Alimentos na amamentação: o que pode ou não comer?

4 min


1.2k shares
Alimentos na amamentação

Algumas pessoas acreditam que os alimentos na amamentação podem ajudar ou atrapalhar o processo.

Os tipos de alimentos na amamentação que consumimos como os que podem favorecer ou atrapalhar a produção de leite materno é um mito que vem desde a época de nossas mães e avós. Ou, a dieta materna tem pouca influência a respeito da qualidade do leite materno, como já comprovaram algumas pesquisas.

A mãe não precisa necessariamente ter uma dieta perfeita para fornecer leite de qualidade para seu bebê. A natureza é muito sábia, projetando um leite materno que provém e protege o bebê até mesmo em situações de fome extrema e anemias alimentares.

Obviamente que uma dieta pobre em nutrientes pode afetar a mãe e sua saúde, o que interfere diretamente em sua capacidade de cuidar de seu bebê e isto não é algo bom. Então, mesmo que os alimentos na amamentação não tenham efeitos diretos sobre o leite materno e sua qualidade, é certo que ter uma dieta saudável e equilibrada é o melhor a se fazer.

Tomar café, comer chocolate, tomar refrigerantes entre outros tipos de alimentos fazem parte da rotina alimentar de muitas mães e desmamar bebês porque sente falta de consumir estes itens não faz o menor sentido. Mesmo porque estes itens podem ser consumidos se a mãe gosta deles.

Obviamente que a cafeína precisa ser consumida com moderação pois o excesso pode afetar o sono e deixar o bebê irritado. A cafeína esta presente em cafés, chocolates, refrigerantes e até em alguns chás. Então, não precisa deixar de consumir, mas precisa consumir com moderação.

Aliás, quando se trata de alimentação na amamentação, a moderação é a palavra chave para tudo.

Hábitos alimentares saudáveis são o recomendado para mães e para todas as pessoas que desejam ter qualidade de vida e disposição física e mental. E convenhamos, disposição física e mental são coisas que mães precisam demais!

Alimentos podem secar ou aumentar o leite materno?

Nenhum alimento tem comprovação científica que afeta a produção de leite, secando ou aumentando o leite materno. Ainda que muitas pessoas de épocas antigas jurem que com elas funcionou.

As vezes a mãe estava preocupada em não ter leite suficiente, acreditava que determinado alimento poderia resolver esta questão e quando o consumiu, ficou relaxada e tranquila, o que fez com quê sua ejeção de leite voltasse ao normal e este é um processo explicado pela ocitocina em nosso corpo, nada tem a ver com a produção de leite especificamente. Veja mais aqui: Ocitocina na amamentação: hormônio do amor e ejeção do leite

O que fazer então para manter uma boa produção de leite materno?

O principal é amamentar em livre demanda, certificar que o bebê esteja fazendo a pega correta e não usar bicos artificiais. E estas coisas nada tem a ver com o quê você come. Veja mais sobre isto aqui: 6 dicas simples para aumentar o leite materno naturalmente

Tomar mais líquidos pode afetar a produção de leite?

Depende. A grande verdade é que líquido em excesso afeta a produção de leite para menos! Isto mesmo. Esqueça aquela idéia de que tomar 4 litros de água por dia ou mais vai aumentar seu leite, pois não é isso que aumenta o leite e na pergunta acima você já sabe o motivo.

No entanto, o excesso de líquido além de sobrecarregar seus rins, pode diminuir sua produção de leite.

Quanto tomar de água então?

O quanto você sentir de sede, apenas. Seu corpo irá indicar a quantidade e se o seu corpo sentir sede a ponto de você tomar mais de2 ou 3 litros de água, ok, é uma necessidade do seu corpo. O que te prejudica é tomar altas quantidades de líquido sem estar realmente com sede.

Mães precisam comer mais? A resposta para esta pergunta esta aquiPrecisa comer mais amamentando: quantas calorias extras uma lactante precisa?

Mães que amamentam podem tomar bebidas alcóolicas? Veja sobre isto aqui: Álcool e amamentação: é seguro?

Algumas proteínas de alimentos (como proteína de leite de vaca ou proteína de amendoim) passam para o leite materno.

Se houver história de alergias alimentares em sua família, você pode querer limitar ou eliminar os alergenos comuns em sua família. Se você já tiver um filho que é alérgico alimentar e tenha APLV, é interessante fazer a dieta de exclusão dos alergenos quando o segundo bebê nasce, para garantir que ele também não seja alérgico. Para saber mais sobre isto, veja aqui: Alergia à proteína do leite de vaca (APLV): o que é e será que meu filho tem?

Qualquer bebê pode reagir a um alimento específico (embora isso não seja muito comum). Se o bebê tiver uma reação óbvia sempre que você comer um determinado alimento, você pode fazer um teste e eliminar esse alimento de sua dieta.

Se você sempre comeu comidas picantes e bem temperadas, não faz sentido mudar isto quando seu bebê nasce porque ele já consumia nuances destes sabores através de seu líquido aminniótico quando estava dentro de sua barriga e para ele será um sabor conhecido. Veja mais sobre isto aqui: Gosto do leite materno: um doce sabor nutritivo para o bebê

Restringir alimentos de sua dieta sem saber se eles afetam seu bebê não faz sentido nenhum. O que pode ter causado cólicas e alergias em um bebê não causaria no seu. O que determina a sensibilidade a determinados alimentos que a mãe consome é a predisposição da própria criança e não o alimento.

Os alimentos na amamentação não são responsáveis por aumentar ou diminuir seu leite, como estes mesmos alimentos na amamentação não são responsáveis por causar ou não cólicas em todos os bebês.

Se você comer algo e perceber que faz diferença e incomoda seu bebê, apenas retire o item de sua dieta e observe para ter certeza, depois re-introduza o alimento para fazer um novo teste de reação.

Leia também:

Referências:
Maternal protein-energy nutrition and breastfeeding by Ted Greiner, Ph.D.
Latham MC. Human nutrition in the developing world, (FAO Food and Nutrition Series No. 29). Rome: Food and Agriculture Organization of the United Nations, 1997.

 


Like it? Share with your friends!

1.2k shares

What's Your Reaction?

Uau Uau
0
Uau
Gostei Gostei
2
Gostei
Amei Amei
2
Amei
Ouwn Ouwn
0
Ouwn

Deixe um Comentário

comments

error: Este conteúdo é protegido pelas leis de direitos autorais, não copie, compartilhe. :)