem mais. Até 45 min a mais. Não parece muito, mas é alguma coisa para quem não anda dormindo nada, certo?

>> Mães que amamentam dormem mais a noite: até 45 min a mais

Além disso, há uma série de outros benefícios da amamentação a longo prazo. Seu filho ficará menos doente, o que diminuirá os custos com medicamentos e as idas ao hospital, além de uma série de outros benefícios.

Quando a amamentação não esta indo bem

Há diferenças entre ter problemas com a amamentação e querer continuar, para isto existem as consultoras de aleitamento, e não querer amamentar. É importante todos entenderem as diferenças, mãe a qualquer um que esteja ao lado da mãe.

Definido o que realmente se quer em relação a amamentação, aí você pode como apoiador, encorajar qualquer tipo de decisão que a mãe tenha tomado.

Referências para este guia de amamentação:
Avery AB, Magnus JH. Expectant fathers’ and mothers’ perceptions of breastfeeding and formula feeding: a focus group study in three US cities. Journal of Human Lactation. 2011 May;27(2):147-54.
Blomqvist YT, Rubertsson C, Kylberg E, Jöreskog K, Nyqvist KH. Kangaroo Mother Care helps fathers of preterm infants gain confidence in the paternal role. Journal of advanced nursing. 2012 Sep 1;68(9):1988-96.
Mannion CA, Hobbs AJ, McDonald SW, Tough SC. Maternal perceptions of partner support during breastfeeding. International breastfeeding journal. 2013 Dec;8(1):4.
Mitchell‐Box K, Braun KL. Fathers’ thoughts on breastfeeding and implications for a theory‐based intervention. Journal of Obstetric, Gynecologic, & Neonatal Nursing. 2012 Nov 1;41(6).
U.S. Department of Health and Human Services.  The Surgeon General’s Call to Action to Support Breastfeeding. Washington, DC: U.S. Department of Health and Human Services, Office of the Surgeon General; 2011. 


Like it? Share with your friends!

What's Your Reaction?

Uau Uau
0
Uau
Gostei Gostei
0
Gostei
Amei Amei
1
Amei
Ouwn Ouwn
1
Ouwn
error: Este conteúdo é protegido pelas leis de direitos autorais, não copie, compartilhe. :)