Cultura do estupro desmitificada em anúncios

2 min


cultura do estupro
cultura do estupro

Você costuma culpar o comportamento de uma mulher quando ela é violentada física ou verbalmente? Se sim, então você culpa a vítima. Esta é a cultura do estupro.

Mulheres não devem seguir padrões de comportamento e regras de vestimenta para que se sintam seguras, o abusador é que precisa ser severamente punido para que o crime diminua. Pensando em quebrar paradigmas e tentar uma nova abordagem de conversa com o público para que eles vejam por um outro ângulo o quanto nossa cultura pode interferir em comportamentos pré-estabelecidos pela sociedade oprimindo e culpando vítimas, a revista Super Interessante na edição de julho quebra o tabu e fala sobre o assunto. Sua campanha online como chamada de ação para a revista é bastante objetiva e esclarecedora. Consegue com alguns anúncios e um vídeo despertar o interesse do leitor e mostrar que se você é uma pessoa que acha que uma saia curta ou um batom vermelho é apelativo demais e faz com que os homens não consigam “se controlar” ao atacar uma mulher, você precisa urgentemente mudar os seus conceitos. Que todas as mulheres sejam livres para serem quem quiserem ser.

Veja o vídeo:

11138126_10153700339762580_7356493549741152162_n

11693851_10153700339847580_6549369727740070809_n

11703032_10153700339827580_976484220431532683_n

11709265_10153700339832580_7538865824393870543_n

11709584_10153700339747580_7549167451563227925_n


Like it? Share with your friends!

What's Your Reaction?

Uau Uau
0
Uau
Gostei Gostei
0
Gostei
Amei Amei
0
Amei
Ouwn Ouwn
0
Ouwn

Deixe um Comentário

comments

error: Este conteúdo é protegido pelas leis de direitos autorais, não copie, compartilhe. :)