Tempo de leitura deste artigo:5 minutos

Casais felizes vivem mais tempo juntos e sua vida prospera em todos os sentidos.

Se você espera que você e seu parceiro(a) sejam como aqueles casais felizes que você vê desfilando por aí como se nada fosse um problema em suas vidas, saiba que isto não esta tão longe de alcançar quando os dois querem o mesmo.

Você e seu parceiro(a) podem saborear as alegrias simples da vida juntos, trabalhar em prol de metas compartilhadas e criar significado e propósito um para o outro.

Ainda que seu relacionando esteja navegando em um mar tedioso ou esteja tentando resistir a tempestades diárias, nestas 5 dicas sobre os hábitos dos casais felizes você vai entender como pode ser simples ter qualidade e saúde em seu relacionamento.

1. Expressem sua gratidão um com o outro

Muitas vezes ficamos tão estressados com o dia a dia que transmitimos este estresse ao parceiro(a) nos esquecendo que na verdade há ali um porto seguro e não um saco de pancadas. Deixe o seu estresse onde ele precisa estar, no que o causou e não o desconte no parceiro(a). Seja grato por ter ao seu lado alguém em quem se pode confiar, desabafar os problemas e tentar achar juntos soluções. Não deve haver inimigos dentro de casa.

Expressar e receber a gratidão do seu parceiro(a) pode ser um fator chave em um relacionamento saudável.

Em meio ao caos diário, busque um tempo para expressar sua gratidão ao seu parceiro. Mesmo nas pequenas coisas, como quando ele(a) faz sua refeição favorita ou conserta algo quebrado na casa dos dois, bem como nas coisas grandes, como mostrar o quanto algumas características do parceiro(a) são boas para sua vida.

2. Priorize o relacionamento a dois acima das necessidades individuais

Todos nós sabemos que isso não nos leva longe de criar um relacionamento comprometido com outra pessoa. Quando você quer algo, mas sabe que seu desejo é susceptível de causar conflito com o seu parceiro(a), tente ter uma terceira perspectiva: o relacionamento. Ao dar “a relação” uma personalidade e um nome, você cria seu próprio conjunto de prioridades.

A próxima vez que você se sentir frustrada com uma decisão tomada por seu parceiro(a), decida se abordar a questão é produtivo para o relacionamento.

Priorizar o relacionamento sobre as necessidades de cada indivíduo permite que a relação (e, finalmente, ambos os parceiros) prosperem.

3. Reconhecer suas diferenças

As diferenças entre você e seu parceiro(a) podem criar atritos às vezes, mas também são o que torna seu relacionamento rico. Identificar duas ou três das qualidades ou traços que você realmente respeita e admira em seu parceiro e que você pessoalmente não compartilha.

Nomeie os pontos fortes: honestidade, atenção, generosidade ou curiosidade. E quando você o vê agindo a partir de um desses pontos fortes, note como você aprecia o que faz os dois serem diferentes e diga ao parceiro(a). Ofereça um elogio genuíno. Busque a ajuda do parceiro(a) quando você perceber que aquela atividade seria melhor empenhada por alguém com determinadas qualidades e diga.

4. Resolva os conflitos de forma construtiva

Casais entram em conflitos o tempo inteiro, isto é normal na relação. A diferença dos casais mais felizes é como eles resolvem estes conflitos. Casais felizes evitam 4 comportamentos quando estão em um conflito:

Críticar: quando as queixas sobre comportamentos específicos (que é comunicação saudável) se voltam para a crítica global sobre o caráter de uma pessoa.
Desprezar: quando jogamos socos verbais em nosso parceiro(a) com a intenção de insultar.
Ficar na defensiva: quando respondemos dando desculpas e negando a responsabilidade e deixamos de trabalhar para entender a perspectiva do outro.
Ser frio e sem reação: quando desistimos de responder aos argumentos e, em vez disso, permanecemos em silêncio, desviamos o olhar ou nos afastamos.

Evite isso e trabalhe de forma construtiva nas queixas, ouça as perspectivas uns dos outros de forma empática e tire uma pausa de 20 minutos da conversa se as coisas estiverem ficando muito aquecidas para se acalmar e repensar.

5. Sejam unidos

As melhores relações nos oferecem uma chance de experimentar o melhor da vida em comunhão com outra pessoa. Compartilhar experiências faz com que os casais ganhem vida. E criar uma história de momentos positivos liga as relações.

Quando seu parceiro(a) tem boas notícias para compartilhar ou está animado para lhe dizer algo, a maneira como você responde importa. Preste atenção a esses momentos de felicidade em seu parceiro(a) e capitalize sua emoção positiva, ouvindo a conversa e sendo autenticamente interessada.

Além de falar sobre coisas boas, compartilhar experiências positivas em conjunto cria um ponto focal no seu relacionamento. Definir metas em conjunto e incentivar uns aos outros para o sucesso.

Criar rotinas em que você e seu parceiro são capazes de participar para desfrutar momentos juntos, ainda que seja em uma café da manhã em família ou fazendo as atividades dos cuidados com os filhos juntos.

Leia também:

Deixe um Comentário

comments