Tempo de leitura deste artigo:6 minutos

Existem uma série de produtos que ajudam na amamentação, ou melhor dizendo, que prometem ajudar, quando na verdade atrapalham.

Toda lista de hospital para itens que precisam ser levados na internação, eles estão lá, o famosos “produtos que ajudam na amamentação” mas que na verdade, você não vai precisar para amamentar. As vezes ficamos dependentes de alguns produtos por achar que eles podem facilitar o processo, mas isto é uma ilusão e as vezes eles mais atrapalham do que ajudam.

Conchas para seios

As conchas nem sempre são bons itens para se usar, elas tem a fama de fazer bico para o bebê mamar, mas hoje sabemos que até mesmo uma mãe com bico plano tem plena capacidade de amamentar simplesmente através da pega correta, sem a menor necessidade ter bico já que o bebê ordenha o leite na aréola e não no bico. Veja aqui: Como fazer a pega correta para amamentar e aqui: Tipos de mamas e amamentação

As conchas podem ser responsáveis por causar fungos e bactérias nos bicos por causa do leite acumulado dentro delas. Este leite entra em contato com o ar e acaba proliferando bactérias. A longo prazo a limpeza adequada das conchas tornam-se quase impossíveis já que a parte de silicone que fica em contato com a mama acumula gordura do leite materno e não sai mais.

Elas também podem pressionar demais a região e cortar a circulação de sangue e leite, causando problemas mais sérios.

E ainda atrapalham o ajuste de produção de leite materno porque enquanto você utilizar a concha de amamentação, seu peito vai ficar vazando leite o tempo inteiro.

Absorventes para seios

Os absorventes tem o mesmo problema que as conchas na questão de proliferação de bactérias e possível contaminação da mama por fungos,  com o agravante de que eles abafam as mamas e podem grudar em bicos feridos.

O ideal é restringir o uso do absorvente para quando se sai de casa e trocá-lo num curto espaço de tempo, conforme informa a embalagem.

Dentro de casa a melhor opção é usar fraldas para conter os vazamentos de leite durante o dia e a noite, por elas poderem ser lavadas e trocadas com frequência e se tornam uma opção mais higiênica e segura.

Bicos intermediários “para ajudar na pega ou a formar bico”

Coloquei entre aspas propositalmente porque isso não é verdade, ok? Como dito anteriormente sobre as conchas, uma boa pega e informação dá conta de ajudar uma mulher com bico plano a amamentar normalmente.

Os bicos intermediários são bicos artificiais e podem causar confusão de bicos, bem como problemas mais graves como interferir no ganho de peso do bebê, já que para sugar a mama com este acessório o bebê faz um esforço muito maior. Não vale a pena.

Mesmo no caso em que a mãe acha que este tipo de bico protege o bico dela das fissuras, é uma ilusão pensar assim porque ele piora a gravidade das fissuras e por isso é melhor manter distância deles. Veja aqui mais problemas com bicos: Chupetas e mamadeiras: um incômodo para mães e bebês

Compressas para mamas (quentes ou frias)

Elas não entram especificamente em uma categoria de “produtos” que você compra, mas entram em técnicas que se usam para ajudar tanto a diminuir a produção ou aumentar a produção de leite, aliviar ingurgitamentos mamários ou ajudar na ordenha. Acontece que as compressas, tanto quente como frias, podem causar efeito rebote, ou seja, dar o efeito oposto ao esperado e piorar a situação da mãe que as usa.

Existe um período para uso de 15 minutos, no máximo, ou esquemas de uso alternados, no entanto, muitos profissionais de aleitamento materno estão hoje abandonando esta técnica até mesmo com tempo programado e usando outras técnicas mais efetivas para resolver tanto o ingurgitamento mamário quanto o excesso de leite no peito, bem como ensinando as mães sobre as técnicas corretas para ordenha de leite materno.

Não use compressas para nada, nem quente, nem fria, principalmente se você estiver sozinha e não entender de manejo clínico em amamentação. Além de tudo, elas não tem comprovação científica alguma que possuem vantagens no uso. O uso só pode ser decidido e acompanhado por um profissional qualificado em aleitamento materno, caso necessário.

Não é aconselhado usar também folhas de repolho ou outros, saquinhos de ervilha congelado entre outras coisas e/ou comidas que as pessoas indicam para colocar nas mamas. Sem comprovação científica alguma e nunca foram uma técnica de profissionais de aleitamento materno sérios. Passe longe das dicas e simpatias do senso comum, eles podem piorar sua vida na amamentação em vez de melhorar.

As famosas pomadas à base de lanolina

Na realidade não servem para nada. São desnecessárias simplesmente porque passar o próprio leite materno no bico e pegar um pouco de sol leve já é o suficiente para ajudar a passar o desconforto inicial com a amamentação.

Para bebês que tem dificuldades em fazer a pega corretamente, as pomadas são um grande problema porque tornam a área escorregadia e ele tem mais dificuldades para aprender a pegar corretamente a mama.

A mama possui os tubérculos de montgomery

Que nada mais são do que glândulas sebáceas que fabricam uma solução antisséptica e oleosa que lubrificam as mamas durante a sucção. Falei mais sobre eles aqui: Tubérculos de Montgomery: a pomada natural da amamentação.

É importante ser cautelosa com listas que pedem coisas que geralmente atrapalham mais do que ajudam na amamentação e ter moderação no uso destes itens em situações específicas. Além de não tentar fazer o uso de técnicas que precisam de acompanhamento profissional, sozinha em casa, principalmente se você estiver em um momento de desespero e precisando de ajuda. O ideal é sempre procurar um banco de leite humano ou chamar uma consultora de aleitamento em casa.

Deixe um Comentário

comments