Tempo de leitura deste artigo:4 minutos

Existem muitos tipos de bebês e eles não podem ser comparados entre si em muitas coisas.

Saber quais são os tipos de bebês e se o seu se enquadra em algum tipo pode te ajudar a traçar estratégias para melhorar a vida do bebê e ajudá-lo em alguns incômodos.

Segundo o Dr. Harvey Karp, existem 4 tipos de bebês e podemos notar pelo temperamento de cada um.

Ele assemelha os tipos de bebês e seu temperamento fazendo uma analogia com um barco no mar. O bebê é um barco e seu temperamento o mar em que ele navega.

Crianças que são como barcos estáveis em mares suaves, navegam facilmente até seu primeiro ano. Crianças que são como barcos instáveis em mares revoltos passam por muitas fases de choro e tumulto de sensações ao longo do dia.

Assim, ele dividiu os tipos de bebês em 4 temperamentos diferentes:

1. Temperamento Fácil:

Estes bebês demonstram seus incômodos com leves agitações, é como se pedissem gentilmente e com um “por favor”, isto me incomoda. São como surfistas, não apresentam grandes problemas em lidar com as loucuras do mundo. Assim, desde o passeio no parque em um dia claro demais até um festa barulhenta, são coisas que não o afetam tanto.

2. Temperamento Desafiador:

Tipos de bebês com temperamentos desafiadores são aqueles que todos dizem ter uma “personalidade própria” já tão novinho. São sensíveis ao barulho, mudanças de rotina, pessoas diferentes e vozes fora do comum. Quando estão chateados choram alto e com força. E assim, se irritam até mesmo com o próprio protesto ficando cada vez mais agitados.

Eles podem se dividir em dois tipos de bebês dentro do temperamento desafiador: muito sensíveis ou super apaixonados e intensos.

3. Temperamento Sensível:

Para quem acredita em signos, diria que o bebê, independente de quê mês nasceu, parece um canceriano. Brincadeiras a parte, estes tipos de bebês são extra sensíveis e se irritam com sons, bagunça, cheiro forte, vozes altas, telefone tocando e até se sentir um gostinho diferente no peito da mãe de um produto esquecido ali, reclama. Estão sempre alertas e quando ficam estressados, parecem muito sentidos e sofredores, demoram para se acalmar.

Ser sensível para um bebê é uma experiência muito dolorida as vezes. Coisas que a maioria dos bebês não ligam, fazem diferença na vida do sensível.

4. Temperamento Intenso:

Estes tipos de bebês caminham entre a paixão e a explosão. Se frustram facilmente e explodem em um grito de choro. Você acha que o bebê esta sempre entre faíscas e explode como dinamite a cada sinal de angústia. Quando choram, não gostam de ser interrompidos, precisam terminar o que começaram e colocar para fora todo o choro, depois de muito tempo você consegue acalma-lo.

Para o bebê de temperamento intenso, tudo parece questão de vida ou morte. Acredite, ele provavelmente se sente assim. Nem mesmo mamar direito quando esta com fome consegue quando explodiu no choro. A dica é tentar acalmar primeiro. Um bebê pequeno demais, para um grande personalidade!

Meu bebê vai ser assim a vida inteira?

Claro que não! Bebês passam por fases o tempo inteiro e a medida que crescem, o temperamento vai mudando junto com eles. Desenvolvem novas habilidades para lidar com seu próprio temperamento e quando finalmente, conseguem se expressar corporalmente como engatinhar, correr, pular, sorrir, rolar, toda essa tensão para se expressar vai ganhando novas formas de expressão.

Não se apegue a rótulos, nem todos os bebês estão entre estes tipos de bebês e isto não é uma regra. Um bebê pode, inclusive caminhar entre os temperamentos em cada fase distinta.

Se você tem um bebê desafiador e sensível (como o meu foi), te digo: um abraço apertado, amiga materna. Não desanime, em breve as coisas melhoram e toda esta intensidade e sensibilidade se transformará em demonstrações de carinho intensas e um grande cuidado e empatia com o outro.

Leia também:

 

Deixe um Comentário

comments