Fenômeno de Raynaud nas mamas: o que é e como tratar

2 min


525 shares
Fenômeno de Raynaud

Fenômeno de Raynaud nas mamas é um assunto pouco comentado mas que pode acontecer com várias mães que amamentam.

Fenômeno de Raynaud trata-se de uma isquemia intermitente das extremidades, normalmente nos dedos e pés, porém, há casos onde o problema afeta mulheres que amamentam, com sintomas nas extremidades dos mamilos.

O Fenômeno de Raynaud afeta principalmente as mulheres. Cerca de 22% das mulheres entre 21 e 50 anos podem sofrer com o problema tanto durante a amamentação quando em qualquer outra época da vida, neste último caso, afetando outras áreas do corpo.

Quando há o vasoespasmo do mamilo, os sintomas podem aparecer durante ou depois da amamentação e até mesmo entre as mamadas, podendo piorar em épocas frias.

Geralmente o Fenômeno de Raynaud pode ser confundido com candidíase nas mamas e acaba sendo tratado com antifúngicos sem necessidade. O vasoespasmo pode durar desde alguns minutos até algumas horas. Ele pode surgir pela falta de circulação adequada do sangue, ocasionada pelo uso de medicamentos (anticoncepcionais orais podem causar também) e até deficiência de algumas vitaminas.

Geralmente uma mãe que sofre com o problema nas mamas, pode já ter passado pelo mesmo problema em outras áreas do corpo em outros momentos da vida.

Eu mesma, já apresentei os sintomas do Fenômeno de Raynaud durante a minha vida e no fim da amamentação, tive alguns episódios nas mamas, que duraram principalmente em um momento de vida bastante estressante.

O que significa que o problema pode se intensificar não apenas no frio, mas também quando estamos passando por muito estresse.

Sintomas do Fenômeno de Raynaud nos mamilos:

  • Mudança de cor nos mamilos (o mamilo pode ficar esbranquiçado, azulado ou vermelho mas volta a cor normal algum tempo depois)
  • Dor intensa e frequente após a mudança de cor dos mamilos
  • Podem haver bolhas, fissuras ou úlceras de evolução complicada

Como melhorar e tratar:

  • Evitar exposição ao frio e ao cigarro (a nicotina piora o problema)
  • Corrigir a pega do bebê caso seja necessário (as vezes, o trauma de uma má posição pode desencadear o problema)
  • Pode ser necessário o uso de medicamento, consulte seu médico a respeito (no entanto, o uso de medicamentos para o Fenômeno de Raynaud não tem embasamento científico e só recorre-se a medicação em casos graves e sem melhora alguma depois de outros tratamentos)
  • Não usar chupetas, mamadeiras e bicos intermediários, pois ao prejudicar a pega do bebê, o problema pode ser desencadeado.

Leia também:


Like it? Share with your friends!

525 shares

What's Your Reaction?

Uau Uau
0
Uau
Gostei Gostei
0
Gostei
Amei Amei
1
Amei
Ouwn Ouwn
0
Ouwn

Deixe um Comentário

comments

error: Este conteúdo é protegido pelas leis de direitos autorais, não copie, compartilhe. :)