Tempo de leitura deste artigo:5 minutos

Aprenda agora com estas 6 dicas simples para aumentar o leite materno que você pode ter uma boa produção de leite sem precisar usar remédios.

Nestas 6 dicas simples para aumentar o leite materno você vai aprender a manter sua produção de leite de forma natural e sem nenhum efeito colateral pelo uso de medicamentos desnecessários.

Os galactogogos são remédios que prometem aumentar a produção de leite materno, mas na verdade eles apenas podem ajudar na ejeção do leite e não na produção, além de todos os efeitos indesejáveis da bula, que podem afetar você e o bebê. Resumindo: não compensa usar.

Como aumentar naturalmente sua produção de leite materno

Quando a produção de leite materno se torna baixa, muitos podem ser os fatores, desde o uso de bicos artificiais que causam confusão de bicos, baixa produção de leite materno e até desmame em muitos casos, como técnicas inadequadas de amamentação como a pega errada, definição de horários para amamentar em vez da livre demanda ou posicionamento inadequado do bebê durante a mamada.

Algumas situações mais específicas como disfunções orais no bebê, que o impedem de sugar corretamente e cirurgias de redução de mama podem OU NÃO interferir no desempenho da produção. Lembrando que ter feito uma mamoplastia não te impede de amamentar em grande parte dos casos, somente cirurgias muito antigas onde os alvéolos e ligamentos dos ductos mamários foram retirados ou danificados, podem exigir um acompanhamento profissional para estabelecer a produção adequada de leite.

Antes de tentar tratamentos alternativos, como ervas ou medicamentos, que geralmente são mitos e/ou não entregam o que prometem, tente estas dicas:

1. Avaliar a pega do bebê

Quando o bebê esta fazendo a pega corretamente, a ordenha é eficaz e ele consegue ao mesmo tempo em quê se alimenta, estimular seu peito para que a produção continue a todo vapor e adequada as necessidades do bebê. Se você não consegue ensinar o bebê a fazer a pega corretamente, procure um banco de leite ou chame uma consultora de amamentação em casa para ensinar ambos.

Veja aqui: como fazer a pega correta para amamentar

2. Amamentar, Amamentar, Amamentar

Amamente seu bebê frequentemente, em livre demanda. Quando mais ele mama, mais sinais envia para o seu corpo e mais leite é produzido. Se o bebê é sonolento e não pede para mamar com frequência, você mesma pode diminuir os intervalos de mamadas dele e oferecer seu peito mais vezes do que ele solicita. Dificilmente um bebê rejeita a aumenta de oferta de peito.

Veja aqui: O que é livre demanda e porquê precisamos dela

3. Use a técnica de compressão da mama

A compressão da mama é uma técnica que é usada para ajudar a drenar o leite de seu peito, melhorar a sua resposta de descida e incentivar o bebê sonolento a manter a sucção na mama. Essas ações ajudarão a promover um aumento natural em sua oferta de leite.

Veja aqui: Técnica de compressão da mama ajuda o bebê a mamar mais

4. Estimule sua mama ordenhando seu leite

Use uma bomba de ordenha ou uma técnica de ordenha manual para continuar a estimular seus seios depois que você terminar de amamentar seu bebê. A estimulação extra vai dizer ao seu corpo que você precisa de mais leite materno. Aprenda aqui: Como ordenhar leite materno

5. Atenda a sucção não nutritiva do bebê

Muitas pessoas acham que o bebê “faz o peito de chupeta” quando ele continua sugando o peito da mãe, mesmo satisfeito com a mamada e de barriguinha cheia, no entanto, isto se chama na verdade sucção não nutritiva e ela deve ser atendida pois, além de atender as necessidades emocionais de sucção do bebê, sua mama continua sendo estimulada para que produza mais e mais leite. Então se o seu bebê estiver sugando o dedinho, principalmente, ofereça o peito para ele no lugar. Veja aqui: Seu bebê esta sugando dedo? Entenda mais sobre a sucção não-nutritiva

6. Faça algumas mudanças de estilo de vida

Você pode não perceber, mas algumas coisas que você pode estar fazendo todos os dias podem afetar a sua oferta de leite materno. Coisas que podem interferir no seu fornecimento de leite materno incluem fumar, tomar a combinação de dois hormônios de pílula anticoncepcional (use sempre as mini-pílulas adequadas a quem amamenta), estresse e fadiga. Tenha confiança em si mesma e na sua capacidade de nutrir seu filho, isto ajuda muito. A produção de leite começa na cabeça e não no peito.

Fontes: Lawrence, Ruth A., MD, Lawrence, Robert M., MD. Breastfeeding A Guide For The Medical Profession Seventh Edition.  Mosby. 2011.
Newman, Jack, MD, Pitman, Theresa. The Ultimate Breastfeeding Book of Answers. Three Rivers Press. New York. 2006.

Deixe um Comentário

comments