Por que recém-nascidos acordam tanto a noite?

2 min


1.5k shares
Por que recém-nascidos acordam tanto

Você pode até se perguntar por que recém-nascidos acordam tanto a noite e embora seja frustrante, estas acordadas desempenham um papel fundamental no desenvolvimento do bebê.

De vez em quando, ouço histórias do recém-nascidos que dormiram noites inteiras às seis semanas de idade. Então é possível? Sim. Provável? Não. E por que recém-nascidos acordam tanto a noite?

O sono do recém-nascido é muito diferente dos padrões de sono de bebês mais velhos e as acordadas noturnas freqüentes possuem um propósito muito importante.

Pense nisso desta maneira: o pequeno bebê tem uma pequena barriga. Se você eprecisa dobrar seu peso nos próximos seis meses, o que você precisa fazer?
Ser uma máquina de comer. E comer a toda hora, não é mesmo? Veja aqui: tamanho do estômago do bebê e mamadas frequentes.

As acordadas noturnas para o recém-nascido são uma estratégia de sobrevivência. Se ele dorme tempo demais ou noites inteiras todos os dias, suas necessidade nutricionais não são totalmente atendidas e isto interfere em sua saúde e ganho de peso. Em outras palavras, as acordadas noturnas são uma parte importante do desenvolvimento do bebê.

Sono profundo e sono ativo

O que a ciência revela é que seu recém-nascido dorme de maneira diferente do que você. Você se move através de estágios do sono que poderiam ser divididos em duas categorias simples: sono profundo e sono ativo. O sono profundo é quando você não faz nenhum movimento, não mexe os olhos e não tem nenhum sonho. Apenas dorme. O sono ativo é quando você pode sonhar, se agitar, rolar, corrigir a posição que esta dormindo, faz movimentos com os olhos, ainda dormindo, mas seu cérebro ainda está recebendo um pouco de exercício, falando de forma simples.

A diferença entre você e seu bebê é que você gasta uma porção significativa de seu tempo em sono profundo enquanto seu bebê passa entre estes dois estágios várias vezes de noite em períodos mais curtos de tempo.

Especialistas do sono teorizam que as fases entre o sono profundo e ativo é necessária para o desenvolvimento do cérebro e o “exercício” que o cérebro do bebê obtém nestas fases é vital para manter a respiração, a temperatura e o pulso do bebê.

Características de sono do recém-nascido

Então, agora que você entende por que seu recém-nascido dorme de forma diferente, vamos olhar para o que seu sono pode parecer.

A National Sleep Foudantion, afirma que recém-nascidos (do nascimento até os dois meses) dormem uma média de 14 horas por dia. Períodos de vigília em média entre 1 a 3 horas. Veja no artigo: “Dormir para crescer: o hormônio do crescimento nas crianças” o gráfico sobre os valores médios de sono para bebês)

E que o sono do recém-nascido é irregular, sem padrões previsíveis. Durante estes períodos, o recém-nascido pode dormir por apenas alguns minutos ou várias horas.

Mesmo quando adormecido, seu bebê recém-nascido pode frequentemente parecer ativo. Você pode notar espasmos em seu rostinho como sorrisos, movimentos da boca como se estivesse sugando ou outros comportamentos inquietos.

Como fazer o recém-nascido dormir

Ao contrário dos bebês mais velhos, tentar criar rotinas de sono e horários para o que recém-nascido durma, não é aconselhável. Os recém-nascidos vão dormir sem um padrão de horários e isto é normal e aceitável. Seu bebê avisará quando estiver com sono e precisando dormir a sua própria maneira. Ora pedindo para mamar, ora querendo mais colo e as vezes até um pequeno ninar nos braços para relembrá-lo a movimentação de seus passos quando ele estava dentro de sua barriga.

Os sinais comuns de sonolência incluem:

  • Irritação
  • Esfregar os olhos
  • Bocejar
  • Querer mamar

Quando você começar a ver estes sinais, você pode tentar colocá-lo no peito deitada já na cama onde ele vai dormir ou deitar-se junto com ele. Ou seja, fazer cama compartilhada a noite e tentar cochilar junto com o bebê de dia. Além de você descansar mais, seu filho vai dormir por mais tempo.

Por quê? Como os bebês passam mais tempo nesse período ativo de sono, pode ser difícil que ele vá para o sono profundo nas sonecas mais curtas e talvez ele não durma tempo suficiente, de forma que você consiga transferir ele do colo para o berço. Muitas mães, e eu era uma delas, contam que o bebê dorme nos braços e assim que o colocam no berço ou na cama, eles acordam. Bom, é porque estão no padrão ativo de sono e acordam facilmente com qualquer movimentação.

Colocá-lo na cama e deitar junto com ele, além de descansar seus braços também pode ajudá-lo a adormecer mais rapidamente com sua presença, invés de deixá-lo no berço sozinho. Além disso, um bebê que aprendeu a acalmar-se facilmente para dormir pode acordar à noite e ser capaz de cair de volta ao sono por conta própria, se suas necessidades básicas foram atendidas.

Todos os bebês são diferentes

Há uma grande variedade de situações que parecem como “sono normal” do recém-nascido. Enquanto alguns bebês podem dormir noites inteiras ou mais de 5h por noites com apenas seis semanas, não é regra tantas horas de sono tão cedo, no entanto, até 9 meses de idade quase 70% dos bebês já estão dormindo pelo menos 5h seguidas a noite ou noites inteiras. Talvez a expectativa mais realista é entender que seu filho é único e atingirá seus marcos de desenvolvimento quando estiver preparado para tal.

Leia também:


Like it? Share with your friends!

1.5k shares

What's Your Reaction?

Uau Uau
0
Uau
Gostei Gostei
0
Gostei
Amei Amei
0
Amei
Ouwn Ouwn
0
Ouwn

Deixe um Comentário

comments

error: Este conteúdo é protegido pelas leis de direitos autorais, não copie, compartilhe. :)