Tempo de leitura deste artigo:6 minutos

Nem toda mãe tem o apoio na amamentação que precisa da família no pós-parto.

A falta de apoio na amamentação principalmente daqueles que esperamos maior apoio costuma ser frequente e pode minar a história de amamentação de muitas mães.

A família desempenha um papel importante na relação de amamentação entre você e seu bebê. Um dos presentes mais preciosos que uma família pode dar é cuidar de você, encorajar e apoiar uma relação saudável de amamentação.

Por exemplo, os membros da família podem fazer as muitas tarefas domésticas que esgotam suas energias para que você se dedique apenas aos cuidados com o bebê.

Eles também podem chamar seu médico, procurar profissionais de aleitamento ou bancos de leite se você tiver algum problema de amamentação quando chegar em casa.

Há muitas maneiras gratificantes para os membros da família se envolverem no cuidado do bebê e se tornarem de fato, um apoio na amamentação efetivos.

Dar banho, trocar a fralda, fazer massagens no bebê, dar colo e levar o bebê para caminhar são formas maravilhosas de ajudar. São também uma boa maneira de conhecer o bebê.

A hora do banho é uma ótima oportunidade para o contato com o bebê e isto é algo que toda a família pode fazer.

Ter pessoas ajudando e encorajando você são algumas das coisas mais importantes que você precisará para amamentar com sucesso.

As primeiras semanas de amamentação são importantes. É um momento para aprender o que funciona melhor para você e seu bebê. É também quando a sua produção de leite começa a se estabelecer.

Pode também ser um momento muito frustrante. Você acabou de passar pelo trabalho de parto e pode estar fisicamente cansada e emocionalmente esgotada.

Você e seu bebê podem precisar tentar várias posições de amamentação antes de encontrar uma que realmente funcione.
Vocês estarão se conhecendo e descobrindo, como realmente são, diferente do que foi imaginado na gestação e este processo pode ser difícil e complicado, ter apoio na amamentação, principalmente da família, irá ajudar nesta fase.

Uma boa rede de apoio pode ajudar de muitas maneiras, como fornecer informações precisas sobre amamentação e ajudar você a resolver os problemas rapidamente.

Ao fazer outros “deveres” da casa, sua rede de suporte permite que você coloque toda sua energia na amamentação e conheça seu bebê. Mais importante, eles podem ajudá-lo a se sentir confiante em sua capacidade de amamentar seu bebê.

A pessoa mais importante neste apoio na amamentação para a maioria das novas mães é o parceiro(a).

Outras pessoas de apoio podem incluir a mãe ou sogra, outros membros da família, amigos que amamentaram e profissionais de saúde, como o médico, a consultora de amamentação ou pediatra (certifique-se de se cercar de profissionais realmente atualizados sobre amamentação, senão eles podem mais atrapalhar do que ajudar, infelizmente).

Grupos online como o nosso Clube de Amamentação Mama Neném e outros grupos locais de apoio à amamentação também são ótimos recursos.

Como sua família e amigos podem oferecer o melhor apoio para você?

  • A melhor coisa que eles podem fazer é participar da atualização sobre amamentação com você: envie todos os artigos que você lê para eles, os convide para participar do cursinho de amamentação (caso você faça um) e sempre comente sobre os benefícios do aleitamento materno com eles.

Quanto mais seu parceiro(a) e sua família conhecem a amamentação, mais eles podem ajudá-la.

  • É muito importante que as pessoas te deem incentivo e apoio emocional durante os primeiros dias, quando você e seu bebê estão aprendendo sobre a amamentação.

Muitas mães desistem da amamentação durante esse período. Lembre-se que pode levar algum tempo para que você e seu bebê estejam realmente confortáveis com a amamentação. Mesmo se você amamentou antes, cada bebê é diferente.

  • Você e seu bebê aprenderão o que funciona melhor para vocês dois durante os primeiros dias ou uma semana ou duas juntos. Sua família pode ajudá-la com outras tarefas domésticas, como limpeza, lavanderia, compras e cozinhar.

A fadiga física de tentar fazer demais pode afetar dificultar o começo ainda mais e isto pode se refletir na amamentação. Descanse quando seu bebê dormir para ajudar na sua recuperação física.

Algumas mulheres sentem-se “baixas” ou “deprimidas” após o parto. A exaustão pode piorar esse sentimento.

Deixe os outros fazerem as coisas por você. Só você pode amamentar seu bebê, mas a família pode cuidar de todo o resto. Você deve colocar toda sua energia em sua recuperação e para amamentar e conhecer seu bebê.

Finalmente, você e seu parceiro(a) devem ser pacientes para retomar a intimidade, acredite, isto pode levar um bom tempo, para alguns casais mais de 1 ano ou 2, por isso, não tenha pressa.

Você pode perder temporariamente o interesse em ter relações sexuais após o parto. Isso é comum e pode acontecer.

Você pode ter preocupações e sentimentos negativos sobre seu corpo após a gravidez.

A amamentação não “arruina seus seios”. Embora você possa sofrer alterações mamárias após o parto, essas alterações foram causadas pela gravidez e não pela amamentação.

A amamentação não faz você ganhar peso. Na verdade, pode tornar mais fácil perder o peso da gravidez quando combinado com dieta adequada e exercício moderado.

Deixe um Comentário

comments