Tempo de leitura deste artigo:12 minutos

Cada fase de desenvolvimento é única e especial, mas o desenvolvimento dos recém nascidos e bebês são os que geram as maiores dúvidas.

Isto porque recém nascidos e bebês são pequenos estreantes do mundo e são frágeis, ou pelo menos é esta a impressão que temos: de que eles precisam ser protegidos e cuidados com muita atenção, pois dependem integralmente de tudo que fazemos por eles.

Quando você pergunta aos pais qual era a idade mais difícil ao criar seus filhos, eles responderão frequentemente em qualquer idade que cada fase tem seus desafios, mas também muitas alegrias.

À medida que as crianças crescem, os pais lidam diariamente com coisas novas e entendem que cada criança é única. No entanto, a maioria das vezes as experiências que uma mãe ou pai pode esperar no que diz respeito a marcos de desenvolvimento, podem ser universais.

Quando você olha o desenvolvimento dos recém nascidos e bebês de forma mais objetiva, geralmente você acha que cada fase tem seus próprios desafios.

Muitos momentos difíceis que os pais enfrentam todos os dias, gira em torno de transições de fases de desenvolvimento, principalmente no recém-nascido e no bebê. Aprender e antecipar estas transições da infância pode tornar a criação um pouco mais fácil.

Bebês recém-nascidos

Um bebê recém nascido feliz e saudável passará a maior parte do tempo no peito dormindo ou mamando. Outros estarão chorando para se comunicar com seus pais em seu novo mundo e estará tudo bem. O contato e o colo é essencial para o recém-nascido e para ele significa praticamente a vida.

O que você precisa saber sobre seu recém-nascido:

  • Os recém nascidos mamam cerca de 8 a 12 vezes por dia, as vezes mais.
  • Se você precisa de ajuda para amamentar, fale com seu pediatra ou encontre um consultor de lactação para obter ajuda e apoio extra.
  • Coloque seu bebê para dormir de barriga para cima para reduzir o risco de Síndrome de Morte Súbita Infantil.
  • Nunca o deixe sozinho em uma banheira com água, cama ou cobertor macio que possa cobrir o rosto e causar engasgamento.
  • A primeira visita ao médico é geralmente quando seu bebê tem 5 dias de idade, alguns médicos podem empurrar a data para até 15 dias de nascido. Isto é especialmente importante para se certificar de que ela está ganhando peso e não está ficando com icterícia.
  • Lembre-se de que, de acordo com as últimas diretrizes de cadeirinhas de carro, os bebês devem sair da maternidade já em suas cadeirinhas e ela deve estar voltada para trás (de costas para a frente do carro). E assim devem permanecer de um até os dois anos de idade ou quando atingirem os limites de peso e altura do assento do carro.
  • Até que seu bebê seja mais velho e seu sistema imunológico seja mais forte, provavelmente é uma boa idéia mantê-lo longe de locais fechados e abafados com muitas pessoas ou outras crianças doentes. Isso minimizará sua exposição a infecções.
  • Ele vai fazer cocô provavelmente todas as vezes depois de mamar, sim serão muitas fraldas. No entanto, se ele mama apenas leite materno, ficar até 5 dias sem evacuar é considerado normal, desde que ele esteja ao menos fazendo xixi e enchendo pelo menos de 4 a 6 fraldas por dia, o que irá garantir a você que ele esteja recebendo leite materno suficiente.

Artigos de apoio para bebês recém-nascidos:


Bebês de 2 a 8 semanas

Às duas semanas, seu bebê ainda passará a maior parte do tempo dormindo, mamando e querendo colo a todo momento. A parte divertida é que ele também estará acordado e alerta por períodos de tempo mais longos para prestar atenção em tudo que há em seu entorno.

O bebê nesta idade ainda não tem rotina de mamadas e nem deve. Ele mama sempre que tem vontade e em livre demanda, isto é importante para seu ganho de peso.

As acordadas noturnas podem se intensificar com picos e saltos de desenvolvimento que estarão por vir, tenha calma. A partir do primeiro mês, pode ser que seu bebê tenha um cronograma diário um pouco mais previsível, mas não é regra.

