Tempo de leitura deste artigo:9 minutos

Este artigo tem como objetivo responder as dúvidas mais urgentes sobre amamentação, aquelas que deixam mães confusas no dia-a-dia mas que na verdade fazem parte do processo normal da amamentação.

Claro que não dará para reunir em único artigo todas as dúvidas mais urgentes sobre amamentação, mas passeando pelo por este portal você poderá ver entre uma grande quantidade de artigos, muitas respostas para suas perguntas.

Existem questões que estão inseridas em uma série de outras, onde um problema acabou levando ao outro e nestes casos, procurar um profissional de aleitamento materno para esclarecer e orientar é o melhor a se fazer, por outro lado existem questões que um pouco de informação para a mãe pode resolver e devolver a ela a confiança na própria capacidade de nutrir o filho.

Fiz uma enquete no grupo de mães para que elas me dessem as dúvidas que as afligem e assim nós tivéssemos uma gama de assuntos que vem de histórias reais.

1. Mesmo lendo muito eu ainda fico na dúvida se meu leite é fraco. Porque são muitas pessoas “mandando” eu comer isso ou aquilo para o meu leite ficar forte. O leite materno pode ser fraco?

Leite materno é sempre forte, ele é como um organismo vivo que se adapta as necessidades do bebê de acordo com o seu desenvolvimento. Mães de prematuros produzem um leite específico para o prematuro porque o corpo dela percebe que o bebê nasceu antes do tempo, assim como mães de bebês que nascem e vão se desenvolvendo normalmente produzem um leite de acordo com a necessidade dele. Comidas, chás e simpatias não possuem comprovação científica de que deixam o leite mais forte ou o aumenta.

Leite fraco é um mito e escrevi sobre ele aqui: A desconstrução do mito: leite fraco.

2. Porque meu peito fica murcho, será que ainda tem leite?

O peito não é estoque de leite, ele é fábrica e por isso produz a maior parte do leite durante a mamada, quando o bebê nasce o peito fica duro e cheio de leite porque o corpo ainda esta adaptando a quantidade de produção a mamada, assim, produz em excesso, depois disto, o corpo entende o quanto o bebê precisa de leite e produz de acordo com a demanda, assim o peito não fica duro e cheio mais durante todo o processo de amamentação, apenas quando excede a produção e o bebê deixa de mamar o que deveria.

Peito murcho é sinal de bebê mamando bem todo o leite que precisa. 😉
Veja mais sobre isto aqui: Peito murcho não tem leite? Saiba a verdade sobre isto

3. Meu bebê mama demais, é normal?

Sim! Cada bebê tem uma necessidade individual de mamadas, eles não tem regras de horários e nem tempo de mamada, assim como qualquer adulto tem um apetite específico. Então, nos primeiros meses seu bebê irá mamar muito porque o tamanho do seu estômago é pequeno e o leite materno é facilmente digerido, logo ele precisa repor, com o crescimento, as mamadas se espaçam, mesmo assim, uns mamam mais do que outros e isto é normal.

Veja o que escrevi sobre: O tamanho do estômago do bebê e mamadas frequentes

4. Meu peito machucou e feriu, é normal?

Não é normal no sentido de quê amamentar não significa sentir dor ou se machucar, mas é comum quando a pega ou posicionamento do bebê estão errados, existe alguma disfunção oral ou o bebê esta passando pela confusão de bicos.

Para resolver este problema não é usando pomadas e nem bebendo coisas “milagrosas” mas sim encontrando a causa do problema e resolvendo. Se for um problema de pega errada, é preciso corrigi-la. Se for disfunção oral, é preciso procurar uma fonoaudióloga e se for confusão de bicos, é preciso remover os bicos artificiais.

Tenho dois textos que podem te ajudar: Como fazer a pega correta e O ciclo de problemas: chupeta, mamadeira e baixa produção de leite materno.

5. Meu bebê dorme mamando. E quando eu não estiver por perto?

Não tem problema nenhum em dormir mamando, com o tempo eles aprendem a dormir de outra forma, mas enquanto ele tem o peito da mãe, porque não? Quando a criança é deixada com uma pessoa que ela tem algum vínculo, se ela estiver cansada ela vai dormir com esta pessoa de outra forma.

Nos primeiros dias pode ser que a pessoa não consiga fazê-la dormir, mas aí o problema não é porque dorme mamando, mas porque aquela pessoa não encontrou uma forma ainda de se vincular a criança para que ela se sinta segura o suficiente para dormir.

