Fertilização In Vitro (FIV): Tudo o que você precisa saber

A fertilização não é indicada para dificuldades de engravidar sem que haja um problema de fertilidade.3 min


fertilização in vitro
Advertisements

A fertilização in vitro tem sido uma opção viável para mulheres que desejam engravidar e encontram dificuldades no caminho.

A fertilização in vitro é um conjunto de procedimentos complexos para fertilizar mulheres e ajudar na concepção de um bebê.

>> Concepção: como acontece o encontro entre óvulo e espermatozóide

Advertisements

O procedimento de fertilização in vitro consiste em coletar dos ovários os óvulos maduros e fertiliza-los em laboratório com o espermatozóide. Após esta etapa, o óvulo fertilizado é implantado novamente no útero materno.

É uma forma eficaz de tecnologia reprodutiva assistida. Seus próprios óvulos são usados junto com os espermatozóides do seu parceiro.

>> Quantos dias de atraso menstrual é considerado gravidez?

Outra opção são os doadores de óvulos ou espermatozóides anônimos.

As chances do bebê nascer saudável dependem de muitos fatores como idade e motivos da infertilidade.
Uma fertilização in vitro pode ser cara, demorada e invasiva. Pode resultar também em uma gravidez gemelar no caso de mais de um embrião implantado. No entanto, no caso de mulheres que desejam ser mães e possuem problemas de fertilidade, esta é uma opção totalmente viável e segura.

Quando a fertilização in vitro se torna uma opção?

A fertilização não é indicada para dificuldades de engravidar sem que haja um problema de fertilidade envolvido. Antes, outras alternativas são tentadas.

>> Como calcular o período fértil: conheça seu ciclo

Advertisements

Ela pode ser oferecida como tratamento primário para infertilidade em mulheres acima de 40 anos ou em condições de saúde que impedem a gravidez por vias naturais.

Também pode ser indicada nestes casos:

  • Problemas na trompas de falópio
  • Problemas de ovulação
  • Problemas nos ovários
  • Endometriose
  • Miomas uterinos
  • Laqueadura
  • Produção prejudicada de espermatozóides
  • Câncer ou outras condições de saúde
  • Infertilidade inexplicada

Riscos da fertilização in vitro

Todo procedimento envolve certos riscos. Somente o médico poderá avaliar caso a caso e verificar os riscos x benefícios do procedimento em cada caso.

  • Nascimentos múltiplos
  • Parto prematuro e baixo peso ao nascer
  • Síndrome de hiperestimulação ovárica (uso de drogas de fertilidade injetáveis pode causar a síndrome de hiperestimulação ovariana, na qual seus ovários ficam inchados e doloridos)
  • Aborto espontâneo
  • Complicações do procedimento de recuperação de ovo
  • Gravidez ectópica
  • Estresse (O uso da fertilização in vitro pode ser financeiramente, fisicamente e emocionalmente desgastante)

Como se preparar para a fertilização in vitro

Antes de iniciar o procedimento, vários exames em você e em seu parceiro são necessário, como:

Advertisements
Advertisements
  • Teste de reserva ovariana
    Determina a quantidade e a qualidade de seus óvulos. Testa a concentração do hormônio folículo-estimulante (FSH), estradiol (estrogênio) e hormônio antimulleriano no sangue.
  • Análise de sêmen
  • Rastreamento de doenças infecciosas
  • Exame da cavidade uterina

Quando você se decidir pela fertilização in vitro, antes de iniciar o processo, converse com o médico e se informe sobre questões importantes como:

  • Quantos embriões serão transferidos? 
  • O que você fará com qualquer embrião extra?
    Embriões extras podem ser congelados e armazenados para uso futuro por vários anos.
  • Como você vai lidar com uma gravidez múltipla?

>> Como engravidar de gêmeos: os mitos e a ciência

Como funciona a fertilização in vitro? Veja o vídeo

Fertilização In Vitro: Valor

A fertilização in vitro costuma ser muito cara. Em média R$ 5 a R$ 20 mil cada tentativa. As taxas para um ciclo de fertilização in vitro incluem medicamentos, procedimentos, anestesia, ultra-sonografias, exames de sangue, trabalho de laboratório e armazenamento de embriões.

Planos de saúde não cobre este tipo de procedimento.

Advertisements

Base de valores para todo o processo:

  • Relação sexual assistida: R$ 350,00 a R$ 600,00
  • Inseminação artificial: R$ 1,5 mil a R$ 3 mil
  • FIV clássica: R$ 10,5 mil a R$ 14 mil
  • FIV com inserção de esperma: R$ 11,3 mil a R$ 16,5 mil
  • FIV simplificada: aproximadamente R$ 5 mil
  • Tratamento da doadora de óvulo (no caso de usar uma doadora): R$ 15 mil a R$ 18 mil
  • Tratamento para o doador de esperma: R$ 8,3 mil a R$ 11,5 mil
  • Diagnóstico pré-implantacional (PGD): R$ 6 mil a R$ 20 mil

Fertilização in vitro gratuita pelo SUS

No Brasil são poucos os hospitais públicos que realizam o procedimento e é necessário entrar em uma lista de espera.

Hospitais para tratamento de infertilidade pelo SUS:

  • Hospital das Clínicas da Universidade Federal de Minas Gerais (Belo Horizonte/MG);
  • Hospital Materno Inf. de Brasília – HMIB (Brasília/DF);
  • Hospital das Clínicas (São Paulo/SP);
  • Hospital das Clínicas (Porto Alegre/RS);
  • Hospital de Clínicas (Goiânia/GO);
  • Hospital das Clínicas FAEPA (Ribeirão Preto/SP);
  • Maternidade Escola Januário Cicco (Natal/RN);
  • Hospital N. Senhora da Conceição – Fêmina (Porto Alegre/RS);
  • Instituto de Medicina Integral Prof. Fernando Figueira – IMIP (Recife/PE);
  • Centro de Referência da Saúde da Mulher São Paulo – Pérola Byington (São Paulo/SP);
  • Universidade Federal de São Paulo – UNIFESP (São Paulo/SP);
  • Faculdade de Medicina do ABC (Santo André/SP).
Advertisements

Advertisements
Advertisements

Like it? Share with your friends!

What's Your Reaction?

Uau Uau
0
Uau
Gostei Gostei
0
Gostei
Amei Amei
0
Amei
Ouwn Ouwn
0
Ouwn
error: Este conteúdo é protegido pelas leis de direitos autorais, não copie, compartilhe. :)