Ultrassom na gravidez: saiba quais são e para quê servem

3 min


Ultrassom na gravidez

O exame de ultrassom na gravidez  ou ultrassonografia na gravidez, será pedido pelo seu médico a partir da descoberta da gravidez.

O ultrassom na gravidez serve para acompanhar o desenvolvimento do seu bebê e sua saúde. Indica ao longo do tempo como esta indo a sua gestação. O termo ultrassom é popular, mas a forma correta de se falar é ultrassonografia. Usarei o termo popular ao longo do artigo para tornar mais fácil o entendimento.

O ultrassom na gravidez também ajuda a identificar peso e tamanho do feto, bem como é o momento em quê os médicos medem o perímetro cefálico (tamanho da cabeça) do bebê.

Mulheres grávidas não devem fazer exames que usam radiação como radiografias e tomografias, a ultrassonografia é o exame mais seguro para acompanhar o desenvolvimento do bebê. Ele é mais barato e sem riscos para o feto e não possui efeitos colaterais.

1. Quando fazer o primeiro ultrassom na gravidez?

Pode ser realizado após a 5ª semana de gestação, quando já é possível visualizar o saco gestacional. O saco gestacional é geralmente visível após a 4ª ou 5ª semana de gestação. Antes da quarta semana, é inútil fazer o ultrassom, pois ele não consegue identificar nenhum sinal de gestação. O primeiro ultrassom, dependendo da semana de gestação, é feito via transvaginal, porém os outros serão via abdominal.

O embrião em si é geralmente visível a partir da 6ª semana e seu batimento cardíaco pode ser identificado entre a 6ª e a 7ª semana.

Muitos obstetras pedem o primeiro exame por volta da 10º semana de gravidez ou um pouco mais tarde, quando é possível colher mais dados sobre a gestação. Não será necessário fazer o ultrassom todo mês de gravidez.

Muitas sociedades internacionais de Ginecologia e Obstetrícia concordam que, se a paciente é saudável, não apresenta queixas ou fatores de risco, apenas um ou dois exames, são realmente necessárias durante a gravidez. No Brasil, provavelmente você fará o ultrassom pelo menos de 3 ou 4 vezes durante a gestação.

No entanto, há obstetras que fazem mais vezes o exame durante a gestação e outros, que até possuem o aparelho em seu consultório. Obviamente que a mãe sente-se ansiosa para cada exame de ultrassom, assim pode ver seu bebê crescendo.

2. Quando é feito o ultrassom durante a gravidez?

Ultrassom na primeira ou segunda semana de gravidez:

Serve para confirmar a existência do feto e do saco gestacional. Onde esta localizada a gravidez, verificar os batimentos cardíacos do feto, identificar quantos bebês são, idade gestacional e avaliar possíveis alterações tanto no feto quanto na mãe.

Ultrassom no segundo trimestre de gravidez:

• Ultrassom Morfológico e sua importância

Costuma acontecer entre 18ª e 24ª semana de gestação e avalia a formação da anatomia fetal. Ele é chamado de Ultrassonografia Morfológica e é um dos exames mais importantes da gravidez pois é nele que se pode detectar malformações fetais.

• Ultrassom de Translucência Nucal

Também realizado por volta da 12º semana de gestação, ele serve para avaliar a quantidade de líquido na região da nuca do feto. Assim é possível identificar alterações cromossômicas como Síndrome de Down.

Ultrassom no terceiro trimestre de gravidez:

A partir desta fase o ultrassom é feito para acompanhar o crescimento do feto, a saúde da placenta e a quantidade de líquido amniótico, posição do bebê na barriga e outras questões de desenvolvimento. Não é feita com frequência em outros países, mas no Brasil geralmente é.

3. Como saber a idade gestacional do feto através do ultrassom?

O embrião humano apresente uma taxa de crescimento e desenvolvimento estável e previsível no primeiro trimestre de gravidez, assim é possível estimar sua idade gestacional com maior precisão. A partir do segundo trimestre, esta previsão se torna uma média estimativa, pois os bebês começam a crescer em diferentes velocidades e de acordo com suas características genéticas, bem como as condições da gravidez de cada mãe.

4. Como é feita a estimativa de provável data do parto (DPP)?

Feita com maior precisão durante o ultrassom na gravidez no primeiro trimestre e aliado as informações de data da última menstruação (DUM). Como já mencionado, trata-se de uma estimativa e podem haver alterações de datas, por isso é importante esperar pelos sinais de início de parto quando você decide pela cesária, assim haverá mais certeza de quê o bebê estará pronto para nascer.