A questão é sempre o vínculo, assim que o vínculo se estabelece, ela aprende a se relacionar com o outro para dormir, comer, brincar. Dê tempo ao tempo.

3. O que é confusão de bicos?

A confusão de bicos é quando o bebê usa chupetas e ou mamadeiras e também mama no peito, no entanto ele acaba deixando de mamar no peito ou machucando o peito da mãe porque se acostuma com o o tipo de sucção feita nos bicos artificiais.

Este tipo de sucção feita nos bicos artificiais é completamente diferente da forma como ele precisa mamar no peito da mãe para ordenhar leite, então, ele desaprende a mamar no peito e não consegue mamar o que precisa, pode ficar nervoso, rejeitar o peito e chorar sempre que for colocado para mamar porque não consegue fazer aquilo que ele quer tanto: receber leite materno.

Muitas mães dizem que usam bicos e com elas isto não acontece, estas são uma minoria e não maioria, além de que, as vezes elas passaram por problemas como bicos feridos e não associaram a confusão de bicos.

Escrevi mais detalhadamente sobre isto aqui:

4. Até que idade preciso deixar leite ordenhado para meu filho?

Enquanto o seu bebê mama exclusivamente no peito é preciso deixar leite ordenhado para ele durante a sua ausência, durante o período de adaptação e introdução alimentar também porque ele geralmente não come bem e o leite materno é o principal alimento dele até 1 ano de idade, depois de 1 ano, é possível substituir algumas mamadas por lanchinhos e comida caso você não consiga deixar leite ordenhado.

Sempre que for possível depois de 1 ano, deixe o leite ordenhando para ele, mas se não conseguir um dia ou outro, não se martirize e peça para o cuidador substituir o horário que ele mamava com mais um lanchinho como uma fruta.

5. Parece que só tenho leite de manhã, durante o dia parece que não tenho, preciso complementar?

De manhã a sensação de muito leite provavelmente ocorre porque o bebê mamou menos durante a madrugada e de manhã essa sensação na verdade é de excesso de leite, durante o dia a produção acontece de forma normal e o bebê pode mamar muito mais, então o peito produz durante as mamadas e não fica cheio, mas esta alimentando o bebê da mesma forma. Seja confiante em relação a isto e ofereça o peito normalmente.

6. A livre demanda pode atrapalhar ou tirar o interesse pelos outros alimentos?

Existem uma série de questões que interferem na alimentação do bebê, mas geralmente as pessoas culpam o leite materno e a livre demanda. Bebês nunca comem o que esperamos que eles comam, geralmente eles comem menos porque precisam de menos, simples assim.

O leite materno é rapidamente digerido e depois de 1 ano, o bebê precisa de outros alimentos, então se ele estiver com fome, ele irá se alimentar, se estiver satisfeito vai rejeitar.

O comportamento é normal. Além de quê, uma introdução alimentar que não seja saudável e tenha guloseimas tem mais chances de fazer o bebê perder o interesse pela alimentação saudável do que a livre demanda.

Escrevi mais sobre isso aqui: Leite materno não é um vilão na alimentação

E mais aqui: Meu filho não come nada, só quer saber do peito: será mesmo?

Entenda o que de fato e para quê serve a livre demanda aqui: O que é livre demanda e por quê precisamos dela.

7. Posso amamentar depois de dar almoço e janta ou preciso esperar um tempo?

Pode sim. Como já dito anteriormente, o leite materno ainda é o principal alimento do bebê até 1 ano de idade e depois dessa idade, não atrapalha a alimentação dele. A questão é que as pessoas acham que leite materno interfere na absorção de ferro, mas isto não procede.

O leite de vaca interfere na absorção de ferro e não o leite materno, então as mães que fazem uso de leite artificial precisam esperar um pouco para dar o complemento para o bebê depois do almoço e janta, já as mães que amamentam podem amamentar antes, durante e depois da alimentação sem problema nenhum do leite materno interferir na absorção de ferro e manter a livre demanda.

Escrevi sobre isto aqui: Leite materno atrapalha a absorção de ferro? Entenda

Estas são as dúvidas mais urgentes sobre amamentação, mas não todas, obviamente. Leia os artigos relacionados com cada dúvida para se informar mais ainda e se empoderar sobre amamentação e continue amamentando seus filhos se assim você desejar.

Deixe um Comentário

comments