Tempo de leitura deste artigo:3 minutos

Seu filho chegou aos 3 anos de idade e não pára mais de falar?

Até pouco tempo sua preocupação maior era se ele ia falar ou não e mais, sobre o quanto isto estava demorando. Como num passe de mágica e sem que você perceba os 3 anos de idade chegaram com muito blá,blá,blá e muita cantoria!

É pergunta que não acaba mais, cantoria pela casa, histórias malucas sem sentido e até misturadas com uma dose de verdade. Sinceridade que não tem fim.

mamãe, quando você era “maguinha”, aí…(magrinha)

Um mundo novo cheio de novas palavras, até meio erradas. Continua tudo uma graça. Raciocínios que deixariam cada um de cabelo em pé. Histórias sem pé nem cabeça mas muito engraçadas. E nem me venha falar em terrible three, pelo amor de Deus, parem com isso de terrível!

É maravilhoso. É wonderful two, wonderful three, wonderful life!

São só 3 anos e meio por aqui, mas muita conversa e cantoria. É um pula-pula sem fim, corridas apressadas pra lá e pra cá. Daquele tamanho, pouco menos de 1 metro de altura, as vezes é a casa que se torna pequena. Todos os cantos, até aqueles bem escondidinhos são inundados com tanta energia e alegria.

Se seu filho é como o meu e você não dá conta de tanto, parabéns. Ele é feliz e saudável.

Tudo o que uma mãe mais quer para um pequeno “curió” que não esta neste mundo a passeio.

Aqui em casa não tem como reclamar nem quando ele fica irritado, é uma graça o protesto.

sá cega, zenti!” (já chega, gente!)

Virei mãe, tradutora e interprete do meu pequeno explorador de mundos, Batman, Power Rangers, Homem-Aranha, Flash, o mais rápido de todos e expert em brincadeira.

E no meio disso tudo ainda ganho os bônus dos bônus em palavras sinceras:

“Eu te amo, mamãe”
“Eu também te amo, mamãe”
“Você é meu amor”
“Como você é cheirosinha, mamãe”
“Bom dia mamãe, eu acordei!”

Se você se derreteu aí, imagina eu ouvindo isso tudo todo santo dia. Sou a manteiga derretida em pessoa. Esta explicado o motivo da gente estar sempre a flor da pele, cheias de emoção que transbordam lá do fundo até quando vê um abraço na TV. É muito amor recebido.

Sem pedir nada em troca, os 3 anos são assim: aquela hora de colocar pra fora com muito blá,blá,blá e lá,lá,lá o quanto nós mães somos importantes pra eles. Afinal, eles ficaram 3 anos esperando pra aprender a falar este montão de coisa, faz sentido tanta pressa agora.

Leia também:

Deixe um Comentário

comments