Alimentos que substituem a carne: uma dieta rica e nutritiva também é possível sem carne

1 min


347 shares
Alimentos que substituem a carne

Depois dos escândalos envolvendo a indústria de carne, as pessoas andam pensando em alimentos que substituem a carne como estratégia.

De fato, existem muitos alimentos que substituem a carne e os vegetarianos sabem ao pé da letra cada um deles. Isto porque uma dieta equilibrada e nutritiva não precisa exatamente ter carne para oferecer os nutrientes que precisamos.

Poucos sabem disto. Eu não sou vegetariana e nem vegana, mas sei de alguns porque meu filho nunca foi fã de carne e confesso que eu ultimamente ando desanimada com o consumo depois de perceber que a indústria (e isto em todos os setores) anda perdendo o respeito pelo consumidor. Indo além disto, colocando nossa saúde em risco.

Claro que as pessoas podem dizer: os legumes e verduras possuem agrotóxicos, o leite possui soda cáustica, os molhos e enlatados possuem pêlos de ratos e até o chocolate tem um limite de baratas trituradas determinado pela Anvisa. Entre uma série de coisas que não sabemos!

O que podemos fazer é tentar minimizar os riscos, tentar ser atingido o mínimo possível. As vezes comprando legumes, frutas e verduras orgânicos, outras vezes tentando substituir o leite de vaca (sinceramente? aqui em casa leite de vaca vai em algumas receitas e só, meu filho de 3 anos odeia e não consome. Então o cálcio vem de outras fontes pra ele, mas isto é assunto para outro artigo)

Mas então, em meio a este caos alimentício, quais alimentos podem substituir as proteínas e vitaminas que a carne ofereceria?

  1. Grão de bico, feijão, ervilha, lentilha, soja, leguminosas e favas: Fontes de proteína vegetal, minerais e vitaminas como ferro. Mas atenção: elas precisam ficar de molho por 12h e não mais que isso, antes de cozinhar para diminuir os fitatos e aumentar a absorção do ferro pelo corpo.
  2. Sementes de chia (adoramos e usamos muito em casa), linhaça, girassol, gergelim: Elas possuem fontes de ômega 3, vitamina do complexo B e uma boa quantidade de proteína. Gergelim e castanhas de caju possuem cálcio.
  3. Tofu é feito de soja fermentada, ele é rico em minerais, cálcio, fósforo, magnésio e proteínas.
  4. Amendoim, cada 100 gramas de amendoim tem 27 gramas de proteína. Apesar de seus nutrientes e propriedades deve ser consumidos com moderação, pois é pesado para digerir.
  5. Cacau em pó tem até 25 gr de proteínas em cada 100 gramas.
  6. Cereais integrais como arroz, aveia, amaranto, quinoa, trigo, centeio são fontes de proteína vegetal, possuem ferro, vitamina B e fibras.
  7. Verduras de folhas verde escuro como couve, brócolis, rúcula, escarola, espinafre e agrião são ricas em ferro e proteínas.
  8. Nuts! Amamos aqui em casa e o Fe leva no lanche da escola quase todo dia: oleaginosas como castanhas, amêndoas, nozes, macadâmias, pistache, castanha do Brasil e avelãs.
  9. Ovos podem possuir até 12 gramas de proteínas em cada.
  10. Algumas frutas como: abacate, damasco, uva passa, goiaba, ameixa seca, laranja, jaca, jabuticaba, banana, pêssego entre outras, sempre tem uma quantidade de proteínas, mesmo não sendo a quantidade diária, o consumo aliado a outros alimentos com as mesmas fontes são suficientes.

Estas são algumas opções. Criando uma dieta balanceada e rica em vários alimentos que contêm proteínas é possível conseguir um consumo diário adequado.

Converse com uma nutricionista que ela monta uma dieta nutritiva e balanceada de acordo com os alimentos que você quer consumir ou mais gosta. E depois deste balde de água fria com a carne, melhor repensarmos mesmo nosso consumo e tentar abrir menos latas e pacotes e descascar mais.

Leia também:

 


Like it? Share with your friends!

347 shares

What's Your Reaction?

Uau Uau
0
Uau
Gostei Gostei
1
Gostei
Amei Amei
0
Amei
Ouwn Ouwn
0
Ouwn

Deixe um Comentário

comments

error: Este conteúdo é protegido pelas leis de direitos autorais, não copie, compartilhe. :)