Educação e respeito online

2 min


Educação e respeito online
Educação e respeito online

Na internet temos passado por uma questão de propriedade que as pessoas as vezes esquecem, ou seja, a educação e respeito online são cada vez mais ignorados.

A algum tempo quero escrever sobre este tema e falar um pouco sobre os “haters”, pessoas que a única coisa que querem em perfis, sites e portais é criar discórdia, reclamar e ser o do contra de tudo.

A primeira coisa que as pessoas precisam entender é que o fato de algo estar online e o fato de estar falando para um determinado público não torna todo mundo dono do pedaço e que, como em qualquer lugar que você entra como a casa do amigo, a casa da mãe e até mesmo locais públicos, existem condições para que sua presença ali seja agradável para todos.

Se você é o desagradável que vai em postagens e sites para reclamar, xingar, ser o “do contra do nada” e tem o único objetivo de atingir os donos do site simplesmente porque você não gostou do que viu ou leu, aquele site, portal, blog tem todo direito de te banir do espaço. É assim em grupos virtuais, em locais públicos e é assim na vida.

E aí as pessoas pensam: mas isto não é democrático. Sim, não é. Sabe porque? Olha o que significa democracia:

democraciasubstantivo feminino 1. governo em que o povo exerce a soberania. 2. sistema político em que os cidadãos elegem os seus dirigentes por meio de eleições periódicas.

Um site, um portal, principalmente os que são independentes, onde o dono paga todas as contas desde servidor, manutenção e funcionamento, é como uma extensão de sua propriedade, informalmente falando: sua casa.

E nela ele pode escolher quem pode participar. A intenção não é convencer ninguém de nada e nem travar batalhas online para fazer com quê a pessoa goste do espaço e continue nele a todo custo, a idéia é: as portas estão abertas, entra, senta e fica à vontade. Não gostou? as portas estão abertas também, mas para a saída e se ficar causando confusão pode ser convidado a se retirar.

Não invadir como hater um espaço, é uma questão de educação e respeito online ao espaço do outro.

As pessoas perdem o respeito pelo próximo e esquecem de serem educadas quando estão no espaço virtual do outro. O facebook do meu amigo, colega ou uma página que sigo é um espaço que não é meu e eu não apito nada ali.

Se eu não gosto de algo ou não concordo, eu simplesmente ignoro. Se é um amigo, existe a opção de deixar de seguir, uma página, existe a opção de descurtir ou ocultar aquela publicação específica que te incomoda.

Leia também:

No entanto o que vemos são pessoas que vão xingar, ofender, discordar à toa com a desculpa de quê estão em seu livre direito de se expressar, caso estas pessoas são respondidas da mesma forma, se sentem ofendidas e agredidas porque para elas, atacar um espaço virtual que não lhe pertence tudo bem, mas receber uma reação por isto não.

Então, vamos começar mudando nossa postura em relação aquilo que vemos e não gostamos na rede.

Se pergunte sempre antes se o seu comentário agride de alguma forma os leitores ou donos dos sites e perfis. Se a resposta for sim, o melhor que você faz é passar batido na postagem e ignorá-la.

A internet não é terra sem dono, existem muitos donos por trás de sites, portais, blogs, perfis que trabalham diariamente para criar conteúdo para seu público. Se você percebe que não é o perfil daquele tipo de site, o melhor que se pode fazer é ir procurar sua turma online, ficar de boa e não ficar distribuindo ódio na rede.


Like it? Share with your friends!

What's Your Reaction?

Uau Uau
0
Uau
Gostei Gostei
0
Gostei
Amei Amei
0
Amei
Ouwn Ouwn
0
Ouwn

Deixe um Comentário

comments

error: Este conteúdo é protegido pelas leis de direitos autorais, não copie, compartilhe. :)