Tempo de leitura deste artigo:5 minutos

Nesta última semana, resolvi listar os posts mais lidos no ano.

Os posts mais lidos no ano tem de tudo, entre informações que ensinaram sobre amamentação, incentivaram e apoiaram, esta também aqueles artigos que nos faz pensar e repensar atitudes e comportamentos, ora reproduzidos automaticamente, ora porque não se sabe o que fazer.

Algumas informações que trazem segurança para a mãe sem que ela perca sua identidade como as tatuagens para mães que amamentam, entre curiosidades do mundo materno. O portal questiona, o portal informa e incentiva.

Relembre aqui o Manifesto Mãe Pop para que você saiba que os valores do meu manifesto continuam vivos e sendo seguidos com muita verdade.

Veja a lista:

1. Seu filho precisa apanhar? Então o problema é você.

Neste artigo eu cutuquei várias feridas. Muitos amaram e poucos odiaram. Falei sobre os motivos da palmada aplicada por muitos pais hoje em dia não serem a melhor forma de educar. Falei principalmente que mudando nossas atitudes, nossos filhos também mudam. É difícil tentar resolver problemas e questões para algumas pessoas se colocando como o possível problema, também é difícil para mim. O importante é se questionar e tentar resolver. No meio de toda a polêmica, resolvi ir mais fundo e depois deste veio o artigo: Uma geração que apanhou dos pais e sua tralha emocional

2. Pode fazer tatuagem amamentando?

Eu tenho 6 tatuagens e contando…Faz parte de mim. Amamentei por 3 anos, neste período eu tive várias idéias de tatuagens para homenagear meu filho como também as que eu já tinha em mente para fazer. Amamentar gera dúvidas em muitas mulheres e esta é constante. Acredite, no dias atuais esta é uma dúvida tão genuína como qualquer outra. Foi respondida aqui e tranquilizou várias mães.

3. Como aumentar o leite materno?

Na terceira posição, sobre amamentação também, aquele artigo que toda mãe que amamenta precisa ler. O desespero materno se instaura quando a mãe acha que seu leite pode não estar sendo suficiente. Neste artigo dá para entender que manter a produção de leite materno estável é mais simples do que parece, confira.

4. Danoninho saudável para bebês

Sabe aquela propaganda que fala que o danoninho vale por um bifinho? Não vale não, nem de longe. E o próprio fabricante não recomenda para crianças menores do que 4 anos. No entanto, algumas mães olham o produto como uma opção para aqueles dias complicados ou até como sobremesa. Neste artigo, todas as mães puderam aprender de um jeito super simples como fazer seu próprio danoninho em casa e o mais importante ainda: um saudável.

5. 30 tatuagens feitas por mães para se inspirar

Acho que você já percebeu que as mães que seguem o portal curtem mesmo uma tatuagem, né? Legal! Foi difícil reunir nesta postagem 30 tatuagens que fossem bacanas, algumas eu não faria. Cada uma tem um gosto, mas talvez este artigo tenha mais uma versão de tatuagens que mães adoram e eu aprofunde a busca em tatuagens com estilos mais diferentes ainda.

6. Amamentação noturna e o padrão de sono dos bebês

Sono de bebê é sempre uma questão complicada porque nos primeiros meses eles não dormem o tanto que gostaríamos, no entanto, neste artigo as mães conseguiram perceber que o padrão de sono do bebê é bem diferente do de um adulto. Assim fica mais fácil aprender a lidar com a situação.

7. Por que mães que ficam em casa estão sempre cansadas

Para a mãe a resposta é óbvia, mas para muitas pessoas de fora parece uma incógnita, não é mesmo? As pessoas não se dão conta do quanto criar um pequeno ser e se desdobrar com todo o resto de um lar pode ser exaustivo. Neste artigo, uma perspectiva de dentro de casa para o mundo com um vídeo super bacana mostra o motivo de ser tão difícil.

8. 10 Sinais de um desmame natural

A amamentação é uma relação entre mãe e bebê, assim como desmame também é. Naturalmente a criança vai largando o peito e dando alguns sinais de que esta preparada tanto para deixar de mamar sozinha quanto para que a mãe inicie o desmame gentil. Aqui listei os maiores sinais que uma criança dá quando se mostra preparada para esta nova fase da vida.

9. Perfil da mãe que amamenta por 2 anos ou mais

Neste artigo falei sobre uma pesquisa que listou alguns motivos que fazem uma mãe conseguir amamentar por mais de 2 anos. Nem todos os casos de amamentação prolongada se encaixam nestas características, mas ele nos dá uma base do que pode fazer com que mães desistam de amamentar prolongadamente.

10. Melancolia pós-parto merece respeito

Nem todo mundo conhece o Baby Blus, mas ele existe e precisa ser respeitado. Algumas mães que leram este artigo sequer sabiam que tinha passando por esta fase no pós-parto e encontram a resposta para todos os sentimentos confusos. Informação é tudo de bom!

O ano foi maravilhoso, aprendemos muitas coisas juntas.

Quando busco um assunto para trazer para o portal, eu também aprendo bastante junto com vocês. Ano que vem vamos continuar nesta onda de empoderamento materno com bastante força e eu espero que você tenha curtido passar este ano junto comigo lendo e aprendendo sobre o encantador e ao mesmo tempo desafiador mundo da maternidade.

 

Deixe um Comentário

comments