O tamanho do saco gestacional aliado ao comprimento das nádegas do bebê (CCN), são as medidas mais usadas para estimar uma possível idade gestacional. Dados como a presençã de batimentos cardíacos, vesícula vitelina e o embrião visível também ajudam a estimar as datas. No entanto, a partir da 12º semana de gestação, outras medidas podem ajudar e tornar mais precisa a idade gestacional.

5. Tipos de ultrassom na gravidez e para quê servem:

• Exame de Translucência Nucal na gravidez

Realizado entre a 11º e 13º semana de gravidez, seu objetivo é identificar e medir a quantidade de líquido presente na nuca do feto. Assim é possível saber se o feto terá alguma alteração como anormalidades cromossômicas, malformações fetais e síndromes genéticas.

O exame de translucência nucal só tem valor quando realizado em fetos com comprimento de nádegas entre 45 e 84 mm e com menos de 14 semanas de gestação, por isso é importante marcá-lo no prazo indicado pelo obstetra. Quanto maior o valor da translucência nucal, maior a possibilidade do feto ter alguma alteração genética.

Cerca de 75% de bebês diagnosticados com Síndrome de Down apresentam aumento da translucência nucal, no entanto, este exame é um teste de triagem e não serve como diagnóstico definitivo. Existe uma taxa de falsos positivos de translucência nucal de até 5%. Cerca de 20 a 25% dos fetos com Down também apresentam translucência nucal normal.

Então, o exame serve para fazer uma primeira triagem de diagnóstico, mas futuramente é aliado a outros exames na mãe e no bebê para se obter mais dados. Assim, com um maior número de dados, o obstetra pode calcular o ricos de doenças com maior segurança e precisão.

• Ultrassom Morfológico na gravidez

Um dos exames mais importantes e mais demorados. Pode levar até meia hora, já que o médico que realiza precisa avaliar individualmente diferentes estruturas do feto. Feito entre a semana 18º e 24º de gravidez e nele é possível ver o feto totalmente formado, o que facilita identificar possíveis malformações.

Neste exame também é possível identificar com maior exatidão o sexo do bebê, verificar o coração e formação do cérebro, órgãos digestivos do bebê e outras partes. Com o uso do Doppler, é possível ver o fluxo de sangue da placenta e útero. Também já dá para identificar a localização da placenta.

A ultrassonografia morfológica também serve para medir a cabeça do bebê, o fêmur e a circunferência abdominal para saber se seu crescimento está adequado.

• Ultrassom 3D na gravidez

Este é o ultrassom queridinho do pais por permitir visualizar em cores e com maior clareza o rostinho do bebê. Mostra a aparência do feto com mais detalhes. Como acompanhamento gestacional para o obstetra, não há indicações para sua realização. Este exame geralmente é indicado apenas a nível de curiosidade materna e paterna, para ter um pouco noção da aparência do bebê que vai nascer.

Ele acrescenta poucas informações de desenvolvimento do feto em relação aos outros mais simples chamados como 2D.

As vezes, em casos de suspeitas de anormalidades faciais ou defeitos do tubo neural, o ultrassom 3D pode mostrar os defeitos com maior clareza.

• Ultrassom 4D na gravidez

O ultrassom 4D é apenas um ultrassom 3-D em tempo real, capaz de mostrar os movimentos do feto e suas estruturas internas, como o coração. Pode ser gravado como um vídeo, o que o torna ainda mais atraente para os pais.

6. Quando dá para saber o sexo do bebê através do ultrassom na gravidez?

A partir da 11º semana de gestação já é possível identificar o sexo do bebê. No entanto, nesta fase, a taxa de acerto é de apenas 70%. Acredite, 30% pode te dar uma surpresa, então segura a ansiedade caso queira comprar itens específicos de gênero feminino ou masculino. Com maior certeza, é possível saber o sexo a partir da 13º semana de gravidez.

Leia também:

 


Like it? Share with your friends!

What's Your Reaction?

Uau Uau
0
Uau
Gostei Gostei
0
Gostei
Amei Amei
0
Amei
Ouwn Ouwn
0
Ouwn

Deixe um Comentário

comments

error: Este conteúdo é protegido pelas leis de direitos autorais, não copie, compartilhe. :)