Lembre-se que nem todo choro significa fome. Faça um pequeno check-list para saber o que pode ser o motivo do choro: fralda molhada, frio, calor, cansaço, sono, estresse, barulho demais…acredite, o bebê esta sensível a todos os sentimentos e incômodos também do mundo adulto.

O que você precisa saber sobre seu bebê:

  • Nas primeiras semanas, acorde seu bebê para uma alimentação se ela estiver dormindo por mais de quatro a cinco horas. Mais tarde, se ele estiver ganhando peso normalmente e saudável, você pode deixá-lo dormir o tempo que quiser.
  • Seu bebê provavelmente não começará a dormir durante a noite toda (o que para bebês é considerado por 5 horas) até ele ter entre três e quatro meses de idade, e esta idade ainda não é regra, há muitos que continuam acordando até mais de 1 ano de noite.
  • Seu bebê provavelmente terá recuperado a maior parte ou todo o peso que ele perdeu na primeira semana, pois é normal um bebê perder até 10% do peso após o nascimento, não se assuste.
  • Seu bebê provavelmente terá um check-up com seu pediatra quando tiver duas semanas de idade. Você pode esperar que seu médico verifique seu peso, altura e circunferência da cabeça e analise seu crescimento e desenvolvimento. Ela provavelmente terá uma repetição de seu teste de tela recém-nascida e poderá ter sua primeira vacina contra hepatite B (a menos que já tenha sido administrada no berçário).
  • Neste primeiro mês, pode ser que haja problemas com a amamentação: busque ajuda especializada o mais rápido possível.

Artigos de apoio para esta fase:


De 2 a 3 meses de idade

Os dois meses é um momento divertido. Você pode esperar que seu bebê sorria, ria e faça barulho, levante a cabeça e o peito enquanto deita de bruços. Alguns podem até balbuciar sons sem nexo nenhum, mas lindos. Vão colocar as mãozinhas na boca e tentar comê-las inteiras e estará tudo bem!

Pode ser que ele tenha entrado em uma pequena “rotina” determinada por ele mesmo e que você já conheça o seu tipo de choro.

O que você precisa sobre seu bebê:

  • Práticas de alimentação para evitar: nenhum tipo de chá, suquinho ou água deve ser dado ao bebê, ele deve mamar leite materno exclusivo até 6 meses e isto também vale para bebês que fazem uso de fórmula artificial.
  • Se o seu bebê tiver cólica, você pode ter certeza de que os sintomas de cólica geralmente atingem um pico quando um bebê tem cerca de 6 semanas de idade. Depois disso, eles tendem a melhorar e desaparecem quando o bebê tem 3 a 4 meses de idade.
  • A SBP recomenda que as crianças amamentadas recebam gotas orais de vitamina D todos os dias.
  • Nos próximos meses, os marcos de desenvolvimento incluirão o rolar, com peso nas pernas, sentar com suporte e segurar pequenos brinquedos ou um chocalho.
  • Certifique-se de que o berço do seu bebê esteja seguro antes de colocá-lo para dormir sozinho no quarto dele, mas se você se sentir confortável mantendo a cama compartilhada, não há problema algum nisto, muito pelo contrário.
  • No check-up de dois meses, você pode esperar um exame físico completo, seu médico medirá a altura, o peso e a circunferência da cabeça de seu filho novamente.
  • Crise dos 3 meses: Seu bebê pode começar a mamar mais vezes e acordar mais vezes de madrugada, esta é apenas uma adaptação da demanda de leite materno e não falta de leite.

Artigos de apoio para esta fase:


De 4 a 5 meses de idade

Um bebê de quatro meses de idade provavelmente consegue rolar um pouco, apoiar seu próprio peso nas pernas, sentar-se com suporte e segurar um chocalho ou brinquedo.

Aos quatro meses, o leite materno é o único alimento que seu bebê precisa. A amamentação ou aleitamento (com leite artificial) deve ser exclusivo até os 6 meses de idade.

