Tempo de leitura deste artigo:3 minutos

Nossos filhos são como esponjas absorvendo todo o mundo que os cercam e todas suas experiências: boas ou ruins.

Nossos filhos são como esponjas que nos absorvem: nosso melhor e nosso pior. Nossos filhos são como nossa sombra que seguem nossos passos diariamente e apesar de acharmos que não estão totalmente ligados a nós, fazem parte intrínseca de nosso todo.

Os filhos são espelho da realidade em quê vivemos, dos momentos e da tensão, ou não, que os cercam. Eles absorvem e devolvem tudo aquilo que os adultos ao seu redor estão sentindo.

As vezes vira um ciclo que não sabemos onde começou. Nosso cansaço é um destes motivos, nossa falta de ajuda na criação (não vivemos mais em vilas, estamos em grande parte do tempo sozinhos com este desafio) e ainda, ter que cuidar de um ou mais ao mesmo tempo aliado a todo o resto de nossas responsabilidades diárias.

Respira fundo, respira fundo.

Se nossos filhos são como esponjas, que absorvam sempre nosso melhor. Que tenham como exemplo o amor, a gratidão, a empatia, a compreensão e o abraço em todos os momentos.

Se nossos filhos são como esponjas, que absorvam o máximo que puderem da vida, que a vivenciem em sua plenitude e que aprendam com amor.

Uma esponja quando esta cheia e é pressionada, libera tudo que o que tem dentro de si. Se nossos filhos são as esponjas que absorveram nosso melhor, quando a vida os pressionar, eles vão entregar a ela mais amor.

Quando você perceber que as coisas estão saindo das estribeiras e que você não esta conseguindo dar a sua pequena esponja o seu melhor: pede ajuda, toda ajuda que você puder.

E preste atenção: como você tem lidado com estes momentos de tensão? Com calma? Com amor? Com serenidade? Isso faz uma diferença grande nos filhos. Não se esqueça que sua pequena esponja esta absorvendo tudo aquilo que você dá a ela.

Leia também:

Deixe um Comentário

comments