Diferenças no leite materno entre mães de meninos e meninas?

2 min


1.5k shares
Diferenças no leite materno entre mães de meninos e meninas

Segundo estudo, existem diferenças no leite materno entre mães de meninos e meninas que se adaptam de acordo com o sexo do bebê.

Uma bióloga fez um estudo para entender as diferenças no leite materno entre mães de meninos e meninas e descobriu que de acordo com o sexo do bebê, o leite materno se adapta, dando a cada bebê de cada sexo, o que ele precisa de nutrientes.

No entanto, a ciência está apenas começando a desvendar algumas das complexidades do leite humano. Embora não entendamos completamente tudo sobre o leite materno, existem razões pelas quais o leite materno é como ele é. Não é um acidente. O leite materno é uma substância dinâmica. Ele muda dependendo da idade e necessidades de um bebê.

Katie Hinde, PhD, (bióloga evolucionária da Universidade de Harvard) vem pesquisando sobre como o leite materno pode moldar o desenvolvimento imunológico, neurobiológico e comportamental de um bebê.

Sua pesquisa descobriu que vacas e macacos fazem leite diferente, dependendo do sexo do bebê. Uma vez que a pesquisa de Hinde não foi feita com seres humanos, sua importância, se houver, para os seres humanos é desconhecida.

Segundo a pesquisa de Katie, mães de meninos produzem um leite com maior porcentagem de gordura e proteínas, em média 35% a mais do que mães de meninas. Isto se justificaria pelo fato dos meninos precisarem de mais energia para se desenvolverem além das meninas.

Já o leite materno das mães de meninas, possui uma quantidade maior de cálcio, já que elas crescem mais rápido que os meninos.

Este extra de cálcio serve para atender as necessidades de cálcio maiores que das meninas durante o crescimento. Outra diferença é sobre mãe de meninas produzirem mais leite do que mães de meninos porque meninas mamam mais. Sim, não são os meninos que mamam muito, segundo esta pesquisa.

Será que em humanos as mudanças do leite são as mesmas de acordo com as necessidades de cada sexo?

Se o leite materno é dinâmico, muda e atende as necessidades de cada bebê em particular, provavelmente, durante o desenvolvimento, se; cada sexo (masculino ou feminino) possuir necessidades distintas, o leite materno irá se adaptar para estas necessidades.

Sabemos que o leite materno é como um organismo vivo que se adapta a todas as mudanças do bebê. Desde adaptação para a idade do bebê, fases em que ele esta passando, como quando fica doente e até adaptação ao crescimento do bebê, se nasceu prematuro ou a termo.

Além disso, até mesmo ao desmamar, o leite materno aumenta a concentração de fatores de proteção imunológica para dar ao bebê uma dose final de proteção antes do desmame estar completo.

Em setembro de 2012, um estudo da Universidade Estadual do Michigan descobriu que entre 72 mães no Quênia rural, as mães com filhos meninos geralmente produziam um leite mais rico (2,8 por cento de gordura em comparação com 0,6 por cento para as filhas).

Um estudo feito na Universidade de Boston em 2010 quantificou a densidade de nutrientes e energia no leite materno de mães afluentes em Massachusetts. O estudo revelou que as mães de meninos produziram leite com um teor de energia 25% maior do que as mães de meninas.

Batendo um papo reto

A produção de leite materno esta ligada principalmente a quantidade que os bebês mamam. Quanto mais um bebê mamar, mais leite a mãe irá produzir, independente do seu sexo. Mas se naturalmente existe uma incidência maior de bebês meninas que buscam mais o peito, provavelmente sim, mães de meninas irão produzir mais. Então, quanto a quantidade de produção de leite podemos interpretar que: se o bebê mamar mais, a mãe naturalmente irá produzir mais.

Leia mais:


Like it? Share with your friends!

1.5k shares

What's Your Reaction?

Uau Uau
0
Uau
Gostei Gostei
0
Gostei
Amei Amei
2
Amei
Ouwn Ouwn
0
Ouwn

Deixe um Comentário

comments

error: Este conteúdo é protegido pelas leis de direitos autorais, não copie, compartilhe. :)