Mães guerreiras que lutam pela vida

2 min


Mães guerreiras que lutam pela vida
Mães guerreiras que lutam pela vida

Gratidão às mães guerreiras que lutam pela vida de seus filhos!

Geralmente as mulheres são mais sentimentais que os homens, talvez por isso a antiga e já superada fama de sexo frágil. Porém, parece ganhar cada vez mais adeptas a tese de que após a maternidade nossos sentimentos ficam muito mais aflorados. Basta vermos uma cena que envolva qualquer desconforto principalmente à crianças que vamos aos prantos.

Nos últimos dias, mais precisamente no sábado e hoje ao meio dia assisti pela televisão o drama de mães que acompanham seus filhos doentes internados em instituições de saúde. Uma delas que mora em um hospital há três anos, pois seu filho desde o nascimento apresentou uma doença que não permite que o mesmo conheça a sua casa, o quartinho preparado com tanto zelo, os brinquedos comprados com tanto carinho e o carrinho de passeio que nunca saiu do lugar e no outro uma mãe que raspou seus cabelos para dar apoio ao filho com câncer.

Confesso que ambas as reportagens causaram um rombo em meu coração e ao mesmo tempo uma admiração gigantesca a essas guerreiras.
Se as dificuldades do pós-parto existem, e isso é comum a todas as mães, imaginem para a mãe que saiu de casa para ter seu filho e há três anos não pode mais voltar a viver em sua casa, da mãe que há três anos deixou sua cama confortável para dormir em um colchão no chão de um quarto de hospital, da mãe que largou seu emprego, seu marido, suas amigas, sua vida, para viver por seu filho.

O mais triste, é que esse fato em especial que me comoveu recentemente não é um fato isolado, pois isso é muito comum, basta visitar os hospitais do país para conferir quantas e quantas mães enfrentam, em função da maternidade, uma luta diária.
Se pararmos para pensar, não existe no mundo tarefa mais penosa do que a de acompanhar a doença de um filho, principalmente porque gostaríamos de ocupar o lugar deles para poupá-los da dor. A dor que dói num filho nos destrói por dentro, mas por fora, essa mãe exemplo tem olhar tranquilo e um coração singelo, embora apertado em sua dor, que dá a força que o filho precisa para não desistir da batalha.

É sabido que as instituições de saúde contam com profissionais principalmente da psicologia que ajudam essas mães, mas mesmo assim, a situação é vivida vinte e quatro horas por dia, não saindo do convívio e da cabeça dessas mães por um só minuto.
Talvez a força de superação da mulher mãe, seja ainda maior que o dom de dar a vida. E o mesmo Deus que nos permitiu o milagre de gerar outra vida, ainda deu a estas mães que lutam pela vida de seus filhos a força, a coragem e a ternura para enfrentar cada obstáculo.

Gratidão é o que nos vem à mente em situações como essas… gratidão pela maternidade, gratidão por termos filhos saudáveis e gratidão a esses anjos disfarçados de mulheres que merecem muito mais do que nosso carinho e respeito, merecem nossas orações.

Às mães que estão enfrentando um momento de provação, não deixem abalar a fé que existe em seus corações, vibrem por cada conquista, cada progresso mesmo que pareça pequeno e saibam que mesmo sem perceber vocês tem ensinado aos seus filhos o real sentido de palavras tão importantes como humanidade e benevolência. Mesmo sem buscar méritos, essas mulheres já merecem todos. Se a maternidade por si só requer doação vocês estão cumprindo a missão de vocês com louvor.

Leia também:


Like it? Share with your friends!

What's Your Reaction?

Uau Uau
0
Uau
Gostei Gostei
0
Gostei
Amei Amei
0
Amei
Ouwn Ouwn
0
Ouwn

Deixe um Comentário

comments

error: Este conteúdo é protegido pelas leis de direitos autorais, não copie, compartilhe. :)