Tempo de leitura deste artigo:4 minutos

Desde a gestação você ouviu que amamentar emagrece.

Além de todas as vantagens que a amamentação proporciona para o bebê e também para você, é um dos motivos que dão um empurrãozinho a mais no ânimo. É tentador imaginar que amamentar emagrece rapidamente.

Afinal, quem é que não quer perder todo o peso que ganha durante a gestação, de forma mágica, rápida e sem esforço algum? Acho que até as que não estão grávidas gostariam dessa fórmula mágica de perda de peso, até eu que não amamento mais gostaria de perder meus 10k a mais, assim, “sem esforço”.

Acontece que amamentar é um grande esforço e isto precisa ficar muito claro.

Unimos o útil ao agradável: alimentar e acolher o bebê no peito com a possibilidade de perder peso mas esquecemos que durante este período e principalmente nos primeiros meses, será uma maratona.

Desde acordadas durante a madrugada para amamentar até a amamentação do dia a dia várias e várias vezes. De qualquer forma, para as que querem amamentar de verdade, tudo isso não é motivo para pensar em desistir e pode ser muito recompensador.

Inicialmente eu gostaria de colocar por terra aquele mito de quê amamentar vai te fazer emagrecer e voltar para a sua calça número 38.

Não é assim para todas. E existe uma ilusão a mais do que a amamentação pode fazer por você. De fato, a maioria perde peso no pós-parto amamentando, mas não é o peso extra de ANTES de gravidez, é o peso ganho DURANTE a gravidez.

Então se você estava uns 10k além do que gostaria antes de engravidar, engravidou e ganhou mais 10k. Soma-se então 20k a mais na balança, mas a conta da gestação é metade disto, ok?

Quando o bebê nasce, as chances são de perder amamentando, estes 10k ganhos na gestação e nem sempre, raramente, quase nunca os 10k anteriores. Isto precisa ficar claro.

A amamentação colabora na perda de peso pós-parto porque durante um dia amamentando você perde até 700 calorias.

Considerando que nos primeiros 3 meses você vai amamentar muitas vezes por dia e durante a noite, é quase como praticar um exercício físico. Isto corresponde até 1h de esteira, eu que o diga. Ando 40 minutos e perco apenas 250 calorias no esforço!

E por isso também é preciso se alimentar bem para repor estas calorias, principalmente as mães que já são bem magras e tem facilidade de perder peso.

Mas existem alguns poréns…

Se você amamenta diariamente e se entope de guloseimas, vai ganhar estas calorias novamente e não vai emagrecer.
Se você já tem uma certa dificuldade de perder peso, amamenta e não se movimenta praticamente nada, pode ser que não perceba muitas diferenças no peso.

A questão é combinar alguns fatores que podem favorecer sua perda de peso: alimentação balanceada e saudável + amamentação + movimentação (que pode ser aquela caminhadinha diária empurrando o carrinho do bebê), sacou?

E lembre-se que, depois da introdução alimentar do bebê, a provável diminuição de quantidade de mamadas diárias, podem diminuir o ritmo de perda de calorias. Mais um motivo para amamentar exclusivamente até o sexto mês de idade pelo menos!

Leia também:

Deixe um Comentário

comments