Escolhas feitas no nascimento podem afetar a amamentação

2 min


641 shares
Escolhas feitas no nascimento podem afetar a amamentação

Como as escolhas feitas no nascimento podem afetar a amamentação e dificultar o processo?

As escolhas feitas no nascimento podem afetar a amamentação de muitas maneiras que a maioria das famílias nem sequer pensam. Muitas vezes pensam que o nascimento é totalmente separado da experiência da amamentação.

Mas a forma como você dá à luz pode afetar o modo como o seu bebê é nutrido. Veja agora como as escolhas feitas no nascimento podem afetar sua amamentação e se prepare para enfrentá-las ou mudá-las.

1. A duração do trabalho de parto

A duração do trabalho de parto esta realmente fora de seu controle. Mas sabemos que os bebês também ajudam durante o processo de trabalho de parto.
Portanto, um trabalho de parto muito longo pode aumentar a dificuldade de amamentar se a mãe não tiver uma boa assistência ao parto, com profissionais de qualidade a apoiando e incentivando.

Não ter uma boa equipe para te apoiar, pode te levar a uma exaustão que você e seu bebê podem enfrentar em um trabalho de parto muito longo sem boa assistência e então estarem cansados demais após o nascimento, o que dificulta a sucção para o bebê  e a liberação de ocitocina para você, responsável pela ejeção do leite.

2. Medicamentos usados no trabalho de parto

Hoje em dia existem muitos medicamentos compatíveis com a amamentação e eles não são especificamente os responsáveis pelo sucesso ou não da amamentação, no entanto, caso uma mãe precise ser bastante medicada em um trabalho de parto difícil e demorado, ou precise de uma cesárea de emergência e até mesmo precise ser sedada durante o processo, a amamentação pode se tornar um outro desafio já que é preciso esperar que a mãe se recupere da anestesia para ficar com o bebê. E dependendo da medicação usada e por quanto tempo antes do bebê nascer, ele pode também sofrer com os efeitos da medicação.

3. Separação precoce da mãe e do recém-nascido

A Academia Americana de Pediatria (AAP) recomenda que você amamente imediatamente após o nascimento e de preferência dentro de 30 minutos. Isto porque o recém-nascido no momento do parto esta em um estado mais alerta e o processo de mamada é impresso em seu cérebro melhor do que depois de 1 hora ou mais de espera, quando ele estará com um estado de espírito diferente. Quando mãe e bebê são desnecessariamente separados durante este período, pode ter um efeito prejudicial sobre a amamentação sem uma causa específica. Veja aqui: Amamentação na primeira hora de vida: a melhor boas vindas ao bebê

4. Dar banho no bebê após o nascimento

Levar o bebê para longe da mãe simplesmente para lhe dar banho, significa separá-los em um momento em quê a dupla precisa estar junta para aprender o processo de amamentação. Veja aqui: Razões para adiar o primeiro banho de seu bebê e aqui: Benefícios no Vernix Caseoso para o bebê

5. Indução de trabalho de parto

A indução do parto, devido ao potencial de intervenção adicional e ao aumento da probabilidade do bebê nascer prematuramente, mesmo que ligeiramente, pode causar dificuldades na amamentação.

Tudo pode ser relativo: se a mãe esta sendo acompanhada por uma boa equipe médica e a indução é realmente necessária (não antes do tempo), é o melhor a ser feito. Antes a indução de trabalho de parto do que a cesárea. Mais uma vez, a qualidade da assistência dada a mãe pode fazer uma grande diferença.

6. Prematuridade – bebê prematuro

Um bebê que nasce cedo pode ter mais problemas para mamar, quer por causa de uma falta de capacidade de sucção madura ou outras questões médicas que precisam ser resolvidas. Ordenhar seu leite enquanto seu bebê esta na incubadora para oferecer para ele e para estimular e manter sua produção é o melhor a ser feito nestes casos. Veja aqui: Como ordenhar leite materno: aprenda a técnica e aqui: Benefícios da amamentação para prematuros

7. Leite artificial oferecido na maternidade sem necessidade

Quando o bebê vai para o berçário ou quando a mãe tem algumas dificuldades iniciais para amamentar, a primeira coisa que muitas maternidades fazem é oferecer leite artificial na mamadeira para o bebê. Este procedimento não é correto, é desatualizado e ainda piora a situação da mãe, pois, não estimula seu peito para a produção de leite materno, confunde o bebê com o bico da mamadeira e o leite artificial enche demais o bebê, o que o impede de buscar o peito da mãe, além de poder causar uma série de problemas como alergias e outras situações.

8. Outras Intervenções

Intervenções agressivas e desnecessárias podem interferir na amamentação por deixar a mãe bastante debilitada e cansada com os procedimentos, principalmente se não era o que ela planejava para o seu parto.

Superando problemas

Se você sente que está tendo dificuldade em amamentar seu bebê por causa das intervenções no trabalho de parto ou outras situações, veja o que você pode fazer:


Like it? Share with your friends!

641 shares

What's Your Reaction?

Uau Uau
0
Uau
Gostei Gostei
0
Gostei
Amei Amei
0
Amei
Ouwn Ouwn
0
Ouwn

Deixe um Comentário

comments

error: Este conteúdo é protegido pelas leis de direitos autorais, não copie, compartilhe. :)