Bebê que mama pouco: ele pode passar fome?

4 min


274 shares
Bebê que mama pouco

Enquanto algumas mães se preocupam se o bebê mama demais, sua maior preocupação é ter um bebê que mama pouco.

A grande questão é: o que é um bebê que mama pouco? O que é mamar demais? Geralmente bebês mamam de 3h em 3h ou menos. Alguns podem mamar com intervalos de 2h, 1h…não há uma regra.

O mais importante a se reparar é se o bebê esta ordenhando leite materno suficiente quando vai ao peito e se sentindo saciado após as mamadas.

Pois bem, seu bebê mama bem, se sente saciado, mas você acha que ele mama pouco. Ou seja, diferente da maioria que não fica pendurado o tempo inteiro no peito como algumas mães contam. (os dois tipos são bebês dentro na normalidade de comportamento).

Um bebê que mama pouco pode ser assim por algumas razões e vou listar as possíveis situações para que você fique tranquila e/ou tente encontrar soluções para resolver seu problema com as mamadas.

O que é um bebê que mama pouco?

Nossas expectativas em relação a amamentação são diferentes e por isso, talvez o mamar pouco para você seja o normal entre a maioria dos bebês, mas vou ser sincera, isso depende também da idade do seu bebê.

Se o seu bebê é um recém-nascido:

Ele provavelmente deveria estar mamando com intervalos máximos de 3h horas ou menos. Caso ele não faça isso, é importante verificar com o pediatra se o seu ganho de peso e crescimento estão adequados, se ele esta fazendo a pega corretamente e ordenhando o que precisa de leite ou se há qualquer outra situação que precise uma maior atenção.

Já ví mães comentando que seus bebês passaram 4h ou mais durante o dia sem mamar, e isto realmente não deve ser visto como algo habitual.

Livre demanda significa também que, caso seu bebê não solicite o peito, você mesma o pegue e ofereça. Então, se o seu bebê é um recém-nascido e tem menos do que 6 meses, não deixe que ele passe mais de 3h sem mamar e sempre ofereça o peito.

Se ele esta com dificuldade de ganhar peso, ofereça o peito em intervalos menores ainda. Dê 2h em 2h por exemplo.

E de noite? Não precisa acordar o bebê para mamar de noite se ele esta ganhando peso adequadamente e mama bastante durante o dia. Saiba mais sobre isto aqui: Precisa acordar o bebê para mamar e quais os sinais de fome no bebê?

Se o seu bebê acaba de iniciar a introdução alimentar:

É provável que alguns bebês quando iniciam a introdução alimentar diminuam a quantidade de vezes que mamam no peito e, apesar de isto não ser o que a maioria dos bebês fazem, esta tudo bem. Principalmente se o bebê esta aceitando bem a descoberta de novos alimentos e se divertindo com essa nova fase de experimentação.

Você pode continuar oferecendo o peito e esperar até que a novidade da nova alimentação passe em paz, logo eles voltam a rotina de mamadas normais.

Lembre-se: não precisar esperar um tempo depois da alimentação do bebê para que ele mame. Leite materno não interfere na absorção de ferro e escrevi mais sobre isto aqui: Leite materno interfere na absorção de ferro?

4 razões para ter um bebê que mama pouco:

1. Comportamento do bebê

Alguns bebês se satisfazem rapidamente no peito. Ordenham o que precisam e tem espaçamentos maiores de mamadas, isto é normal. Enquanto outros mamam aos poucos várias vezes, estes bebês podem ficar um longo período mamando e demorar mais para solicitar o peito.

Se a saúde do bebê esta ok, não tem porque se preocupar. Leia mais sobre tipos de bebês na amamentação aqui: Comportamento de seu bebê quando mama: diferenças entre bebês

2. Bebês que usam chupetas ou mamadeira

Quando o bebê passa muito tempo sugando uma chupeta, ele pode se cansar. Além de todos os malefícios dos bicos artificiais como desmame precoce causado pela confusão de bicos, entre os malefícios para a saúde do bebê, o excesso de sucção na chupeta cansa. E um bebê cansado, não quer saber de mamar para ordenhar leite do peito. Além disso, ele pode ter mais dificuldade para fazer a pega correta, já que sugar no bico é diferente de sugar no peito, e desistir de mamar.

Portanto, se o seu bebê esta mamando pouco e usa chupeta, deixe de usar que as coisas melhoram. Se ele faz uso de mamadeira, talvez ele esteja ficando cheio demais e não sinta mais fome. Neste segundo caso vale a pena conversar com o pediatra para tentar reduzir o leite artificial e investir mais no peito ou chamar uma profissional de aleitamento em casa para fazer a transição da mamadeira apenas para o peito com a translactação.

Lembre-se: mamadeiras e chupetas causam confusão de bicos a longo prazo e podem fazer com quê o bebê largue o peito de forma abrupta ou lentamente, independente da idade dele.

3. Bebês com alguma disfunção oral ou problema de saúde

Verifique a saúde geral de seu bebê e tenha certeza de quê ele esta bem. Converse com o pediatra a respeito. Crianças com doenças mais sérias que poderiam interferir na amamentação, geralmente os pais já saem da maternidade sabendo a respeito.

Verifique se há alguma dor física no bebê após o nascimento como dores de ouvido, possíveis hematomas ou dores musculares após um nascimento difícil, etc. As vezes o bebê esta sentindo dor e não consegue mamar direito. É sempre bom verificar e garantir que não seja este o motivo.

4. Bebês que não estão conseguindo fazer a pega correta

Se o bebê tem dificuldade para pegar o peito e ordenhar leite, ele vai se cansar. E vai ficar irritado e nervoso. Pode começar a rejeitar o peito pelo cansaço e estresse que não conseguir mamar direito causa nele. Verifique a pega e ajude seu bebê a mamar direito. Se você não conseguir fazer isso sozinha, chame uma profissional de aleitamento em casa ou vá até um banco de leite humano.

Veja aqui: Como fazer a pega correta para amamentar seu bebê

Ter um bebê que mama pouco pode te deixar preocupada e muito confusa, afinal, enquanto mães dizem que seu filhos mamam demais o seu parece ser desinteressado. As vezes, a mãe com um bebê que mama pouco se sente um pouco rejeitada pelo bebê.

Não se sinta assim. Entenda que cada bebê é de um jeito e se não há nada que esteja dificultando a mamada para seu bebê e ele esta bem de saúde, ganhando peso normalmente, esta tudo bem. Entenda que este pode ser o jeitinho dele. Mas não se engane, ele pode mudar este comportamento a qualquer momento e começar a querer mamar mais.

Geralmente isto acontece em momentos difíceis da vida do bebê como nascimento dos dentes, picos e saltos de desenvolvimento, entre outras situações. E quando isto acontecer, cuidado para não confundir com pouco leite, apenas como uma mudança no comportamento.

Leia também:

 

 


Like it? Share with your friends!

274 shares

What's Your Reaction?

Uau Uau
0
Uau
Gostei Gostei
0
Gostei
Amei Amei
1
Amei
Ouwn Ouwn
2
Ouwn

Deixe um Comentário

comments

error: Este conteúdo é protegido pelas leis de direitos autorais, não copie, compartilhe. :)