Relacionamento depois dos filhos: como fica o casal

3 min


27 shares
Sexo depois dos filhos

Existem uma série de relatos de que o relacionamento depois dos filhos muda.

Geralmente os problemas de relacionamento depois dos filhos são sempre atribuídos a amamentação, rotina, cansaço e falta de tempo para o casal.

As queixas são inúmeras. O relacionamento, principalmente sexual muda e muito para a grande maioria dos casais e isto por vezes se torna um desafio para o casal superar tanto no período pós-parto quanto até mesmo mais de 1 ou 2 anos depois do nascimento do bebê.

>> Como ter um casamento feliz depois dos filhos: 7 dicas de amor e parceria

Existem duas formas dessa relação mudar e vamos tratar de cada uma delas neste texto.

A primeira é quando a mulher não esta interessada e isto pode acontecer por diversos motivos.

Tanto hormonais quanto em relação ao cansaço físico e mental que cuidar de um bebê demanda, principalmente da mãe e mais ainda quando ela não tem ajuda com os cuidados com o bebê.

>> 5 atitudes de casais felizes: coloque em prática em casa com seu amor

A segunda situação é quando o marido se mostra desinteressado pela mulher.

A causa pode ser também a mudança de rotina e vida com a chegada do bebê, questões psicológicas que envolve ciúme da criança e perda de espaço na vida da mãe ou a forma como ele passa a enxergar a mulher depois que ela vira mãe.

“O nascimento do bebê provoca no casal conflitos inconscientes e regressões. Há uma tendência ao afastamento temporário do casal, inclusive em termos sexuais até que o bebê seja assimilado.” (Adolfo Paulo Bicalho Lana, 2001).

Para todos os casos há solução, principalmente para os casais que se amam e desejam continuar juntos.

>> Apoio na amamentação: o papel da família para mãe e bebê

1. Quando ela não esta interessada

Alguns fatores contribuem e muito para que a mulher, principalmente, seja uma das menores interessadas em fazer sexo com o parceiro e isto acaba promovendo um afastamento natural do casal, ainda que venha apenas por parte de um.

O parceiro quando deseja a mulher encontra uma mãe cansada com a rotina de cuidados com o bebê, com o períneo sensível (principalmente se tiverem feito uma episiotomia ou uma cicatriz de cesárea dolorida (7 camadas de pele costuradas internamente!) e, com baixos níveis de estrogênio no pós-parto que causam um secamento da lubrificação vaginal tornando o ato sexual por vezes doloroso.

Além de ser comum que a mulher-mãe tenha conflitos inconscientes a respeito do sexo como prazer.

A insegurança com o novo corpo pós-parto, medo de sentir dor, ansiedade e culpa por se sentir apenas mãe e não mais mulher podem aumentar estes problemas.

O ideal é que a mãe, além de ter as responsabilidades divididas igualmente com o parceiro e a ajuda de outras pessoas com os cuidados com o bebê, esteja confiante e segura quanto a sua relação com o corpo pós-parto.

Segura em relação aos sentimentos existentes entre ela e seu parceiro e conheça seu corpo.

Você precisa fazer sexo se não quiser? Não. Nunca.

Mas você precisa saber que pode fazer se quiser e que pode ser bom se estas questões mencionados aqui estiverem em harmonia, bem como outras questões que esteja apenas dentro de você e lhe seja muito particular.

2. Quando ele não esta interessado

Após o nascimento, o parceiro tende a regredir e se sentir excluído do binômio mãe-filho.

As vezes, alguns parceiros só conseguem enxergar a mulher como mãe de seu filho e isto tende a afastá-lo também até que ele se sinta mais confortável em seu papel de pai e perceba que as relações são diferentes.

Que não trocamos a mulher pela mãe e nem o homem pelo pai, mas que adicionamos a estes elementos antes singulares, características novas.

Se tornar pai não significa deixar de ser marido. São relações diferentes e é preciso maturidade e tempo para poder assimilar estas diferenças.

Por outro lado, se o desinteresse do parceiro diz respeito ao corpo da mãe que amadurece após o parto, vale repensar esta atitude. Ambos.

Se o desinteresse diz respeito ao cansaço da mãe no pós-parto, para os homens que me lêem dou a dica: Provavelmente você deve estar participando dos cuidados com o filho muito pouco e ela esta sobrecarregada.

Participe mais! E você verá o humor dela melhorar com você bem rápido.

>> Mudanças no corpo pós-parto e auto estima

O relacionamento amoroso é importante para o casal, pois os aproximam, lhes dão intimidade e cumplicidade.

A relação representa uma doação mútua, uma forma do casal assegurar o seu amor um pelo outro. O desejo nada mais é do que uma forma não verbal de expressar a importância que se tem pelo parceiro ou parceira.

É uma das formas de se sentir amado e autoconfiante.


Like it? Share with your friends!

27 shares

What's Your Reaction?

Uau Uau
0
Uau
Gostei Gostei
1
Gostei
Amei Amei
0
Amei
Ouwn Ouwn
0
Ouwn
error: Este conteúdo é protegido pelas leis de direitos autorais, não copie, compartilhe. :)