Como dormir mais com um bebê em casa: 6 dicas sem traumas

4 min


345 shares
Como dormir mais com um bebê em casa

Durante os anos, aprendi a como dormir mais com um bebê em casa, mesmo amamentando.

E por isso vou te dar minhas 6 dicas, mas fique tranquila, minhas dicas de como dormir mais com um bebê em casa não tem nada a ver com deixar seu bebê chorando ou evitar dar o peito para ele.

Mesmo porque, aqui no portal, a amamentação e maneiras gentis e amorosas de lidar com a criação desde o nascimento são essenciais.

E como sabemos que existem muitos sites ensinando como dormir mais com um bebê em casa de uma forma onde o bebê acaba sendo deixado chorando ou sem o peito, precisamos mostrar que é possível fazer diferente. É possível tentar dormir um pouco mais sem que pra isso o bebê sofra.

Eu entendo que nós podemos pensar que depois do primeiro mês exaustivo, acordando várias e várias vezes, você nunca mais irá dormir de novo uma noite inteira, correto? Não exatamente. Você vai dormir noites inteiras de novo, te garanto. Aguente firme.

Pode ser que a partir dos 3 meses, seu bebê passe a te presentear com horas a mais de sono. Pelo menos 5h de sono aos 3 meses podem começar a acontecer. Aos 6 meses, pode ser que seu bebê já esteja dormindo pelo menos nove horas de sono. Mas lembre-se que picos e saltos de desenvolvimento, bem como o nascimento dos dentes, podem interferir no sono do bebê por algumas semanas.

6 estratégias para dormir mais com um bebê em casa:

1. Sincronize seus horários de sono

Eu sei, todo mundo diz que quando o bebê dorme é a hora que dá tempo de fazer outras coisas. Quero te dizer: estas coisas são realmente mais importantes do que tirar o atraso do sono e descansar um pouco? São mesmo? Se você decidir que não são, então, esqueça o resto, defina as prioridades e vá tirar seu cochilo junto com o bebê.

2. Defina turnos de cuidados com o bebê

Durante o dia, quando você perceber que seu bebê já mamou e provavelmente vai passar um tempo sem mamar de novo, você pode deixá-lo com seu parceiro. Ou uma outra pessoa que esteja te ajudando para ir dormir um pouco. Aqui na minha casa, minha mãe fazia isto por mim.

Eu amamentava e ela pegava meu bebê caso ele estivesse acordado, para ficar com ele até o próximo horário de mamada. Eu aproveitava este tempo para dormir um pouco e descansar. Geralmente, isto dá para ser feito nos primeiros horários da manhã e ao longo do dia.

3. Faça cama compartilhada

A cama compartilhada é uma grande amiga da amamentação e do sono materno. Se o seu bebê esta na mesma cama que você, você não precisa levantar e ficar sentada para amamentá-lo, pode dormir enquanto ele mama também e os dois dormirão mais e melhor.

Veja tudo que já escrevi sobre as maravilhas da cama compartilhada e tire suas dúvidas e inseguranças nestes artigos:

4. Não esqueça de se alimentar bem

Perder os quilinhos extras da gestação é uma sensação maravilhosa, mas ficar fraca porque esta se alimentando mal irá interferir na sua disposição. Isto, a longo prazo, te fará ter menos paciência com o bebê, levantar mais cansada durante a madrugada e se sentir mais exausta do que se estivesse se alimentando bem.

Sabe quando o bebê dorme e você não consegue dormir? Você provavelmente esta passando por um efeito vulcânico em você mesma, cansaço demais interferindo no sono. Para que isso não aconteça, se alimentar bem é essencial.

Veja aqui: Precisa comer mais amamentando: quantas calorias extras uma lactante precisa?

5. Aceite ajuda, mas seja firme contra os palpites!

Muitas mães querem ficar longe de tumulto e com o bebê apenas para si. O turbilhão de hormônios te dão esta sensação de ciúme insegurança quando outra pessoa chega perto do seu filhote. Tendo isso em mente, é importante saber: as vezes, vencer estas sensações e aceitar ajuda vale muito a pena.

Todas as pessoas da família, que são próximas e que quiserem te ajudar com o bebê, são bem vindas. Todo mundo vai querer dar palpite, seja firme no que acredita e siga fazendo do seu jeito. Quem te ama de verdade, vai respeitar sua opinião e seguir o seu ritmo. Horas livres com outra pessoa segurando o bebê pode te dar horas de cochilos a mais.

6. De madrugada que o bicho pega!

Poxa, mas estas dicas de como dormir mais com um bebê em casa, são para o dia! E você quer dormir a noite, não é mesmo? Eu sei. Mas vou ser sincera: no primeiro mês dormir bem a noite pode não acontecer. No terceiro mês haverá uma ou outra noite de sono a mais. E conforme os meses passam isso vai melhorando.

Nos primeiros 3 meses, tente tirar o atraso de sono de dia mesmo. Nos meses seguintes, preste atenção: você provavelmente acorda a cada resmungo do bebê. As vezes, seu bebê esta apenas se ajeitando para voltar a dormir de novo. Antes de pular da cama e ir pegando o bebê, espere para ver se é realmente choro ou apenas um resmungo para voltar a dormir. Perceber que as vezes é apenas um resmungo e sono de novo, diminui as vezes que você levanta da cama e só de pegar o bebê no colo, ele despertaria.

Lembre-se que o sono do bebê é marco de desenvolvimento e como tal, precisa de tempo para amadurecer. Não há como “ensinar” um bebê a dormir mais, temos que ter paciência e dar tempo para que a própria natureza do desenvolvimento de seu ciclo de sono o ajude a dormir mais.

Todas as dicas de como dormir mais com um bebê em casa que são respeitosas, não vão deixar seu bebê chorando. E vão te falar a realidade dos primeiros meses, te dando estratégias de sono de dia para que o turno da noite seja menos dolorido.

Veja mais artigos sobre sono do bebê e fique expert neste marco de desenvolvimento tão importante:

 


Like it? Share with your friends!

345 shares

What's Your Reaction?

Uau Uau
0
Uau
Gostei Gostei
0
Gostei
Amei Amei
5
Amei
Ouwn Ouwn
0
Ouwn

Deixe um Comentário

comments

error: Este conteúdo é protegido pelas leis de direitos autorais, não copie, compartilhe. :)