Tempo de leitura deste artigo:3 minutos

Mães e bebês sincronizam os batimentos do coração instantaneamente quando sorriem um para o outro.

Mães e bebês sincronizam os batimentos do coração com apenas um olhar. E este texto não tem nada a ver com aqueles poemas maternos sobre as maravilhas da maternidade, não.

Mães e bebês sincronizam os batimentos do coração instantaneamente sorrindo um para o outro segundo uma pesquisa científica!

A maternidade nos faz compartilhar com nossos filhos uma conexão profunda e íntima, a natureza nos deu de presente uma série de habilidades e super-poderes de mãe para nos ajudar nesta grande empreitada que é gestar, parir e criar um bebê.

Temos habilidades que desconhecemos e que a ciência explica como parte da evolução para garantir a sobrevivência do elo mais frágil desta relação: o bebê.

Com olhares e sorrisos, mães e bebês são capazes de sincronizar seus batimentos cardíacos em até milisegundos. Pesquisadores da Universidade Bar-Ilan, em Israel, observaram um carinho visível das mães que causaram efeitos fisiológicos discerníveis em seus bebês de três meses de idade.

Os pesquisadores explicam: “mães e seus bebês foram observados durante as interações face a face, enquanto o débito cardíaco foi coletado de ambos.

A análise da série de tempo mostrou que a mãe e a criança coordenam os ritmos cardíacos dentro de atrasos de menos de um segundo. “Enquanto outros animais dependem do contato físico para que a sincronização ocorra, a mãe precisa apenas olhar para o bebê com calor e ternura para os batimentos cardíacos se harmonizarem. Veja a pesquisa aqui: Mother and infant coordinate heart rhythms through episodes of interaction synchrony

A micro-análise do comportamento da dupla marcou episódios de olhar, afeição e sincronia vocal. A análise da série de tempo mostrou que mãe e bebê coordenam os ritmos cardíacos dentro de atrasos inferiores a 1s.

A análise indicou que a concordância entre ritmos biológicos maternos e infantis aumentaram significativamente durante episódios de afeição e sincronia vocal em comparação com momentos não sincronizados.

Como seres humanos podemos criar conexões que nem todos os outros animais podem, apesar de muitos mamíferos partilharem de ligações que os ajudaram no processo evolutivo, apenas nós conseguimos nos conectar e vincular com nossos filhos apenas através de um olhar carinhoso.

Manter o bebê no compasso do seu coração agora é possível além de sua vida uterina.

Leia também:

 

Deixe um Comentário

comments