Amamentar faz o cabelo cair? Causas da queda e o que fazer

3 min


1k share
Amamentar faz o cabelo cair

Um problema comum para todas as mães e uma grande dúvida são as causas da queda de cabelo pós-parto e muitas acham que amamentar faz o cabelo cair.

Muitas mulheres associam a queda de cabelo com a amamentação. Mas amamentar faz o cabelo cair mesmo? A verdade é que a amamentação não é a causadora da queda de cabelo pós-parto.

A queda de cabelo pós-parto é um dos poucos sintomas comentados e por isso existe esta confusão a respeito da queda de cabelo e amamentação, pois as duas coisas acontecem na mesma época.

Causas da queda de cabelo pós-parto

Não há evidências de que a amamentação causa ou aumenta a queda de cabelo no período pós-parto.

Infelizmente, este é um sintoma que quase todas as mães vão experimentar. Embora esta condição possa se tornar extrema (chamada de alopecia pós-parto) algumas queda de cabelo são normais e parte natural dos sintomas do pós-parto.

A maioria das mães experimentará este sintoma em algum momento em torno de três meses pós-parto. Pode durar algumas semanas ou alguns meses, dependendo de quanto tempo seus ciclos do cabelo terminaram e começaram.

Muitas vezes mães se esquecem que o período do pós-parto dura alguns meses e não apenas alguns dias. Por isso, alguns sintomas como a queda de cabelo não é associada ao pós-parto.

Você pode ter notado durante a gravidez que seu cabelo parecia ótimo – mais cheio e mais vibrante do que em outros momentos. Uma das razões é que você provavelmente tomou vitaminas pré-natais, que ajudam nosso cabelo a ficar melhor. A outra razão é que quando você está grávida seu cabelo entra em um ciclo inativo e você perde menos cabelo. Isso é chamado de fase telógena. Eventualmente, seu cabelo vai para a próxima fase (eflúvio telogen) e cai.

Portanto, quando você tem bebê e percebe que esta perdendo todo o cabelo que não perdeu quando estava grávida, fica preocupada. A queda de cabelo e o nascimento de novos fios provavelmente serão mais aparentes na área acima de sua testa, nas famosas “entradas”. E se você ganhou um monte de cabelo extra quando estava grávida, a queda pode parecer bastante dramática, já que vai perder tudo aquilo que não perdeu durante a gravidez.

Como lidar com a queda de cabelo pós-parto

O que você pode fazer sobre isso?

  • Primeiro, respire fundo e lembre-se de que isso é normal. Em seguida, invista em um kit de fortalecimento para os fios que seja bom ou indicado por um cabeleireiro.
  • Compre faixas de cabelo e turbantes para tentar disfarçar a queda.
  • Faça divisões em zigue-zague nos fios para disfarçar as áreas que caíram mais cabelo.

Pergunte ao seu médico sobre a continuação de suas vitaminas pré-natais, especialmente se você está amamentando. As vezes, continuar tomando as vitaminas que você tomou na gestação, podem diminuir o problema.

Quando seu cabelo começa a crescer de volta:

  • Tente um corte de cabelo novo, em camadas talvez. Assim você disfarça os novos fios que estão crescendo e de quebra se sente revitalizada com um visual novo. Um novo corte de cabelo pode ajudar se você estiver sentindo-se com a auto-estima baixa no pós-parto, de qualquer maneira!
  • Se você estiver com muitos fios arrepiados e curtos na cabeça, resultado dos novos fios surgindo, um pouco de creme para pentear ou pomada para cabelos pode ajudar com isso. Eu usei muito pomadas para cabelos, são ótimas para deixar os fios no lugar sem deixar o cabelo com aquele efeito “duro” do gel.

Quando conversar com seu médico:

Se a sua queda de cabelo se tornar extrema ou você está perdendo grandes mechas de cabelo, consulte um dermatologista para verificar a queda.

Ocasionalmente a perda de cabelo é sinal de outras questões pós-parto, como o hipotireoidismo. O que é o meu caso, meu filho já tem 3 anos e meio, e minha queda de cabelo ainda não cessou, mas ela é motivo do hipotireoidismo que desenvolvi depois do parto.

Por isto consultar um endocrinologista também pode ser interessante, só para ter certeza que seus hormônios estão voltando ao normal novamente (os meus não voltaram). Então se você ainda está perdendo cabelo em torno do primeiro ano do seu bebê, converse com um médico. A perda de cabelo típica geralmente não é tão longa no período pós-parto.

Leia também:

Fontes: Gjerdingen, D. K., Froberg, D. G., Chaloner, K. M., & McGovern, P. M. (1993). Changes in women’s physical health during the first postpartum year. Archives of Family Medicine, 2(3), 277.
Lynfield, Y. L. (1960). Effect of Pregnancy on the Human Hair Cycle1. Journal of Investigative Dermatology, 35(6), 323-327.
Piérard-Franchimont, C., & Piérard, G. E. (2001). Teloptosis, a turning point in hair shedding biorhythms. Dermatology, 203(2), 115-117.


Like it? Share with your friends!

1k share

What's Your Reaction?

Uau Uau
0
Uau
Gostei Gostei
10
Gostei
Amei Amei
2
Amei
Ouwn Ouwn
1
Ouwn

Deixe um Comentário

comments

error: Este conteúdo é protegido pelas leis de direitos autorais, não copie, compartilhe. :)