O que você precisa saber sobre seu bebê:

  • Evite deixar seu bebê sozinho em uma cama ou no trocador, como ele já sabe rola, pode cair.
  • No check-up de quatro meses, você pode esperar um exame físico completo como as medidas de altura, peso e cabeça.
    Problemas comuns para bebês.
  • Pode ser que seu bebê comece a babar mais, pois, alguns bebês começam a dar sinais de dentição já com 4 meses.
  • Ele vai colocar tudo que conseguir pegar com a mão, na boca.
  • Provavelmente ele vai se divertir um pouco mais no banho!

Artigos de apoio para esta fase:


De 6 a 7 meses de idade

Além de se sentar e rodar, o grande marco aos seis meses é que a maioria das crianças podem começar a comer alimentos para bebês.

Você poderá começar a alimentar seu bebê com legumes bem cozidos e frutas, amassados no garfo. Sempre opte por receitas caseiras e evite industrializados.

Lembre-se de que, embora a alimentação tenha se iniciado, o leite materno ainda é o principal alimento do bebê até 1 ano de idade.

O que você precisa saber sobre seu bebê:

  • Pode ser que seu bebê tenha espaçado as mamadas noturnas, embora isto não seja uma regra para todos.
  • Seu bebê provavelmente dobrou seu peso desde o nascimento até agora.
  • Agora seria um bom momento para começar a proteger sua casa, antes que seu filho comece a engatinhar e andar.
  • Embora agora você possa usar protetor solar no seu bebê, evite muita exposição solar.
  • O momento do nascimento do primeiro dente do bebê pode estar próximo, se prepare para irritação, choro, muita baba e até aumento de mamadas em busca de alívio para as gengivas.

Artigos de apoio para esta fase:


De 8 para 12 meses de idade

Nesta fase seu bebê começa a querer explorar mais o mundo e novos desafios, ele pode ser capaz de se sentar sozinho, se levantar, ficar de pé sem apoio por alguns segundos, imitar sons, engatinhar e dar tchau (mas não se preocupe, o meu não dava tchau de jeito nenhum e estava tudo certo!).

Seu bebê de nove meses começará a explorar a casa e tentar descobrir como as coisas funcionam, vais gostar de jogar “cadê o bebê – achou!” e outras brincadeiras que envolvam sons e movimento.

É importante elogiar bastante seu bebê e lhe dar muitas oportunidades para a exploração. Ele também pode começar se mostrar ansioso com a separação de você, isto se chama “angústia da separação“.

O que você precisa saber sobre seu bebê:

  • Seu bebê de quase 1 ano de idade provavelmente diminuiu seu ganho de peso e seu apetite. Isto porque ele gasta mais energia e precisa repor menos também, o ganho de peso se desacelera. Já pensou se continuasse ganhando quase 1k por mês? Ficaria obeso.
  • Com a angústia da separação, que é um marco de desenvolvimento, ele vai querer ficar mais perto de você e não te perder de vista. Esta tudo normal.
  • Para evitar o engasgamento, nunca deixe objetos pequenos ou sacos de plástico ao alcance do bebê. Agora ele quer mexer em tudo!
  • Certifique-se que seus móveis estão bem firmes e não representam um risco para o bebê caso ele se apoie ou suba neles.
  • Ele pode até começar a balbuciar palavras, mas isso não significa que ele precisa saber falar nesta idade. Calma!

Artigos de apoio para esta fase:

Seu bebê tem mais do que 1 ano? Leia aqui: Bebês: desenvolvimento de 1 a 2 anos de idade

Bibliografia:
American Academy of Pediatrics. Breastfeeding and the Use of Human Milk. Pediatrics. 2012;129(3):e827-41. doi: 10.1542/peds.2011-3552.
American Academy of Pediatric and Pediatric Endocrine Society. Vitamin D Deficiency and Rickets. 2015.
Centers for Disease Control and Prevention. Childhood Obesity Facts. U.S. Department of Health & Human Resources. 2015.

Deixe um Comentário

comments