Tempo de leitura deste artigo:5 minutos

Muitas mães ficam confusas sobre de que lado o bebê deve dormir para passar uma noite segura.

Principalmente quando o bebê é recém-nascido, saber de que lado o bebê deve dormir para evitar a morte súbita também é importante como algo a mais para protegê-lo.

Segundo as recomendações do Ministério da Saúde e da Sociedade Brasileira de Pediatria, o bebê deve dormir sempre de barriga para cima, pelo menos até o quinto mês de vida.

Segundo estudos, dormir nessa posição reduz em até 70% o risco de morte súbita – uma das principais causas de óbitos de crianças com até um ano.

O que é a morte súbita?

É o nome que se dá quando crianças menores de 1 ano morrem de forma inesperada e sem explicação durante o sono. Ocorre mais frequentemente nos primeiros meses de vida.

Fatores que podem favorecer a morte súbita:

Depois do quinto mês, o bebê aprende a se virar na cama e durante a noite vai escolher as posições preferidas, mas ele também vai saber na maioria dos casos mudar para uma posição segura caso a que ele esteja atrapalhe sua respiração.

Segurança do berço para o bebê:

Claro que devemos tornar o berço ou a caminha do bebê um local seguro para que ele consiga fazer essas manobras de viradas depois do quinto mês sem estar preso a nada. E por isso, não é recomendado o uso de travesseiros, cobertores, kit berços, protetores de grades, bichos de pelúcia, brinquedos ou qualquer outro objeto decorativo e que represente um risco para o bebê.

Sim, o berço mais seguro é aquele limpo, somente com o colchão e lençol de elástico que se prende no berço.

Mas como aqueço meu bebê?

Bom, o melhor é sempre o bebê dormir com a mãe em sua cama, fazendo co-sleeping ou cama compartilhada e para isso é preciso seguir as regras de segurança deste modelo de sono familiar. Veja aqui: Normas de segurança para cama compartilhada

E aqui o Dr. Sears explica os benefícios do co-sleeping ou cama compartilhada: Sono de bebê e co-sleeping: Dr. Sears explica os benefícios

A cama compartilhada, pelo menos nos primeiros meses, é uma forte aliada da amamentação, pois a mãe cansa menos amamentando direto na cama em vez de ter que levantar para amamentar todas as vezes que o bebê acorda. E ele vai acordar bastante.

Se a cama compartilhada ou o co-sleeping não é uma opção para sua família, você pode deixar o bebê aquecido mantendo as janelas do quarto sempre fechadas a noite, usando roupas bem quentinhas na hora de dormir e usando um aquecedor no quarto.

Eu colocava duas trocas de roupas, uma mais leve e outra quentinha por cima, mas eu moro em São Paulo e aqui faz mais frio que calor. E sobre o aquecedor, eu usava o aquecedor a óleo quando estava frio demais, porque achava que ele deixava o ar menos seco que os outros tipos.

Evite agasalhar demais o seu bebê, pois isso limita seus movimentos a noite além de ser perigoso. Se você já tem aquecedor no quarto, não precisa por mais de uma troca no bebê.

A medida é sempre uma peça a mais que você para recém-nascidos e quando são maiores, sua medida de calor também pode ser a deles.

Se o seu bebê tiver refluxo ou o leite voltar, ainda assim, dormir de barriga para cima é o mais seguro para ele.

Se o bebê está de barriga para cima e vomita, a tendência é tossir e com isso chamar a atenção dos pais. A maioria das pessoas acham que por causa do refluxo é melhor dormir de lado para o leite poder escorrer, no entanto esta não é a forma mais segura. De barriga para cima o bebe tem mobilidade com o pescoço para virar a cabeça para os lados assim o leite vai escorrer.

De lado há chances de se formar poças de leite que voltou perto da boca e nariz e o bebê não vai saber mudar desta posição e nem ter mobilidade com o pescoço, podendo se sufocar.

Sobre cobertores e mantinhas

O mais seguro é não usar, mas se realmente for preciso, deixe os braços do bebê para fora da coberta para evitar que o bebê deslize e fique sufocado pelo cobertor. Você também pode optar por sacos de dormir que são do tamanho do bebê, não tem o risco dele escorregar para baixo do saco de dormir e o mantêm protegido do frio.

Leia também:

Deixe um Comentário

comments